27 de março de 2020

Pirâmide financeira: Como se proteger para não cair em golpes

Pirâmide financeira: Como se proteger para não cair em golpes

Os momentos de imprevisibilidade do mercado geram incertezas e deixam a população insegura. Além disso, no cenários de juros baixos, os investidores buscam opções com maior rentabilidade. E assim, configura-se o cenário perfeito para as pessoas ficarem mais suscetíveis a cair em operações fraudulentas e golpes financeiros, como as pirâmides.

Afinal, quem não quer ficar milionário da noite para o dia, ainda mais em um momento de crise?

Dinheiro fácil, porém, não existe! 

O número de golpes e pirâmides financeiras vem aumentando nos últimos anos. A estimativa de uma pesquisa feita pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), pelo SPC Brasil e pelo Sebrae com investidores pessoas físicas, apontou que cerca de 10% dos investidores já caíram em algum tipo de golpe.

São promessa de retorno rápido em investimentos que pagam juros altos, além de outras vantagens que parecem boas demais para ser verdade. É o famoso barato que sai caro.

A Pirâmide Financeira

É um modelo comercial em que a oferta ao investidor é de multiplicação do dinheiro em pouco tempo e com garantia de resultado positivo. Apesar de ser uma proposta animadora para qualquer um, a pirâmide financeira é crime! Essa operação é classificada como  crime contra a economia popular, conforme lei 1.521/51, e quem a pratica pode ser preso.

A principal característica de um golpe financeiro é a promessa de ganhos “impossíveis”. No caso das pirâmides, geralmente prometem retornos mensais muito superiores aos produtos disponíveis no mercado financeiro, e podem chegar a promessas de 3 por cento ao dia para quem coloca seu dinheiro na empresa. 

Estrutura de uma Pirâmide Financeira – Fonte: Superinteressante

O sócio, parceiro ou investidor da pirâmide financeiro sempre tem como objetivo principal atrair um número cada vez maior de pessoas que possam entrar no esquema aportando capital.

Para entrar no negócio é preciso pagar uma taxa de adesão. A primeira pessoa que coloca seu dinheiro na empresa com a rentabilidade prometida terá esse valor recebido quando uma segunda pessoa também entrar no negócio aportando dinheiro. Então, a segunda pessoa recebe o dinheiro da terceira, que recebe o dinheiro da quarta e assim por diante. 

Até o momento em que a base da pirâmide – que são os novos entrantes – começa a ter de aumentar progressivamente e atinge níveis insustentáveis. Nesse momento, os últimos entrantes já não conseguem mais recrutar novas pessoas e então a estrutura não consegue mais bancar os retornos prometidos a quem está dentro do esquema, e quebra.

Como identificar pirâmides?

  • A promessa é sempre de ganhos expressivos impraticáveis no mercado financeiro
  • Sempre há uma taxa de adesão para novos associados.
  • A apresentação do negócio é sempre pouco clara. Em muitos casos usam as criptomoedas como argumento, ou marketing multinível ou outros tipos de investimentos e negócios que não são facilmente identificáveis. 
  • Outra característica recorrente é a de exibicionismo de dinheiro, ostentam casas, carros, viagens e vendem a vida confortável das pessoas que estão no topo da pirâmide. 
  • Por fim, outro atributo presente no golpe da pirâmide financeira são as vantagens oferecidas para pessoas que trazem mais gente para o negócio. Sempre desafiam as pessoas a alcançarem diferentes níveis para receber algumas regalias, sempre de acordo com o número de novos “investidores” que ela recrutar.

Elas são insustentáveis

A pirâmide financeira só se sustenta com o aumento da base. Ou seja, através da taxa de adesão dos novos associados. 

Elas se tornam insustentáveis pois com o tempo a capacidade de atração de novos vendedores atinge o limite. Quando chega este momento o pagamento aos associados começa a atrasar e cresce a desconfiança.

Na hora de cobrar os donos do negócio é comum a dificuldade em fazer contato, isso acontece porque a maioria dos investidores só conhece a pessoa que o atraiu para o esquema.

Bitcoin é pirâmide?

Não! Bitcoin não é pirâmide, é uma criptomoeda. No entanto, algumas esquemas de pirâmide usam o bitcoin e outras criptomoedas como elemento para sustentar a narrativa do “negócio”.

