Pode vender imóvel financiado pelo Minha casa, minha vida?

Pode vender imóvel financiado pelo Minha casa, minha vida?

Muitas pessoas, pela necessidade ou por sua condição financeira, precisam de programas de incentivo do governo. O Minha casa, minha vida é um deles, sendo um dos mais procurados pelas pessoas.

No geral, as pessoas que moram de aluguel ou que não possuem casa própria, são as que buscam esse tipo de programa. Mas, além disso, outros pontos são importantes para que se possam ter acesso ao incentivo.

Para que isso seja possível e uma pessoa seja contemplada, é necessário, antes de tudo, que se cumpram alguns requisitos, que são colocados como os mais importantes para que se tenha acesso aos benefícios.

É feito um cadastro, para que seja avaliada situação por situação, e isso, por fim, seja também indicado para pessoas que realmente precisam, em detrimento de outras que pode simplesmente dar conta de sua moradia.

Mas a dúvida que paira é se é permitido, de fato, repassar o imóvel, tendo em vista a venda, para que se consiga ter o dinheiro e compre outro em um lugar melhor ou até possa ter um tipo de imóvel ao mesmo tempo.

Essa questão é a que tentaremos responder para as pessoas que buscam por essa estratégia, mas possuem medo de perderem o benefício como consequência direta dessa ação.

Conheça o Programa Minha casa, minha vida

O programa foi criado inicialmente, e conforme foi dito, para pessoas de baixa renda, que moravam de aluguel, em áreas de risco de desastres ou aqueles que não tinham nenhum local para moradia.

Assim, foram construídos os conjuntos, e aos poucos as pessoas inscritas, foram contempladas, e puderam tomar posse de sua residência, que geralmente é padronizada, e colocadas em conjuntos habitacionais com outras pessoas.

No entanto, mesmo sendo algo que o governo disponibiliza, a demora pode ser um agravante, de maneira que algumas pessoas consigam condições melhores de moradia sem que necessariamente seja ligado ao programa diretamente.

Assim, a busca por condições que sejam de repassar o imóvel tem aumentado constantemente, para que se consiga um local com localização melhor ou que simplesmente não se perca outra propriedade que pode ter sido adquirida.

Pode vender imóvel financiado pelo Minha casa, minha vida?

Regras para ser contemplado

Para que você possa ser contemplado no Minha casa, minha vida, é preciso que cumpra requisitos muito específicos e de maneira rigorosa, afinal são muitos os que procuram por este tipo de programa.

Normalmente, é preciso que esteja dentro de uma renda que não ultrapasse um salário mínimo e meio e que comprove não ter condições de arcar com aluguel ou com a compra de um imóvel.

Depois dessa avaliação você entra em uma espécie de fila, e isso quer dizer também que precisa esperar que a distribuição ocorra, e que também possa ser contemplado finalmente, e possa ir para o seu imóvel.

Ao ser contemplado você passa por outra série de exigências, para que de fato se defina a sua estadia, e seu imóvel possa ser ser de fato, entendendo todas as outras necessidades e outros pontos a serem observados.

Regras depois de ser contemplado

Depois que você consegue ser contemplado, é preciso que dê conta de outras formas de exigências, de modo que também possa ter outras coisas que precisam ser garantidas, a fim de que não perca a sua casa.

Quando você é contemplado, o pagamento do imóvel deve ser feito à financiadora, que geralmente é a Caixa Econômica. Esse pagamento é mensal e contém o valor do imóvel com devidas correções feitas.

É fundamental fazer o pagamento, afinal, ele é quem vai garantir que você possa tomar posse do que vai ser seu futuramente, pois quando você ocupa, ainda está no nome do banco financiador.

Ao cumprir rigorosamente com o pagamento é muito mais fácil de ter o seu imóvel em pouco tempo, e isso também depende de outros pontos que devem ser observados e garantidos de sua parte, enquanto morador do imóvel.

Pode vender imóvel financiado?

Essa é uma das maiores dúvidas das pessoas, e isso também pode ser uma forma de se conseguir outras condições de imóvel ou de investimentos, sendo um comportamento comum e que também ocorre com muita naturalidade.

Normalmente, não há nenhum impedimento com a venda do seu imóvel financiado pelo Minha casa, minha vida, desde que alguns pontos sejam observados, garantidos e cumpridos pelas partes envolvidas na negociação.

É preciso que o comprador assuma a dívida, e pague também o que já foi investido na casa, no caso das parcelas quitadas. Assim, o imóvel e as parcelas passam de seu nome para o nome da outra pessoa.

Mas o mais importante disso é garantir que o banco vai permitir essa transferência, sendo exigido o pagamento das parcelas até a venda, e que o comprador comprove que possua condições de arcar com as restantes.

Por isso, é algo que depende diretamente das partes envolvidas e, principalmente, o aval do banco, para que você consiga assim repassar o imóvel sem preocupações e possa seguir o seu planejamento.

Você gostaria de vender imóvel financiado? Por qual motivo? Comente!

CLIQUE AQUI para baixar o Ebook Gratuito “Como evitar os 7 Pecados dos Investidores”!

Você também pode gostar

Deixe um comentário