Renda fixa: tudo sobre CDB, LCI e LCA

Renda fixa: tudo sobre CDB, LCI e LCA

Na busca por saber qual o melhor tipo de investimento de renda fixa, algumas pessoas esbarram sempre em três letrinhas que podem significar muita coisa: CDB, LCI e LCA.

Entender sobre cada uma dessas modalidades de investimento é também tentar viabilizar o melhor tipo de investimento e o que se encaixa com você, com a sua situação atual.

Isso é importante para que consiga escolher melhores rendimentos ou somente para uma segurança maior de retorno, ainda que seja um pouco abaixo do esperado.

Visando um melhor aproveitamento do seu dinheiro, é necessário que você pense e avalie cada investimento, afinal ele pode determinar qual vai ser a sua margem de ganho e, assim definir também como você vai aplicar melhor seu patrimônio, afinal é o seu dinheiro que está em jogo.

Portanto, confira os três tipos de investimento em renda fixa mais conhecidos e, de que forma eles funcionam, para que você possa escolher qual o melhor tipo de investimento para que então possa adquirir todos os benefícios dessa ação.

Melhores tipos de investimento de renda fixa?

Para escolher o melhor tipo de investimento você precisa conhecer a fundo cada modalidade, suas regras e rendimentos, além do risco que geram, afinal se diferem entre si e entre outros investimentos de renda variável.

Cada investimento de renda fixa traz consigo também uma possibilidade de retorno em termos de valores, mas principalmente é uma forma de ter uma modalidade segura, que envolve riscos pequenos.

De modo que se você somente busca algo além da poupança e, com rendimentos melhores, é uma opção interessante.

A partir dessas informações iniciais, vamos finalmente para os investimentos em renda fixa para que você conheça cada um deles e possa também avaliar qual o mais adequado para as suas condições e seus objetivos.

Renda fixa: tudo sobre CDB, LCI e LCA

CDB

O investimento em CDB (Certificado de Depósito Bancário) é uma das modalidades de investimentos mais conhecidas, e ela consiste em um empréstimo para o banco, que te devolve o dinheiro com juros.

Mesmo assim você não tem o seu dinheiro perdido, já que ele é protegido pelo certificado em si. Esse dinheiro emprestado ao banco é utilizado para operações do mesmo e, o certificado é o que garante a proteção desse dinheiro.

O retorno financeiro é tido a partir de um tempo e, em alguns casos você só pode resgatar depois de 2 anos, o que configura um tipo de investimento a longo prazo e com toda a segurança que você precisa.

LCI 

O investimento feito em LCI (Letra de Crédito Imobiliário) também segue a mesma lógica de segurança da CDB, e possui uma margem pré-estabelecida para os retornos, ou seja, o valor já é pré-fixado.

Existe também a possibilidade de se pensar no valor prefixado, em que o tipo de rendimento é variável e dependente de maneira direta do CDI (Certificado de Depósito Interbancário), vai girar em torno de 92% do valor do CDI, e não do investimento.

Isso significa que o valor a ser resgatado será somente conhecido no dia, já que essa é uma taxa variável, podendo estar maior ou menor na data do resgate.

No entanto, pode acontecer de ser um investimento que rende um pouco mais, a depender das taxas e do valor, além, é claro, do tempo o qual o dinheiro ficou investido, e isso já é importante de se levar em consideração.

Algumas pessoas esquecem desses pequenos detalhes e acabam achando que muito mais rentável, quando na verdade é necessário um pouco mais de estudo e até mesmo de estratégia para esse investimento.

Estima-se que o seu lucro gire em torno de 9,9% ao ano, o que gera um ganho maior para investimentos maiores que podem render em cima de seus valores e também conseguir retornar um valor acima do previsto.

LCA

O investimento em LCA (Letra de Crédito Agrário) segue a mesma lógica dos tipos de investimentos anteriores e geralmente acompanha a mesma linha de rendimentos da LCI, justamente por fazer parte de uma mesma linhagem de investimentos.

Sendo assim é somente uma forma e uma linha diferenciada de investimentos que é oferecido, na área de agronegócio, que possui uma taxa diferente, mas que opera da mesma forma que as regras da LCI,

Escolhendo o seu investimento

Para saber qual o melhor tipo de investimento, é preciso que você tenha um objetivo claramente estabelecido, que leve em conta se você quer um valor já certo, o investimento com valor pré-fixado, ou de acordo com o momento do resgate, o pós-fixado.

Em qualquer uma das modalidades os investimentos feitos estão muito bem seguros e, o risco é mínimo, tendo sua variação de rendimentos justamente pela modalidade escolhida e também pelo objetivo que você traçou.

Normalmente o melhor investimento é aquele que te atende em suas expectativas e também que lhe rende importantes ganhos a partir do seu planejamento financeiro.

Pesquise antes de optar por um desses investimentos e, escolha o que melhor de encaixa com o seu bolso.

Qual destas opções de investimentos de renda fixa mais se encaixa com suas características? Conte para nós nos comentários!

CLIQUE AQUI para conhecer o Sistema 3C da Construção de Riqueza!

Equipe Eduardo Moreira.

Você também pode gostar

Deixe um comentário