Falando sério, o dinheiro não é um mal

Falando sério, o dinheiro não é um mal

Chega a ser engraçado ouvir alguém dizer que o dinheiro é um mal e que corrompe as pessoas. O dinheiro pode mudar muita coisa na vida de alguém (seja positivamente ou não).

Mas, falando sério, o dinheiro não é um mal. Conseguimos provar isso em um artigo de 2 minutos de leitura. Vem com a gente!

Dinheiro não corrompe o homem

É inegável que o dinheiro é a máquina que incentiva melhorias nos principais setores da sociedade, seja relacionado à indústria, comunicação, educação, saúde, agricultura, entretenimento, transporte e muitos outros. Sim, o dinheiro transforma e se ele acabasse, certamente teríamos grandes problemas.

Na sociedade capitalista moderna, porém, o uso do dinheiro tem sido problematizado fazendo com que a reflexão sobre seu uso seja comum nas redes sociais ou em sites especializados. De fato, entender sua importância e papel pode ser um fator de motivação e, inclusive, de mudança de paradigma para quem sonha em melhorar de vida.

Principalmente em tempos de crise, ganhar dinheiro é o grande foco. A colega do trabalho, por exemplo, vende um docinho, a tia vende um empadão e até a moça da esquina começou a vender coxinha. Esta é a maneira correta para atingir objetivos e conseguir viver de uma maneira mais confortável.

Também existem as pessoas que já alcançaram o sucesso nas finanças e agora fazem grandes doações a clínicas de reabilitação, hospitais e demais projetos de caridade.

O outro lado da moeda são os exemplos negativos relacionados ao uso e conquista de mais recursos. É normal nos depararmos com notícias de políticos, guardas ou uma infinidade de profissionais que são comprados com dinheiro.

Sabendo disso, é possível ver estas situações de dois modos: percebendo que realmente o dinheiro é um mal ou entendendo que o grande problema é a ganância e a falta de caráter.

CLIQUE AQUI para baixar o Ebook Gratuito “Como evitar os 7 Pecados dos Investidores”!

Ter dinheiro não é o problema

Uma pessoa que já é desonesta irá ser assim independente de ter ou não boas condições financeiras. O que muda, de fato, é a intensidade e tamanho dos delitos. Por exemplo: se o Jorginho é desleal para conseguir ganhar mais no trabalho, ele irá fazer a mesma coisa quando decidir ser político ou servidor público.

A desonestidade de uma pessoa cresce de acordo com a oportunidade que ela tem de ser ela mesma.

O fato é que colocar o dinheiro em um patamar como a principal razão de viver é um perigo imenso. Entender que ter conforto é diferente de felicidade ou estar satisfeito e que estar bem financeiramente jamais irá preencher vazios existenciais do ser humano, mas, apesar disso, ele pode te dar uma vida mais cômoda e trazer diversas facilidades na conquista de sonhos e objetivos.

Você leva jeito para ser rico? Faça o teste e descubra

rico

As chances de atingir a riqueza não dependem apenas de trabalho duro. Existem características e atitudes que fazem você chegar mais rápido na riqueza.

Para saber se você leva jeito e tem mentalidade para ser rico, confira os indícios.

1 – Você tem coragem para arriscar

Gosta de novos desafios e estar sempre preparado para uma nova aventura é um item importante. Seja em relação a viagens ou oportunidades de trabalho, boas propostas não se recusam.

2 – Você tem tempo livre

Sabe que trabalhar demais não deixa ninguém mais rico, apenas esgotado fisicamente e psicologicamente. Parar um tempo para se distrair e não fazer nada é preciso. Mantenha sua saúde mental saudável.

3 – Você aprendeu a ser paciente

Espera o momento certo para comprar algo. Sempre está esperto quanto a um investimento, fazê-lo no tempo certo pode ser o grande “pulo do gato”.

4 – Você ama seu trabalho

Você faz o que gosta. Pessoas que amam o que fazem têm mais chances de enriquecer e serem felizes. É mais fácil trabalhar até depois do horário quando se faz algo motivador.

5 – Você tem grandes sonhos

Sonhar alto é necessário para todo rico. Sonhos impulsionam. Mas não adianta apenas sonhar, você está fazendo algo para conseguir realizar seus sonhos. Pessoas ricas agem.

6 – Você sabe investir

Entende sobre a Bolsa de valores, Bitcoins ou qualquer outro investimento financeiro. Sabe o melhor jeito de aplicar seu dinheiro.

7 – Você economiza, mas não é mão de vaca

Gasta dinheiro de forma organiza, mas se atenta aos exageros da economia. Compra o que precisa, tem disciplina, controle os gastos do cartão de crédito, porém, jamais se priva de coisas que quer e pode adquirir por querer guardar dinheiro.

8 – Você sabe tomar decisões

Faz as escolhas necessárias no momento necessário independente do que irão dizer a seu respeito. A racionalidade fala mais alto em momentos de difíceis decisões.

9 – Você entende a importância do dinheiro

Sabe que estar bem financeiramente é importante, mas não é a principal razão de se viver.

10 – Você faz network

Se relaciona consegue conversar com pessoas de diferentes classes sociais, estilos e religiões. Tem um círculo de amizade diversificado e cria boas relações.

Coisas que o dinheiro não compra

Por mais que a liberdade financeira seja o grande sonho de boa parte dos brasileiros (ou das pessoas do mundo), há uma série de coisas que não são frutos de investimento monetário ou de estabilidade econômica.

Dentre elas, é possível listar:

  • Paz;
  • Vida;
  • Saúde;
  • Família;
  • Verdadeiros amigos;
  • Talentos;
  • Felicidade;
  • Conhecimento;
  • Consciência limpa;
  • Amor.

CLIQUE AQUI para conhecer o Programa Mente Rica!

Você também pode gostar

Deixe um comentário