Hábitos financeiros e segredos dos ultra-ricos

Hábitos financeiros e segredos dos ultra-ricos

O que as pessoas ricas têm em comum? É evidente que ninguém fica rico do nada. Para enriquecer é necessário ter bons hábitos financeiros, além, é claro, de alguns segredinhos na manga. Se seu interesse é saber mais sobre isso, fique de olho nas próximas dicas.

Antes de qualquer coisa é importante salientar que, quando se fala em pessoas ricas, nos referimos a quem construiu sua riqueza aos poucos, um dia após o outro.

É lógico que existem os que vieram de famílias ricas, nos quais os bens são apenas passados entre as gerações, perpetuando a riqueza. Mas o foco aqui não são estes indivíduos.

30 hábitos financeiros e segredos dos ultra-ricos

Pode acreditar: os hábitos têm mais a ver com a riqueza do que você pensa.

Eles podem transformar a mentalidade de uma pessoa e, com isso, mudar o modo com que ela lida com seu dinheiro.

Por isso, confira 30 itens que estão na rotina dos ultra-ricos.

1. Foco na educação financeira: o consumo consciente traz diversos benefícios na vida de todas as pessoas. Os ricos sabem disso e aproveitam para economizar e garantir mais verba.

2. Organização das finanças: este é o grande segredo dos ultra-ricos. Nunca gastar mais do que se tem.

3. Organizar metas: saber o que pretende fazer daqui a quatro ou cinco meses facilita na organização e, principalmente, nas economias.

4. Dizer não: aprender a dizer “não” é difícil, ainda mais para quem se ama, mas é essencial. Ao dizer não para convites, por exemplo, você ganha mais tempo para estudar ou ler.

5. Pesquisar sempre o menor preço: pechinchar e comparar preços em lojas físicas e online pode trazer grandes benefícios financeiros.

6. Não emprestar dinheiro: zele por seus relacionamentos. A ajuda financeira traz riscos sérios para seu bolso e suas relações. Empreste em casos extremos e deixe claro que isso não poderá virar rotina.

7. Focar na produtividade: não importa se foram duas ou 6 horas de trabalho, ser produtivo é o principal motor de realização profissional.

8. Investir em cursos de capacitação: graduação, pós, mestrado, doutorado. O rico sabe o poder dos estudos e investe tempo e dinheiro nisso.

9. Ser crítico: é saber questionar de forma racional suas atitudes e da do próximo para avançar diante de um problema.

10. Estar informado: o rico evita perder tempo com bobagens, a informação deve ser relevante e agregadora.

11. Arriscar: entender o melhor momento para tentar algo novo. Não dá para ter certeza se dará certo ou não, mas a vida é composta de tentativas.

12. Trabalhar duro: o sucesso nunca vem fácil. É necessário ter força e comprometimento com o negócio.

13. Controle financeiro: assim como planejar e organizar as finanças é essencial, controlar os gastos é mais um item da riqueza.

14. Ter várias fontes de renda: caso tenha tempo livre entre sua ocupação principal, arrisque outra função. Pode ser um extra como freelancer ou até mesmo vender doces ou salgados.

15. Entender sobre investimento: Tesouro Direto, Bitcoins, Bolsa de Valores. Aprenda sobre os investimentos mais rentáveis e invista.

16. Aceitar conselhos: ouvir o que as pessoas à sua voltam pensam sobre determinado assunto pode dar uma visão diferente da questão. Ouça com atenção, mas siga seu coração.

17. Fazer balanço mensal: os ricos sabem quanto entrou e quanto saiu da sua conta corrente. O que está faltando para começar a se organizar?

18. Saber a hora de mudar: se a carreira não está indo como o planejado ou não se sente mais feliz na função, analise se é o momento de fazer novas escolhas.

19. Pensar no hoje: viva o agora, não se martirize com o passado ou futuro. O hoje é lindo, viva.

20. Ter amigos verdadeiros (mesmo que poucos): os amigos enchem a vida de alegria e são as pessoas que confortam quando tudo está dando errado. Mesmo que poucas, boas amizades devem ser cultivadas.

21. Pedir descontos: pechinchar é a palavra-chave do rico (e todo mundo já sabe).

22. Foco na saúde: exercícios físicos e ir ao medico regularmente é fundamental.

23. Ideias inovadoras: crie coisas diferentes, funcionais e criativas. Inspire-se.

24. Todo tempo extra é bem administrado: os ricos não ficam à toa. Todo tempo sobrando é uma oportunidade de criar.

25. Ter uma agenda: liste as tarefas do dia em uma agenda para evitar perder tempo.

26. Fazer caridade: ajudar o próximo sempre será uma boa escolha.

27. Fazer o que gosta: os ricos amam o que fazem e isso é motivador. No fim das contas, não importa se a pessoa trabalha 12 horas direto, no fim do dia ela sempre se irá se sentir realizada por fazer o que ama.

28. Gastar menos do que ganha: isso faz parte do planejamento financeiro. Deixe sempre uma reserva para emergências.

29. Evitar cartão de credito: além dos juros, o cartão pode virar uma bola de neve. Prefira comprar sempre à vista.

30. Não reclamar: melhor do que reclamar, é mudar. Se algo incomoda, faça alguma coisa para melhorar ao invés de ficar se lamentando e queixando.

Gerenciamento financeiro pessoal

segredos dos ultra-ricos 1

Manter um bom orçamento requer controle e gerenciamento financeiro pessoal. A educação financeira está inteiramente ligada nesta questão por ser definida como o entendimento de como ganhar, gastar, poupar e investir o dinheiro, fazendo, assim, com que se melhore a qualidade de vida do indivíduo.

Para isso, seguir certas dicas são importantes para que seja possível evitar o endividamento e equilibrar as receitas e as despesas, bem como, economizar e reter verba para realizar as metas já planejadas.

Veja algumas sugestões de como gerenciar suas finanças:

  • Monte um controle de verbas

Defina os gastos fixos (água, alimentação, transporte, aluguel) e os gastos variáveis (lazer, cuidados pessoais, roupas). Se as contas não fecharem, analise o que é supérfluo e pode ser cortado sem prejudicar a rotina.

  • Faça um planejamento financeiro

Para qualquer compra grande, crie uma meta. Se pretende comprar uma televisão nova, observe o valor total e por quanto tempo precisa economizar para conseguir obter o novo bem. O ideal é comprar sempre à vista para evitar os juros.

  • Elabore um plano de ação

Pense no objetivo a ser alcançado, liste o que precisa ser feito, agende um prazo de início de fim para cada tarefa, organize o orçamento e se responsabilize pela execução do projeto.

  • Aprenda a tomar decisões

O poder de escolha é fundamental, mas pode trazer problemas. Antes de escolher qualquer coisa relacionado às finanças, avalie e faça questionamentos. Você precisa disso? As contas irão fechar no fim do mês? O que farei caso tenha uma emergência? Qual é a real importância disso na minha vida?

  • Evite acumular dívidas

É essencial correr de todas as formas de dívidas. Cumpra o orçamento e siga o planejamento. Trace os objetivos e cumpra. Também é importante evitar financiamentos, cheque especial e cartão de credito.

CLIQUE AQUI para conhecer o Sistema 3C da Construção de Riqueza!

Você também pode gostar

Deixe um comentário