7 dicas para a falta de dinheiro não arruinar seu casamento

7 dicas para a falta de dinheiro não arruinar seu casamento

A falta de dinheiro pode ser uma grande causadora de términos de casamentos. Não é todo casal que sabe e consegue lidar com esse tipo de situação, mas para preservar um casamento, algumas medidas precisam ser tomadas.

Ninguém está livre de um imprevisto, seja uma demissão, um afastamento do trabalho por doença e até mesmo o aumento do custo de vida.

Mas se o casal estiver preparado para enfrentar essas coisas que acontecem, com certeza, não vai deixar que isso abale seu relacionamento.

Se você está passando por uma situação parecida com essa, não deixe de conferir abaixo 7 dicas para que problemas financeiros não arruínem o seu casamento.

O que a falta de dinheiro pode causar

Quando se fala nos efeitos da falta de dinheiro em um casamento, poderíamos ficar aqui horas listando todos eles.  Entretanto, é importante primeiro analisar o que causou esse problema financeiro.

A partir do momento que você identifica a causa, fica bem mais fácil de encontrar uma solução, pois você vai agir direto no problema.

Como já foi dito, não são todos os casais que sabem enfrentar determinadas situações, principalmente aquelas relacionadas com dinheiro. E saiba que é a causa de maioria das separações.

Mesmo que você não esteja passando por isso, nada melhor que ficar bem atento para que seu casamento não desmorone.

Confira dicas para te ajudar a contornar a falta de dinheiro, caso aconteça em sua vida.

Dicas para a falta de dinheiro não arruinar seu casamento

Antes de te passarmos as dicas, é fundamental que o casal mantenha sempre o diálogo e converse sobre sua situação financeira. Se por um acaso, alguém omite algum dado, a situação só tende a piorar.

Então, quando o assunto é a falta de dinheiro, o que fazer para não deixar isso arruinar seu casamento? Só lembrando que todas essas dicas partem do princípio que os dois trabalham.

1. Colocar no papel todos os gastos

Você precisa saber para onde vai o seu dinheiro.  Por isso que é necessário anotar todos os gastos, as despesas fixas e as eventuais.

Apesar de cada casal funcionar de uma forma, na maioria das vezes, juntam as receitas para cobrir as despesas. Ou cada um fica responsável por uma conta, pois também isso vai depender do salário que recebem.

O ideal é fazerem isso juntos. Mas cada um pode ir registrando o que gasta diariamente e depois sentam e analisam a situação financeira do casal como um todo.

Dicas para a falta de dinheiro não arruinar seu casamento

2. Pensar juntos em como “enxugar” o orçamento

Depois de analisarem as contas e se por um acaso, ficar alguma em aberto, é o momento de começar a “enxugar” o orçamento. E por que isso deve ser feito pelo casal?

Porque se refere à vida que tem em comum e muitas vezes, reduzir custos envolve algumas mudanças no estilo de vida. E se os dois não compartilharem do mesmo pensamento, com certeza, a falta de dinheiro vai trazer problemas.

Vocês podem começar vendo quais contas domésticas podem ser reduzidas, o que pode ser cortado, talvez diminuir à ida a restaurantes, enfim, medidas precisam ser tomadas antes que a situação só piore.

Independentemente do que vocês façam, saiba que são coisas simples e que no final do mês, vai fazer uma grande diferença.

3. Renegociar dívidas

No momento que vocês registram todas as despesas, não podem se esquecer das dívidas, seja com cartão de crédito, cheque especial ou empréstimos.

A ideia aqui é tentar, se possível, quitar todas elas. Se a dívida está em nome de cada um, então a dica é conversar com os credores para renegociá-la ou procurar um empréstimo com juros mais baixos. E nesse caso, trocaria uma dívida pela outra.

Uma outra dica é usar o 13º salário. Mais uma vez, tudo deve ser resolvido em conjunto.

4. Ter uma reserva de emergência

Qual é a importância da reserva de emergência e o que tem a ver com a falta de dinheiro? Porque é uma quantia de dinheiro para qualquer emergência. Imagine ficar desempregado de uma hora para outra e não ter como pagar as contas?

Por isso, ter uma reserva de emergência é tão importante. Isso exige um pouco de disciplina e todo mês, vocês devem separar em torno de 10% do salário para formar essa reserva.

5. Investir o dinheiro

Pense que por mais que vocês poupem todo mês, não tem como deixar esse dinheiro parado. Faça uma pesquisa e descubram qual é o investimento mais adequado para vocês. Hoje, existem muitas opções, e em algumas delas nem precisa um alto investimento.

6. Definir objetivos

Qualquer pessoa e principalmente um casal, deve definir objetivos. Metas a curto, médio e longo prazo é muito importante.

Quando tais metas são estabelecidas, fica bem mais fácil economizar todos os meses porque vocês sabem por que estão fazendo isso.

Por exemplo, vocês pensam em comprar um imóvel, trocar de carro ou fazer uma viagem. Assim, vocês não medirão esforços para alcançarem seus objetivos.

7. Elaborar um planejamento financeiro

Até poderíamos ter colocado essa dica no começo, mas quando se trata de falta de dinheiro, elaborar um planejamento financeiro é prioridade.

Quando um casal faz um planejamento de suas finanças, consegue ter um maior controle, como também visualiza o que está errado.

O quanto antes começar a fazer esse planejamento, melhor. Vocês não podem esperar algo acontecer para pensar no que fazer.

Uma ideia é ter uma planilha de gastos, que você pode instalar no seu computador ou baixar um aplicativo no celular. Assim, você sabe em tempo real para onde está indo o dinheiro.

Conclusão

Por mais que a falta de dinheiro possa impactar negativamente um casamento, a boa notícia é que tem como contornar essa situação. Ter um diálogo aberto, sincero e não esconder nada é o primeiro passo.

Todas essas dicas que passamos são fáceis e não exigem um conhecimento mais aprofundado na área, mas o casal precisa estar sempre alinhado e com os mesmos objetivos.

Se você está passando por uma situação como essa, preste muita atenção a essas dicas e, com certeza, a falta de dinheiro não vai arruinar o seu casamento.

CLIQUE AQUI para conhecer o Programa Mente Rica!

Equipe Eduardo Moreira.

Você também pode gostar

Deixe um comentário