Conta de luz muito alta: é possível pedir revisão?

Conta de luz muito alta: é possível pedir revisão?

Você está desconfiando de que a sua conta de luz muito alta pode ter algum tipo de erro que está resultando em uma conta alta no final de cada mês?

Descubra agora se é possível pedir revisão, como fazer isso e quais são as suas possibilidades diante desse problema comum. Afinal, faz sentido pagar apenas pelo que você realmente consome.

Conta de luz alta: o que fazer

A luz ou energia é algo que praticamente não dá para viver sem, todos os eletrônicos e até o seu bem-estar dependem disso.

Basta pensar, por exemplo, na geladeira, que é responsável por manter os alimentos frescos e ideais para o uso e depende da energia.

Entretanto, pode acontecer de a conta de luz ficar muito alta de repente, ou mesmo notar algumas variações ao longo dos meses do ano.

De qualquer forma, é preciso pensar em alguns fatores antes de dar mais um passo, sendo eles:

  • Acompanhe as variações de taxas e alíquotas referente a conta de luz;
  • Avalie se não existe um acúmulo de contas e possíveis taxas extras ou multas;
  • Observe se a sua conta apresenta algum tipo de taxa se serviço;
  • Acompanhe a numeração do seu medidor.

Vale ressaltar que também é possível que tenha ocorrido um erro na anotação da leitura da conta de luz.

Diante de qualquer dúvida ou mesmo a percepção de que algum desses pontos não estão corretos, é possível sim solicitar a revisão da conta de luz.

Observação: alguns meses do ano, como janeiro, costumam ser mais quentes e secos, o que aumenta o consumo de energia devido a uso de ares condicionado, ventiladores ou até mesmo freezeres.

Nesse caso, uma pequena variação pode ser normal que, provavelmente, terá baixa em meses mais úmidos ou frios.

Como pedir a revisão da conta de luz muito alta

Caso você tenha notado alguns erros em relação aos valores que estão sendo cobrados mensalmente no que se refere a conta de luz, é possível solicitar a revisão de forma simples.

Mais importante que isso, é preciso primeiramente avaliar a sua conta. Então, olhe quais são as taxas, período de cobrança e demais informações que estejam no papel.

O mesmo vale para cobranças ou códigos indevidos ou que você não sabe a que se refere.

Quando isso acontece, procure a empresa ou concessionária de energia para entender a que se refere aquela cobrança ou código, sempre anotando o protocolo do seu atendimento. Caso a situação não seja solucionada ou volte a acontecer.

E como pedir a revisão da conta de luz?

De forma geral, existem duas maneiras de fazer isso:

  • Você pode ir até a central mais próxima;
  • Ligar na central de atendimento.

Também existe a possibilidade de retirar dúvidas através das plataformas online, porém, o atendimento pode demorar um pouco mais e é possível que você seja direcionado para a central com um número de protocolo.

O importante é que você esteja com a conta em mãos e um documento, para o caso de ser preciso se identificar.

Como existem mais de uma empresa que fornece energia para o Brasil, é preciso ligar diretamente na central do fornecedor.

Frequentemente, a própria conta de luz conta com informações sobre a empresa, como telefone ou mesmo um endereço.

Ao fazer a ligação ou ir até a distribuidora, explique a alta do valor da última conta ou as cobranças indevidas que estão no documento.

Uma dica, é ter as contas dos meses anteriores em mãos e anotar o número do medidor no momento em que recebeu a conta, caso seja possível.

Conta de luz muito alta

Conta de luz muito alta e taxas de serviço: porque o crescimento?

De acordo com os números atuais das redes de distribuição e de pesquisas, os brasileiros têm pago uma conta de luz maior a cada ano. Em um crescimento que chega a 35% do valor da conta.

Isso acontece porque o cálculo da conta de energia é feito em cima de um imposto percentual de 18%. Em outras palavras, o consumidor paga a Tarifa de Energia Consumida, ou TE, somada a outras tarifas, como a Uso dos Sistemas Elétricos de Distribuição (TUSD) e a de Uso dos Sistemas Elétricos de Transmissão (TUST).

Na prática, essa é uma das maneiras que o governo consegue arrecadar um valor mais alto nos impostos. Devido a esse aumento indevido e as constantes reclamações e consumidores que questionaram essas tarifas, a questão já está no Supremo Tribunal de Justiça.

Como resultado, essa ICMS, que é a base de cálculo, vem sendo excluída das contas. Caso queira saber se está pagando essa taxa indevida, basta olhar no detalhamento da sua conta de luz.

Na área denominada “Energia/Consumo” você consegue identificar as tarifas, essas siglas faladas acima. Além de outras taxas e encargos.

Ao fazer isso, se perceber que a cobrança não está como deveria, é possível solicitar a restituição do que foi pago.

Observações sobre cobrança

É possível entrar em contato diretamente com a empresa para entender melhor a cobrança, consultar um contador ou até fazer a conta de forma gratuita em diversos sites e blogs.

Vale ressaltar que se for comprovado que você está pagando a ICMS sobre as taxas de TUST e TUSD, a empresa é obrigada a devolver aquilo que você pagou nos últimos cinco anos, mais a taxa associada a SELIC, que seriam os juros.

Por isso, depois de comprovar esse erro, o melhor a se fazer é contratar um advogado. Dessa maneira, o profissional vai solicitar as três últimas contas, vai revisar o caso e informar o melhor caminho.

O ressarcimento também é válido para inquilinos. Sendo necessário apresentar o contrato de locação e uma assinatura de procuração.

Depois de conhecer mais sobre a conta de luz alta, saber o que fazer para pedir a revisão e até quais as taxas indevidas que podem estar sendo cobradas, fique de olho na sua conta. Nunca pague nenhuma conta antes de entender e avaliar o que está sendo cobrado.

Sua conta de luz está vindo com valor alterado? Comente sobre seus maiores problemas neste sentido.

CLIQUE AQUI para conhecer o Sistema 3C da Construção de Riqueza!

Você também pode gostar

Deixe um comentário