Por ser um investimento de alto risco e poucas pessoas saberem exatamente como funciona essa moeda virtual, o bitcoin é usado como uma isca para convencer os associados.

Saiba como comprar criptomoedas de maneira segura, aqui!

Marketing Multinível é pirâmide?

Não! No geral, o marketing multinível tem um produto ou serviço a ser oferecido. E nesse sentido, a  venda é o caminho para o crescimento e as conquistas na empresa. Geralmente são produtos com alta procura como cosméticos e roupas, que as pessoas compram com frequência e o risco de encalhar o estoque é pequeno.

A confusão acontece porque no marketing multinível também acontece a inclusão de novos participantes. No entanto,  são pessoas recrutadas para a venda do produto ou serviço. Nesse caso o negócio precisa de participantes, porém, não depende deles para sobreviver. 

As empresas de multinível conseguem crescer mesmo que o número de associados se estabilize, além disso, elas oferecem maior transparência e investem em estruturas de  atendimento ao consumidor.

Como se manter seguro?

A primeira coisa é estar consciente de que não existe rendimento milagroso, como por exemplo de 1% ao dia, sem correr muitos riscos. Se a esmola for grande, desconfie.

Antes de colocar seu dinheiro em qualquer investimento, faça uma busca no site da CVM – Comissão de Valores Mobiliários e verifique se a instituição é regulamentada.

Pesquise se a oferta desse “investimento” é cadastrada no site, pois o cadastramento é obrigatório. Verifique também o produto que está sendo oferecido, ou seja, o nome do investimento. Avalie se é um produto já existente no mercado, ou se é uma proposta inovadora que poucos conhecem ou ouviram falar. E nunca faça depósitos em contas de pessoas físicas, sempre pesquise o nome da empresa e sua credibilidade no mercado.

Lembre-se que essas pessoas fazem uso dessas promessas de retorno rápido e seguro para atrair os menos preparados. 

Se você quer realmente investir seu dinheiro com segurança, aprenda sobre investimentos e saiba escolher o melhor investimento para você. Afinal, o conhecimento liberta.

Para  sentir-se mais seguro conheça o e-book  7 PECADOS CAPITAIS DOS INVESTIDORES.

É um material gratuito para você iniciar no mercado de investimentos já sabendo o que NÃO FAZER!

E se você quer saber no detalhe O QUE FAZER e como fazer, o Investidor Mestre pode te ajudar.

Forte abraço,

Equipe Edu Moreira

🔴 Curta também as redes sociais! 📷Instagram / 👍Facebook / 🎥 YouTube

Eduardo Moreira

Eleito um dos três melhores economistas do Brasil pela Revista Investidor Institucional, Eduardo Moreira foi apontado pela Universidade da Califórnia como o melhor aluno do Curso de Economia nos últimos 15 anos. Autor de diversos best-sellers, Eduardo foi o primeiro brasileiro a ser condecorado pela rainha Elizabeth II no Castelo de Windsor, em junho de 2012.

Saiba Mais
Deixe um comentário
Você também pode gostar
VÍDEO – Live com Paulo César Ribeiro Lima
+
VÍDEO – Live com Paulo César Ribeiro Lima Paulo César Ribeiro Lima foi funcionário do Banco do Brasil e servidor do Banco Central. Depois de se formar em engenharia, na Universidade Federal de Minas ...
27 de julho de 2020
Porta-voz do #somos70porcento, Eduardo Moreira é capa no jornal Valor Econômico
+
Porta-voz do #somos70porcento, Eduardo Moreira é capa no jornal Valor Econômico “Estão achando que o #somos70porcento tem um prédio, reuniões regulares, um conselho, redigiu um manifesto. Não é nada disso. Até hoje não tem nem um ...
31 de julho de 2020
Letra de câmbio: o que é, vantagens e desvantagens, tipos e como investir (Guia Completo)
+
Letra de câmbio: o que é, vantagens e desvantagens, tipos e como investir (Guia Completo) Você sabe o que é uma letra de câmbio? Sabe quando e como investir em uma? Se respondeu “não” para as duas perguntas, confira o artigo!  Agora, se você ...
27 de julho de 2020