É empreendedor? Veja como ter uma maquininha de cartão

É empreendedor? Veja como ter uma maquininha de cartão

Usado em todo o mundo, o cartão de crédito é uma das formas mais fáceis de fazer compras. De acordo com um estudo realizado em 2015 pelo SPC, o Brasil tem cerca de 52 milhões de usuários de cartão de crédito. Por este motivo, não é nenhuma surpresa que existam cada vez mais maquininhas de cartão para empresas de todo tipo e tamanho.

Oferecendo segurança e praticidade, as maquininhas facilitam transações e garantem vendas e negócios, com seus variados modelos, taxas e tecnologias. Não importa qual é o tipo de negócio, ter uma máquina de cartão é imprescindível para passar confiança aos clientes e nunca perder negócios. Quer saber como ter a sua? Descubra como escolher a melhor opção, economizar e adquirir neste post.

Tipos de maquininha de cartão

Com cada vez mais pessoas lidando com dinheiro majoritariamente virtual, não oferecer opção de pagamento via cartão (de várias bandeiras diferentes) pode ser prejudicial para uma empresa ou empreendedor.

Além da potencial perda de clientes no momento da compra, há o perigo de perder clientes que deixarão de ir até você, pois não terão a opção de pagamento via cartão. Então, é essencial adquirir uma máquina de cartão. Mas qual?

Existem diversas empresas que oferecem este serviço, com diferentes designs e funcionalidades, mas no geral, as maquininhas de cartão estão divididas em dois grupos: as tradicionais e as modernas (ou sem mensalidade).

Maquininhas de cartão tradicionais

Do que se trata realmente a maquinha tradicional? A opção ideal para grandes empresas ou pessoas que prezam por estabilidade e credibilidade dos serviços que utilizam, essas maquininhas oferecem suporte e segurança para seus usuários.

Atualmente, estão disponíveis em modelos fixos (com fio) e móveis (sem fio).  A principal característica desse tipo de máquina é que o cliente não paga por ela, em vez disso, paga uma mensalidade para poder utilizá-la, e claro, uma taxa percentual a cada venda.

As principais empresas de credenciamento de maquininhas tradicionais de cartão no Brasil são a Cielo e a Rede, com diversas bandeiras aceitas. Ambas aceitam cartão de crédito e de débito, podendo ser eles de tarja magnética ou chip, fazem parcelamento, e além de pagamento sem contato (NFC) e via QR Code (Cielo).

Os modelos fixos usam uma linha telefônica comum ou internet para a transmissão de dados. Já as maquininhas móveis utilizam sinal GPRS ou Wi-Fi e podem ser levadas até o cliente, sendo perfeitas para empreendedores, restaurantes, bares e serviços de entrega, como pizzarias e fast foods.

As taxas de transação variam de acordo com a modalidade de pagamento (crédito, débito, parcelado ou não) e também no prazo de recebimento dos saldos (antecipados ou a cada 30 dias). Além disso, existem os custos de transmissão de dados, como eletricidade e internet. Por estes motivos, é importante refletir se você realmente precisa de uma máquina tradicional.

As “moderninhas”: leitor ou maquininha para celular

Muitos micro e pequenos empreendedores estão escolhendo as maquininhas de cartão para celular como alternativas viáveis. Elas são menores, mais leves, mais baratas e fáceis de lidar. Funcionam por meio de um celular ou tablet compatível. O aparelho, associado ao aplicativo gratuito, permite a localização da venda via conexão Wi-Fi ou 3G/4G.

As preferidas dos empreendedores, essas máquinas facilitam transações para pessoas que não se sentem confortáveis financeiramente tendo que pagar uma mensalidade; autônomos e empreendedores podem se beneficiar, pois muitas vezes não ganham um salário mensal fixo. A principal característica deste tipo de máquina é o pagamento único pela máquina em si, e não pelo serviço.

Diversas empresas disponibilizam serviços de maquininha sem mensalidade, como o PagSeguro, SumUp e Vivo iZettle, entre outros. Cada empresa oferece diferentes benefícios, e cabe a cada empreendedor descobrir qual vai trazer mais lucro e menos dor de cabeça.

As moderninhas têm muitas vantagens, como mobilidade e preços em conta, além da facilidade no cadastro. Em apenas alguns minutos você cria uma conta online e compra o aparelho.

O lado negativo pode ser o número de bandeiras mais limitado em relação às máquinas tradicionais. Mas isso varia de empresa para empresa e o recomendado é verificar se as bandeiras principais estão disponíveis, pois pode ser que isso não prejudique em nada o seu empreendimento.

É empreendedor? Veja como ter uma maquininha de cartão

Quanto custa uma maquininha de cartão

O valor da maquininha depende da empresa que a disponibiliza, sendo que no caso das modernas, o preço costuma ser fixo, enquanto que nas tradicionais o valor é pago mensalmente.

Os preços das maquininhas mais utilizadas no momento são: A Minizinha está pelo valor fixo de R$ 58,80. A SumUp Top está por R$ 68,40. A iZettle Maquinão está por R$ 166,80.

Pessoa física pode ter maquininha de cartão?

Sim, é possível adquirir uma maquininha sendo uma pessoa física, porém, podem haver complicações no caso das maquininhas mais tradicionais. Já para MEI, é preciso procurar os administradores de cartão e/ou bancos conveniados.

Alguns estados do país também exigem o cumprimento de alguns requisitos para a instalação das máquinas. Dessa forma, o MEI também deve verificar com a Secretaria de Fazenda Estadual ou Municipal para verificar quaisquer exigências da legislação tributária do seu Estado. Mas no geral, o processo é o mesmo para ambos, sendo este simples e sem maiores complicações.

Como ter uma maquininha de cartão?

Obter uma maquininha de cartão nunca foi tão fácil. Primeiro é preciso se educar sobre sobre o assunto, como você já está fazendo, para prevenir quaisquer arrependimentos depois. Então, você deve procurar a melhor opção para você e fazer a solicitação do serviço.

  1. Pesquisar sobre o assunto
  2. Escolher a maquininha ideal para seu empreendimento
  3. Fazer o pedido online no site da máquina escolhida

A partir daí, cada empresa terá seus procedimentos na questão de instalação ou pagamento. Algumas permitem que tudo seja feito online de formas simples, outras requerem mais “segurança”. No caso de pedido de documentos, também pode variar de empresa para empresa.

Existem diversas opções para todo tipo de negócio, e hoje em dia, com tantas pessoas usando cartões em vez de dinheiro físico, pode ser benéfico oferecer diferentes opções de pagamento para seus clientes.

Já escolheu sua maquininha de cartão? Conte para nós a sua preferida!

CLIQUE AQUI para conhecer o Sistema 3C da Construção de Riqueza!

Você também pode gostar

Deixe um comentário