8 de abril de 2021

Day Trade: o que é e como funciona?

Day Trade: o que é e como funciona?

Day Trade é uma estratégia de operação que ganhou fama no último ano, principalmente por canais da internet que ensinavam a lucrar através da compra e venda de ações.

A estratégia de Day Trade nada mais é do que a compra e venda de um ativo no mesmo dia, visando o lucro na operação. A explicação é simples: o investidor ganha dinheiro vendendo ativos por um preço maior do que o preço pago na compra.

Mas conseguir esse resultado não é tão simples assim. O Day Trader necessita ter bastante conhecimento, prática, tempo e tolerância a risco, pois não há garantia alguma de que você conseguirá alcançar os seus objetivos com essa estratégia.

Antigamente o trader era o profissional que fazia as operações da corretora de ações. Porém, com o pregão online  cada vez mais acessível, mais pessoas físicas entraram nesse mercado para operar como traders na bolsa de valores.

O que é Day Trade?

Como falamos acima, o objetivo do Day Trade é ganhar dinheiro na variação do preço de forma rápida com as oscilações do mercado. Por exemplo: se você comprou uma ação da Petrobras às 10h00 por R$13,00 e vendeu por R $16 às 16h00 do mesmo dia você realizou uma operação day trade e obteve um lucro de R$3,00 por ativo.

Como funciona o Day Trade?

Para que a estratégia funcione, é necessário ter experiência e realizar muita análise técnica, que significa analisar os gráficos para observar padrões que possam ajudar a antever o movimento de um ativo, sua cotação, volume de transações, médias móveis etc.

Há também a análise chamada de fundamentalista, que analisa os fundamentos das empresas e suas perspectivas para o longo prazo, e por esse motivo não é muito utilizada em day trade.

Leia também: Investidor: veja opções com investimento baixo

Além dessas análises, é preciso lembrar que: nem todos os dias há altas subidas e descidas nos preços dos ativos e, no dia em que o mercado estiver andando de lado, é melhor tirar o dia de folga. Lembre-se sempre da seguinte frase que pode ser considerada uma máxima do mercado financeiro “Quanto maior a chance de ganhos, maior a chance de perdas”, principalmente no curto prazo.

Vantagens e desvantagens do Day Trade

Vantagens

Tudo pode parecer muito atrativo, por isso, investidores iniciantes tendem a buscar o “pote de ouro”.

A possibilidade de ganhar dinheiro em pouco tempo, principalmente utilizando a alavancagem, é uma vantagem financeira.

Se você adotar o Day Trade como a sua principal fonte de rendimento, você poderá trabalhar de home office e ter flexibilidade para trabalhar em qualquer lugar que possua internet.

Outra vantagem é que você pode misturar técnicas e até estratégias de investimento, tendo parte do seu patrimônio investido a longo prazo.

Desvantagens

As desvantagens são quase todas inerentes ao risco. Você pode perder muito dinheiro se não tiver conhecimento, prática e autocontrole. O Day Trader precisa saber a hora exata de agir, pois precisa estar sempre em frente ao monitor e acompanhar o pregão para identificar oportunidades e ameaças, além de conseguir acertar se a movimentação do mercado será de alta ou de queda. Por isso, é  uma atividade não recomendada para pessoas que não tem apetite para perda e têm pouco tempo para operar, estudar e praticar.

Além disso, segundo a FGV, mais de 90% dos traders têm prejuízos a longo prazo. Ou seja, a chance de perder dinheiro é muito superior à chance de ganhar.

Será que Day-Trade é realmente uma boa estratégia para ganhar dinheiro?

Como fazer o Day Trade?

Para se tornar um trader é preciso ter conta em uma corretora. Com isso, escolha um home broker, acesse-o, identifique uma ação com boa oportunidade de comprar e mande a ordem de compra.

Sua rotina deve incluir ler as notícias do mercado; conferir agenda de eventos do dia como payroll, livro bege, dados de inflação, PIB, desemprego; analisar os gráficos; definir os papéis que irá acompanhar ou operar no dia e identificar possíveis gaps.

