O que fazer quando o limite do cartão estoura

O que fazer quando o limite do cartão estoura

Controlar o limite do cartão nem sempre é possível, afinal acontecem várias coisas e gastos inesperados podem ocorrer. É fundamental que você tenha um controle de uso mensal do cartão de crédito para que não haja imprevistos em seu orçamento.

Todo mundo concorda que o cartão de crédito é uma mão na roda. Afinal, é muito prático e seguro não precisar andar mais com grandes quantias de dinheiro na carteira.Sem contar toda a facilidade de concentrar todas as compras no cartão, para efetuar todos os pagamentos de uma vez só e ainda parcelar as compras se precisar.

O problema é que às vezes tem gente que se empolga tanto com toda essa facilidade, que acaba extrapolando nas compras. Por isso, entenda aqui o que significa estourar o limite do cartão e fuja dos potenciais problemas disso.

Além disso, existem aqueles momentos em que simplesmente buscamos alguns gastos de maneira desregrada, o que também atrapalha quem precisa e quer controlar o limite do cartão, o que deve ser observado.

Mas o que acontece quando o limite do cartão estoura? Você já se perguntou? Por isso vamos trazer primeiramente dicas de como evitar, e também o que fazer quando isso acontecer.

Como controlar o limite do cartão

Algumas dicas são necessárias para que você entenda e planeje também os gastos que são necessários, e alguns até que não são necessários, e por isso é importante ficar atento no controle das finanças.

Procurar controlar os seus gastos pessoais é sempre uma boa ideia, e também é interessante para que você consiga manter sempre o limite do cartão sob controle, sem que perca todo o planejamento financeiro.

Inclusive vale lembrar que o limite do cartão serve justamente para que você possa controlar os gastos e respeitar essa quantia que é determinada para as suas finanças.

O que fazer quando ultrapassa o limite

Pode acontecer de em um momento, ou em muitos momentos, o limite ser ultrapassado, e assim, nem mesmo as estratégias para controlar o limite do cartão costumam ter efetividade nestes contextos.

Quando o limite do cartão é estourado, geralmente são cobradas algumas taxas emergenciais do uso acima do limite utilizado, e por isso é importante pensar e avaliar o seu uso de maneira geral.

Com o uso acima do planejado e ainda a cobrança de mais encargos e taxas, existem algumas atitudes que podem te ajudar e também que são indicadas para que você minimize todos os impactos.

Renegociação

Considerando que você não conseguiu controlar o limite do cartão, é preciso então pensar de que maneira você pode dar conta dos valores devidos e poder de novo ter o seu limite aliviado e diminuir os custos mensais.

Uma das maneiras que são utilizadas é o fato de renegociar a dívida junto ao banco, e isso também demanda um tipo de ideia de como você vai organizar os pagamentos que são necessários para dar conta dessa negociação.

Quando você faz isso você apresenta ao banco propostas e o banco pode ou não aceitar as mesmas, para que você possa quitar o seu débito e consiga também ter novamente o limite de volta sem o custo das taxas adicionais.

O que fazer quando o limite do cartão estoura

Parcelamento

O parcelamento do valor total que foi utilizado também pode ser uma saída interessante, principalmente se você conseguir junto à operadora de crédito que não sejam incluídas taxas neste parcelamento.

Apesar de você prolongar o pagamento e também empurrar mais para a frente o controle do limite, que pode ser comprometido, você consegue uma margem de pagamento mais simples, sem que impacte no seu dia a dia.

Isso também te dá uma margem mais segura, desde que você também consiga controlar o limite do cartão a partir de então, ou você pode ter muitos mais custos nesse tipo de operação.

Pagamento mínimo

Algumas pessoas recorrem ao pagamento mínimo de fatura para que se consiga aliviar o limite e então consiga um tempo a mais até que possa quitar todos os outros custos que estão sendo cobrados.

A partir desse contexto, você pode até ter um alívio imediato, mas os custos somente com o pagamento mínimo podem ser muito maiores a longo prazo, o que pode gerar também muitas complicações futuras.

Isso porque o pagamento mínimo garante somente uma parte dos custos, enquanto a outra parte vai ser novamente cobrada com juros e multa, o que pode aumentar e muito o seu custo nesse tipo de contexto.

Quando o limite do cartão estoura é natural que não se se saiba o que fazer, e por isso foram trazidas algumas dicas importantes que podem te ajudar nesse contexto e até são indicadas para quem tem algum tipo de problema com as operadoras.

Se planejar financeiramente para cada gasto ainda é a melhor indicação, mas também a negociação faz parte do contexto e pode ser de grande utilidade.

Agora que sabe como controlar o limite do cartão, quais gastos irá excluir do seu orçamento?

CLIQUE AQUI para baixar o Ebook Gratuito “Como evitar os 7 Pecados dos Investidores”!

Equipe Eduardo Moreira.

Você também pode gostar

Deixe um comentário