Golpe do empréstimo: como identificar e não cair nele

Golpe do empréstimo: como identificar e não cair nele

Com a facilidade da internet as pessoas precisam estar bem atentas para não caírem no golpe do empréstimo. Basta digitar a palavra “empréstimo” que aparecem milhares de sites te oferecendo muitas vantagens, mas não é bem assim que funciona.

Existem muitas pessoas que agem de má fé e você precisa tomar muito cuidado, pois pode se tratar de uma armadilha.

Mas não se preocupe! Se está procurando por um empréstimo, separamos aqui algumas dicas para te ajudar a não ter nenhum tipo de problema.

Quem contrata um empréstimo provavelmente perdeu o controle das suas finanças, tem alguma dívida para quitar ou deseja realizar um sonho. Só que nem todos os locais são confiáveis e você precisa prestar muita atenção para não cair no golpe do empréstimo.

Acontece que algumas pessoas se aproveitam da vulnerabilidade e até mesmo do desespero para aplicarem o golpe. E a maioria deles funciona assim: você deposita um valor que é pedido e se não fizer isso, não consegue o empréstimo. Isso é estelionato!

Como funciona o  golpe do empréstimo

Observe a seguinte situação: você está super abalado emocionalmente porque está com um problema muito grave para resolver. E começa a buscar por um empréstimo.

À primeira vista, não desconfia de nada, porque os golpistas usam nomes de bancos ou instituições financeiras conhecidas.

Disponibilizam números de telefone, chats, para que a vítima entre em contato. Até que se depara com o ponto principal: a maneira como eles se comunicam.

Eles enfatizam tanto o problema, por exemplo, que se você não resolver naquele momento sua situação só vai piorar, dando um senso de urgência de forma que você não pense no que está fazendo. Na verdade, o que quer é resolver aquele problema o mais rápido possível.

Golpe de empréstimo mais comum

É quando você precisa depositar um determinado valor antecipadamente. Caso contrário, o valor do empréstimo não é liberado.

A maioria dos golpes funciona dessa forma. E aí quando você pergunta por que precisa depositar esse valor, a resposta é: são taxas bancárias ou é um seguro que deve ser pago pois não tem fiador.

Depois, eles pedem para você fazer uma transferência bancária ou depósito. Mas a conta não é de uma instituição financeira e sim de uma pessoa física.

Saiba que as instituições financeiras ou bancos não aceitam transferências ou depósitos. É preciso de um boleto que identifique qual é o credor. Vamos ver a seguir como não cair no golpe de empréstimo.

Golpe do empréstimo

Como identificar e não cair no golpe de empréstimo

Veja os principais pontos para te ajudar a identificar um golpe:

  • Quando pedem para depositar um valor antes de conceder o empréstimo. Isso não existe!
  • A conta que a quadrilha informa é de uma pessoa física;
  • O endereço fornecido não existe e se existir, não é da instituição;
  • Preste atenção aos folders e folhetos. Na maioria das vezes, o texto vem com muitos erros de português, mas erros muito gritantes.

É claro que eles se aproveitam do seu momento financeiro delicado e por isso chegam a propor condições que você não vai encontrar em nenhum outro lugar.

O que eles mais prometem? Condições espetaculares de pagamento, juros muito baixos, praticamente zero, e liberação do dinheiro na mesma hora.

E aí é que você pode cair no golpe de empréstimo: o seu lado emocional fala mais alto e você não se dá ao trabalho de pesquisar mais a fundo sobre aquela empresa.

Acaba depositando o valor que eles exigem, só que não existe empréstimo algum. Eles simplesmente somem.

Mais dicas para não cair no golpe de empréstimo

Vale a pena reforçar mais algumas dicas para evitar que você caia no golpe de empréstimo:

  • Quando acessar o site, observe se tem aquele cadeado ao lado no nome do endereço. Isso significa que é um site seguro e que possui o certificado digital;
  • Observe bem o site, como é o texto, se as ideias estão coerentes, se existem erros de português, etc;
  • Acesse o site do Banco Central, pois ali consta uma relação de todas as instituições financeiras autorizadas a funcionar;
  • Visite os sites de reclamação, como o Reclame Aqui, e veja se há alguma queixa sobre a empresa.
  • Nunca informe nenhum dado pessoal, como número de identidade, CPF, endereço e cartão de crédito.

Tenha em mente que, você precisa se cercar de todos os lados quando está solicitando um empréstimo.

E por isso, deve sempre procurar uma empresa conhecida no mercado, com boa reputação e que esteja autorizada pelo Banco Central para operar.

Não estamos querendo dizer aqui que solicitar um empréstimo é perigoso e não seguro. Mas você precisa fazer isso com uma instituição financeira confiável.

Tanto que os maiores bancos do país, é possível pedir empréstimos pela internet, até mesmo por aplicativos do celular. Mas preste bastante atenção a todas as dicas que passamos!

Conclusão

A cada dia mais e mais pessoas caem no golpe do empréstimo simplesmente porque não têm as informações corretas e estão tão desesperadas que nem pensam no que estão fazendo.

Elas querem resolver aquela situação e se livrar do problema. Quando entram os aproveitadores, se valendo da condição mais fragilizada dessas pessoas. Tome cuidado! Siga nossas dicas que, com certeza, você poderá fazer seu empréstimo na maior segurança.

Isso já aconteceu com você ou conhece alguma pessoa que caiu no golpe do empréstimo? Comente!

CLIQUE AQUI para conhecer o Sistema 3C da Construção de Riqueza!

Você também pode gostar

Deixe um comentário