Como funciona a Bolsa de Valores: guia para iniciantes

Como funciona a Bolsa de Valores: guia para iniciantes

Não é de hoje que as pessoas têm se interessado cada vez mais por investimentos na Bolsa de Valores.

O que antes era um assunto dominado apenas por pessoas experientes no mercado financeiro hoje é tema de vídeos, fóruns na Internet e até em conversas mais descontraídas.

É claro que, para uma pessoa leiga, pode não ser fácil fazer investimentos na Bolsa de Valores. Porém, não dá para negar que esse é um assunto bem mais acessível hoje em dia.

O mercado de ações, hoje, interessa muito mais pessoas do que noutras épocas. O maior poder aquisitivo da população e a popularização do assunto na mídia tem forte influência sobre essa atual realidade.

Apesar disso, também notamos que muitas pessoas cometem erros no mercado de investimentos. Isso geralmente acontece por falta de conhecimento ou por mal aconselhamento recebido pela pessoa.

É claro que ninguém está livre de fazer um investimento ruim. Porém, com mais conhecimento e estando cercado por bons profissionais, as chances de fracasso diminuem.

Algumas pessoas sequer sabem como dar o primeiro passo em relação aos seus primeiros investimentos. Se você se considera parte desse grupo, esse artigo é para você!

CLIQUE AQUI para baixar o Ebook Gratuito “Como evitar os 7 Pecados dos Investidores”!

Mercado de Ações

O mercado de ações nada mais é do que o espaço onde as pessoas vão para comprar ações ou vendê-las com o objetivo principal de aumentar a sua riqueza.

Nesse mercado, é possível perceber dois extremos. Há o grupo de pessoas que entendem tudo de ações e passam a vida inteira analisando ações que poderiam comprar de empresas. Do outro lado, vemos pessoas que até tem o desejo de fazer um investimento. Porém, o receio de investir em algo que não lhes dará retorno as impedem.

Existem ações que são bastante seguras, mas também há aquelas em que o investimento é mais arriscado. Para saber identificar e fazer esse tipo de diferenciação, será preciso buscar conhecimento ou, pelo menos, ouvir pessoas que entendem bem desse mercado.

O importante é não se precipitar!

Portanto, podemos dizer, inclusive, que não são as ações que são arriscadas, mas sim a forma como as pessoas investem. Assim, de um lado, estão as pessoas que sabem investir e correm menos riscos e, do outro, as pessoas que fazem investimentos da pior forma existente, assumindo o maior número de riscos possível na esperança de ter lucro rápido.

Para as pessoas que fazem os seus investimentos de forma correta, os ganhos financeiros a longo prazo são muitos. Não é raro encontrar pessoas que conseguiram estabelecer uma alta fonte de renda com o mercado de ações.

Quem sabe você não tenha uma história de sucesso nesse mercado também? Nunca é tarde para investir! Você pode fazer isso em qualquer momento da sua vida.

Como funciona o Mercado de Ações

Se você ainda não sabe o que está fazendo, não invista no mercado de ações!

Os riscos que envolvem esse mercado exigem que você tenha conhecimento e objetivos bem definidos.

Não se iluda se alguém te disser que conseguiu fazer altos investimentos mesmo não entendendo nada sobre o assunto. Isso tem grandes chances de ser mentira ou questão de sorte. E para se dar bem no mercado de ações, você não deve contar com a sorte, mas sim com inteligência para dar o melhor destino possível para o seu dinheiro.

Um fenômeno bastante comum de acontecer é aquele em que a mídia divulga notícias sobre o quão lucrativo está sendo investir em ações de determinada empresa. Os relatos de aumento do patrimônio e do sucesso de algumas pessoas atrai cada vez mais pessoas para o mesmo investimento.

Qual é a consequência dessa situação?

Muitas pessoas que não entendem de investimento acabam entrando na onda de comprar as mesmas ações, mesmo sem saber nada sobre elas ou sobre a empresa na qual estão investindo o seu dinheiro.

Sem o conhecimento necessário, essas pessoas acabam perdendo dinheiro. E prejuízo é algo que nós tentamos evitar a todo momento, não é mesmo?

Se você quer mesmo investir no mercado de ações, a primeira coisa que você deve entender é que nenhuma ação cai ou sobe por motivos aleatórios. Há razões que podem justificar o movimento das ações no mercado. Algumas delas podem ser até previstas.

Cada ação representa uma parte da empresa. Assim, se você comprou uma ação de uma empresa X, isso significa dizer que você tem uma parte dos bens dessa empresa. Uma pequena parte dela, é claro.

Como as empresas emitem ações no mercado

Ao contrário do que pensa uma boa parte das pessoas, entender como as empresas lançam ações no mercado não é tão difícil quanto parece.

Quando uma empresa é aberta, os seus fundadores aportam os recursos que formaram os ativos dessa empresa.

Supondo que a empresa que foi aberta tem ativos que resultam em 100 milhões, os seus fundadores podem decidir oferecer esses ativos na Bolsa de Valores.

Tomada essa decisão, a empresa vai emitir uma certa quantidade de ações por um preço determinado. Esse preço pode ser bem pequeno, como o valor de 1 real, por exemplo.

Quando uma empresa emite ações para outras pessoas comprarem, isso significa que ela está operando no mercado primário.

No chamado mercado secundário, as ações são vendidas pelas próprias pessoas que as compraram. Quando isso começa a acontecer, a empresa já pode ser considerada uma empresa de capital aberto.

Afinal, o que é a Bolsa de Valores?

Bolsa de Valores

A Bolsa de Valores é um mercado onde os investidores podem tanto comprar quanto vender ações.

A Bolsa de Valores pode ser entendida facilmente como um supermercado onde as ações são as mercadorias da prateleira. Outros produtos financeiros também podem estar nas prateleiras da Bolsa de Valores.

No mundo todo, a Bolsa de Valores está presente. No Japão, nós temos a Bolsa de Tóquio. Nos Estados Unidos, há a NASDAQ e a NYSE – New York Stock Exchange. Na Alemanha, a Bolsa de Frankfurt e no Brasil, a Bovespa.

Em um mesmo país, podem existir várias bolsas. Tudo depende de como o mercado financeiro funciona e se organiza. Alguns países atraem mais investidores do que outros, mas esse já é outro assunto.

Agora que você já tem uma noção sobre como funciona a Bolsa de Valores, que tal procurar se aprofundar nesse tema e ter o máximo de conhecimento possível antes de fazer os seus investimentos?

CLIQUE AQUI para conhecer o Programa Mente Rica!

Você também pode gostar

Deixe um comentário