6 passos para definir metas financeiras em família

6 passos para definir metas financeiras em família

Definir metas financeiras para sua família é garantir uma vida sem muitas surpresas financeiras. As metas financeiras em família são importantes para melhor organização do lar. Veja a importância de planejar e um passo a passo para definição dos objetivos.

Por que criar metas financeiras em família

Criando metas para sua família você vai:

  • Construir uma identidade familiar enquanto todos trabalham em prol de um objetivo comum que beneficie a todos.
  • Abrindo as possibilidades para a sua família poder fazer algo ou comprar algo que normalmente não seria capaz de comprar / fazer
  • Ensinando seu filho(a) a definir objetivos financeiros e alcançar do início ao fim (o que estará ensinando seus filhos a economizar dinheiro em geral).

Os objetivos são uma ótima maneira de dar voz aos seus sonhos e desejos

Você sempre se lembrará do porquê: ter metas financeiras definidas lhe dá uma base importante, porque pode formar a base de quaisquer futuras decisões financeiras que você tomar, bem como garantir que, independentemente do que a vida lhe traga, você possa ficar em curso.

Definir metas fornece o pontapé inicial que você pode precisar. Ideias e intenções são ótimas, mas se você não as executar ou esperar demais, isso pode custar muito tempo do ponto de vista financeiro.

As metas tornam você responsável: elas podem afetar diretamente seu comportamento. Para o procrastinador natural, ter um objetivo mensurável, mas flexível, que exige que você verifique seu progresso do início ao fim pode ser extremamente estimulante.

O outro resultado realmente importante de criar e acompanhar metas é que obriga você a sentar com sua família e reservar um tempo para pensar e discutir o que é importante para todos vocês. Para muitos de nós, este é o primeiro grande resultado da definição de metas.

6 passos para definir metas financeiras em família

O primeiro passo para alcançar seus objetivos financeiros está no ato de escrever. Depois de se comprometer com o papel que você quer alcançar, você coloca as coisas em movimento.

Depois de escrever suas metas, você deve revisar regularmente. Cabe a você revê os objetivos juntamente com a sua família.

1. Converse em família

Lembre de que os objetivos financeiros da família devem ser algo de que cada membro da família se beneficia de alguma forma para que eles realmente participem do processo.

Comece com isso em mente, o primeiro passo é uma boa conversa em familiar, onde todos conseguem chegar com o que cada um acha que você deve ser, fazer e ter.

6 passos para definir metas financeiras em família

2. Decida onde o dinheiro vai acumular

Isso abre uma ótima conversa sobre onde economizar dinheiro e por quê. Seus filhos acham que o dinheiro deve ser guardado em um cofrinho de barro? No banco? Eles não têm certeza de onde o dinheiro é realmente salvo e por quê?

Converse com seus filhos sobre a mágica do dinheiro que ganha seu próprio dinheiro, e como depositar o dinheiro em uma conta de poupança significa que ele irá levar você ao seu objetivo mais rapidamente do que se ele estiver em um cofrinho em sua casa.

Quando forem crescendo os investimentos financeiros fora da poupança podem entrar nesta conversa. Este é um passo importante para organizar as metas financeiras em família.

3. Pesquise o preço

Você concentrou em sua meta de poupança familiar e sabe onde o dinheiro vai ficar enquanto cresce. Então, quanto é o seu valor de poupança alvo que você precisa alcançar? Está na hora de fazer alguma pesquisa de custo.

Deixe seus filhos ajudarem a reunir os custos dessa meta de poupança familiar. Se houver elementos diferentes envolvidos como uma viagem em algum lugar levaria custos de comida, custos de combustível ou passagens, e possivelmente um hotel, então você pode dividir as tarefas ou decidirem todos juntos.

4. Decida onde o dinheiro é proveniente

Você está envolvendo toda a família nessa atividade, e todos eles têm interesse nisso. Então, como você decide de onde virá o dinheiro?

Existem várias maneiras de fazer isso, cada uma com suas próprias vantagens e desvantagens.

Escolha o que vai funcionar para vocês.  Lembre sempre pode mudar as coisas no meio do caminho, ou na próxima rodada de metas de poupança familiar.

5. Acompanhar

Você vai querer manter todos atualizados com o que está funcionando, o que não está, e até onde os seus esforços estão levando você em direção ao objetivo.

Reuniões semanais de família, ou quinzenais, são ideais para isso. Se seus filhos perderem o interesse rapidamente, tente manter eles motivados para continuar no processo.

Não tenha medo de falar sobre os fracassos, bem como sobre os sucessos, e abra a palavra para quaisquer novas ideias que as pessoas tenham para obter suas ideias mais rapidamente e/ou voltar ao caminho certo!

6. Faça retrospecto, colha os resultados

Realize uma reunião familiar onde você fala sobre todo o processo. Pergunte aos seus filhos o que eles gostaram sobre a meta de poupança da família e o que não gostaram. O que eles teriam mudado? Valeu a pena?

Está preparado para definir as metas financeiras em família? Conte para nós qual dos passos é o mais essencial em sua organização financeira.

CLIQUE AQUI para baixar o Ebook Gratuito “Como evitar os 7 Pecados dos Investidores”!

Você também pode gostar

Deixe um comentário