Cartão de crédito virtual: como funciona?

Cartão de crédito virtual: como funciona?

Você já ouviu falar em cartão de crédito virtual? Está sendo utilizado por mais e mais consumidores, principalmente quando se trata de segurança na internet.

Hoje, a grande maioria das pessoas realizam suas compras na internet e foi justamente para não apenas tornar essa compra mais segura, mas também oferecer maior praticidade que foi criado esse tipo de cartão.

Muitas pessoas acabam nem realizando compras na internet porque têm medo de clonagem, mas com essa modalidade de cartão, esse risco não acontece.

Então, se você também costuma utilizar a internet para fazer suas compras, aprenda agora tudo sobre cartão virtual, pois só serve para esse tipo de compra online.

O que é um cartão de crédito virtual

O cartão de crédito virtual é, como o próprio nome diz, um cartão de crédito para ser utilizado somente na internet.

Quando ele surgiu no Brasil, começou pelo Nubank, mas hoje, vários bancos já disponibilizam para os seus clientes essa modalidade de cartão.

E, diferentemente do cartão físico, ele possui uma validade bem pequena. E depois de vencido esse prazo de validade, o cartão fica desabilitado. Essa é uma segurança que os consumidores têm para evitar o roubo dos seus dados.

Cartão de crédito virtual x cartão de crédito físico

É claro que o cartão de crédito dito ‘convencional’ continua sendo o mais usado, mas esse cenário vem mudando, principalmente porque as pessoas estão cada vez mais usando a internet para fazer as suas compras.

E é exatamente aí que entra o cartão de crédito virtual, pois será gerado naquele momento para aquela determinada compra.

Além disso, você não vai precisar informar todos os dados do cartão, como número, data de validade, nome do titular e o código de segurança, como acontece com o cartão físico.

Nesse momento, pessoas de má fé agem para roubar os dados do cartão. Talvez o site não seja seguro ou você esteja usando uma rede wi-fi não confiável.

E uma das situações mais desagradáveis é quando você tem o seu cartão clonado, mas com o surgimento do cartão de crédito virtual, você vai correr muito menos risco.

Como funciona o cartão de crédito virtual

Na verdade, assim que o consumidor solicita o cartão de crédito virtual, é gerado um número temporário, que, na maioria das vezes, sua validade é de apenas 48 horas.

Passado esse prazo, ele não vale mais e caso você queira fazer uma outra compra na internet, deverá fazer uma nova solicitação.

Agora, para você solicitar um, é necessário que já tenha um cartão de crédito físico e apenas é emitido pelo app do banco ou internet banking. Só lembrando que o valor do limite é o mesmo do cartão físico.

Mas você não precisa estar com o seu cartão físico em mãos para fazer a solicitação. De repente, você deixou o seu cartão em casa e quer comprar alguma coisa na internet e assim, o cartão de crédito virtual pode ser um ótimo aliado.

Cada banco funciona de uma forma. Por isso, separamos aqui os principais:

– Itaú

O cliente pode solicitar o cartão pelo aplicativo ou por meio do internet banking. Geralmente, a validade expira em 48 horas ou após a compra ser efetivada.

Se você quiser, existe a possibilidade de parcelar as compras como também acumular pontos para o programa de fidelidade.

– Bradesco

A cada compra realizada, é gerado um novo número para o cartão de crédito virtual, o qual tem uma validade de apenas 48 horas.

Tudo o que você comprar vai diretamente para a fatura do cartão físico. Mas lembrando que é necessário já ter um cartão de crédito físico.

Cartão de crédito virtual

– Caixa Econômica

Ao solicitar um cartão de crédito virtual na Caixa Econômica, o cliente pode determinar qual será o limite da compra, mas essa opção também existe em outros bancos.

Então, assim que for solicitado, é gerado um número para ser usado.

– Banco do Brasil

Nesse caso, o cliente pode escolher tanto a data de validade quanto o número de transações a serem feitas.

Mas só que já possui o cartão OuroCard, pode solicitar a emissão do cartão de crédito virtual.

– Santander

O Santander disponibiliza para seus clientes essa modalidade e é um dos que aceitam o pagamento de assinaturas, como a Netflix e Spotify.

Esses são os principais bancos, mas se o seu não for alguns desses, procure se informar se também disponibiliza.

Benefícios do cartão de crédito virtual

Conheça os principais benefícios do cartão de crédito virtual:

  • Maior segurança, pois dificilmente é clonado;
  • Praticidade, porque você não precisa estar com seu cartão físico em mãos;
  • Sem cobrança de taxas para emissão e nem manutenção;
  • O cliente é quem determina a validade;
  • Menor risco de fraude, pois a cada compra é gerado um novo número;
  • Opção de realizar compras no exterior;
  • Acumular pontos nos programas de recompensas.

Se você percebeu, o grande diferencial do cartão de crédito virtual é a segurança porque você só vai usá-lo para aquela compra e depois é invalidado.

Mas é muito importante você ter em mente que se trata de um cartão de crédito, logo, as faturas devem ser pagas em dia e de preferência, você deve tomar cuidado para não extrapolar o seu orçamento.

Por falar em fatura, para ajudar você a identificar suas compras feitas com esse tipo de cartão, elas, em alguns bancos, vêm com o ícone @ e com os 4 últimos dígitos do cartão gerado.

Vale a pena ter um cartão de crédito virtual

Se você costuma usar com muita frequência a internet para realizar suas compras, vale a pena sim ter um cartão de crédito virtual, especialmente porque sua compra será muito mais segura.

Mas, se por um acaso, você ainda não tem um, é preciso tomar muito cuidado, como por exemplo, verificar se o site tem aquele cadeado e que seu dispositivo tenha um programa antivírus instalado.

Então, agora que você já sabe como é importante ter segurança em compras na internet, é só solicitar o seu cartão de crédito virtual e aproveitar todas as vantagens.

Você já tem um cartão de crédito virtual? Conte sua experiência para nós!

CLIQUE AQUI para conhecer o Programa Mente Rica!

Você também pode gostar

Deixe um comentário