8 dicas para controlar as despesas do dia a dia

8 dicas para controlar as despesas do dia a dia

Embora controlar as despesas do dia a dia seja a melhor maneira de evitar dívidas, essa pode ser uma batalha difícil.

É importante ter um plano em prática. Dessa forma, você pode evitar acumular dívidas simplesmente seguindo algumas regras simples.

Você já começou o mês com a melhor das intenções para economizar dinheiro e, depois, apesar dos seus melhores esforços, parece que isso acontece. Antes que você perceba, gastou mais dinheiro do que queria.

Não se engane, isso acontece com muitos de nós. Por isso, antes de obter o seu próximo extrato do cartão de crédito e saber como controlar suas despesas do dia a dia continue a ler algumas das melhores dicas!

Existem muitas razões pelas quais gastamos demais. Pode ser porque não estamos cientes dos nossos verdadeiros hábitos de consumo. Talvez estejamos estimando nossas receitas, despesas, pagamentos de dívidas e gastos incorretamente.

Então, no final, o saldo da nossa conta bancária cai abaixo do que esperamos. Seja qual for o motivo, se você estiver pronto para assumir o controle de suas finanças, essas dicas ajudarão você a manter suas despesas sob controle.

8 maneiras de controlar suas despesas

1 – Entenda seus gatilhos de gastos

Em muitos casos, saber como parar de gastar dinheiro tem a ver com identificar os gatilhos emocionais e psicológicos que nos levam a gastar. Se você remover esses gatilhos, removerá a tentação e a oportunidade de gastar mais. Então, da próxima vez que você sair pela porta, tenha isso em mente

Dicas para controlar as despesas do dia a dia

2 – Hora do dia

Você acha que tem mais energia durante certos períodos do dia? Em caso afirmativo, compre durante os períodos em que tiver mais energia e se sentir menos estressado. Você vai fazer escolhas de gastos mais sábias e pensar de forma mais racional quando estiver relaxado e menos pressionado.

3 – Meio Ambiente

Existem certos ambientes que fazem você querer gastar, ou se sente obrigado a gastar só porque está lá. Feiras de artesanato, shoppings, shows, até mesmo quando você está de férias são exemplos excelentes de ocasiões em que é mais provável que você gaste impulsivamente. Portanto, elimine a tentação, evitando esses ambientes, ou levando apenas alguns trocados com você.

4 – Humor

Diferentes estados emocionais podem alterar nossos recursos energéticos, tornando-nos mais propensos a fazer compras por impulso. Por exemplo, se estamos chateados, estressados ​​ou ansiosos, podemos procurar alguma terapia de varejo para nos sentirmos melhor. Mas em vez de ir ao shopping ou ao seu site favorito de compras pela internet, vá a academia ou ao parque.

O exercício fará maravilhas para levantar o seu humor. Outros estados de espírito podem tingir suas compras com óculos cor-de-rosa, e tudo começa a parecer muito.

O importante é que você identifique os estados de ânimo que afetam seu comportamento de gastar e encontre maneiras de evitar compras durante situações que o levem a comprar por impulso.

5 – Faça um orçamento

Desenvolva um orçamento realista e atenha-se a ele. Revise seu orçamento periodicamente ou quando necessário. Há muitas maneiras fáceis de acompanhar existem diversos apps, planilha no Excel ou o bom e velho papel e caneta.

6 – Pare de comprar com base no impulso

Limite sua compra por impulso. Se encontrar algo que deseja comprar, não faça! Vá para casa e pense sobre isso. Se fizer isso, provavelmente não voltará à loja para fazer a compra. Pergunte a si mesmo se realmente precisa desse objeto e as chances são de que a resposta é que você provavelmente não precisará.

7 – Seja honesto com o seu orçamento ao longo do tempo

A parte complicada é que um orçamento pode variar de mês a mês, por isso você precisa monitorar as suas finanças.

Muitas pessoas depois de definir um orçamento percebem que gastam muito dinheiro em coisas pequenas. Esse conhecimento permite que hábitos possam ser reajustados, colocando dinheiro em áreas mais significativas.

8 – Não gaste o que você não tem

Essa é a regra essencial para você que deseja controlar suas despesas do dia a dia, só gaste o seu dinheiro se houver uma emergência, tirando isso gaste apenas o dinheiro que você possui em mãos, pode parecer bobagens mas é exatamente isso que vai fazer você ficar longe das dívidas.

Aprender a controlar suas despesas é difícil, mas possível

É preciso tempo e dedicação para controlar suas despesas e, para reformar seus hábitos de gastos, sabemos que controlar a vontade de passar o cartão não é uma tarefa fácil.

Isso acontece com todos nós, então não seja duro consigo mesmo, ninguém pode reformar completamente seus hábitos da noite para o dia.

Depois de saber como orçamentar e estabelecer alguns objetivos e salvaguardas, com o tempo, você se tornará um consumidor experiente e, saberá exatamente o que fazer para controlar suas despesas do dia a dia.

Agora que aprendeu a controlar as despesas do dia a dia, como começará a economizar? Comente!

CLIQUE AQUI para baixar o Ebook Gratuito “Como evitar os 7 Pecados dos Investidores”!

Equipe Eduardo Moreira.

Você também pode gostar

Deixe um comentário