As Técnicas de Day Trade

Existe uma série de técnicas que o day trader deve dominar como:

Padrões de Candlestick

Padrões de Candlestick são um conjunto de velas que podem indicar tendências. As velas apresentam alguns comportamentos dentre os quais conseguimos prever antecipadamente algumas tendências do mercado financeiro.

day trade

Exemplo de análise dos Padrões de Candlestick

Scalping

O scalping é um exemplo de investimento de curtíssimo prazo, de minutos ou poucas horas. Essa técnica é para quem está disposto a juntar vários pequenos lucros, que somados proporcionarão um rendimento maior. Porém, apenas especialistas poderão realizar este tipo de operações para evitar grandes perdas.

Gerenciamento de risco

O gerenciamento de riscos faz parte da rotina de quem atua no mercado financeiro, já que quem tem o perfil mais arrojado está exposto a perdas.

Alavancagem

A alavancagem é um mecanismo que permite multiplicar a rentabilidade dos seus investimentos através da utilização de recursos de terceiros. Ou seja, um limite disponibilizado pela corretora para que o trader possa operar ordens de compra e venda descoberto, com um valor bem maior do que o seu capital disponível.

Stop Loss no Day Trade

Stop Loss funciona como um gerenciamento de risco e permite que o trader consiga automatizar a venda de seus ativos por um preço predeterminado, caso eles valorizem ou desvalorizem acima do esperado.

Taxas e Tributação no Day Trade

Os principais custos para operar no Day Trade são: a taxa de corretagem para enviar as ordens de compra e venda para a Bolsa; a taxa de custódia, cobrada pela BM&FBovespa para guardar seus ativos e o ISS (Imposto Sobre Serviço) de 5% sobre a taxa de corretagem e emolumentos.

Quanto à tributação, os ganhos sobre operações Day Trade sofrem alíquota de 20% no Imposto de Renda.

O Day Trade tem atrativos que podem fazer parecer com que os ganhos sejam fáceis, mas é uma estratégia muito arriscada e não tem nenhuma garantia de ganho. Caso decida ser um day trader, não faça dele o seu único investimento financeiro. Uma estratégia inteligente para qualquer investidor é montar uma carteira diversificada, com tipos de ativos diferentes. Quando esses ativos variam em risco, em rentabilidade e em vencimento, você protege o seu capital contra oscilações que possam afetar seu patrimônio.

Se você quer aprender mais sobre investimentos, assista essa aula gratuita  em que o Eduardo Moreira ensina como construir, aumentar e preservar patrimônio em qualquer cenário econômico.

 

Equipe Edu Moreira

🔴 Curta também as redes sociais! 📷Instagram / 👍Facebook / 🎥 YouTube

Eduardo Moreira
Eduardo Moreira

Eleito um dos três melhores economistas do Brasil pela Revista Investidor Institucional, Eduardo Moreira foi apontado pela Universidade da Califórnia como o melhor aluno do Curso de Economia nos últimos 15 anos. Autor de diversos best-sellers, Eduardo foi o primeiro brasileiro a ser condecorado pela rainha Elizabeth II no Castelo de Windsor, em junho de 2012.

Saiba Mais
Deixe um comentário
Você também pode gostar
Leoni: “saída é ir além da resistência”
+
Leoni: “saída é ir além da resistência” O cantor e compositor Leoni, em entrevista ao economista Eduardo Moreira, destacou que a cultura no Brasil é vista como uma “ameaça” pelas classes dominantes. ...
12 de novembro de 2020
5 perguntas para fazer antes de investir no Tesouro Direto
+
5 perguntas para fazer antes de investir no Tesouro Direto Investir no Tesouro Direto é uma boa opção para quem precisa ter uma reserva de emergência ou deseja realizar algum projeto pessoal e profissional. Para isso, ...
21 de outubro de 2020
Fluxo Circular de Renda: entenda o conceito
+
Fluxo Circular de Renda: entenda o conceito O Fluxo Circular de Renda é um modelo de funcionamento básico da economia. Esse modelo descreve as engrenagens da economia através do fluxo de dinheiro e de bens ...
25 de março de 2021