4 de fevereiro de 2022

O que é liquidez corrente e qual a importância desse indicador para os investimentos

O que é liquidez corrente e qual a importância desse indicador para os investimentos

Um dos passos a serem tomados ao buscar novos investimentos nas bolsas de valores são as análises fundamentalistas das corporações.

Nesse tipo de análise, o investidor focará seu olhar nas características financeiras da empresa, como perspectiva de crescimento, liquidez corrente e fluxo de caixa. Com esses dados, o investidor seleciona as empresas de acordo com suas perspectivas de ganhos futuros.

Dentre todos os pontos de avaliação, decidimos produzir um conteúdo com informações sobre um dos mais importantes pontos, a liquidez corrente. Continue a leitura para entender a importância desse indicador nos seus investimentos.

O que é liquidez corrente?

A liquidez corrente é um indicador que mede a capacidade de uma empresa em pagar todas as suas dívidas a curto prazo.

Para entendê-la, é necessário realizar a soma dos ativos circulantes (como pagamentos de clientes em aberto, estoques e caixa) dividida pela soma das dívidas de curto prazo (como impostos, fornecedores e financiamentos).

Ou seja, a liquidez corrente será:

LC = ativo circulante / passivo circulante

Isso significa que uma empresa que possui um ativo circulante de R$ 200 milhões e o  passivo circulante de R$ 50 milhões terá uma liquidez corrente de 200/50 = 4.

Já o resultado dos cálculos podem indicar diferentes cenários:

  • Se o resultado for maior que 1: empresa tem capacidade de quitar suas dívidas no curto prazo;
  • Se o resultado for igual a 1: existe um ponto de equilíbrio em que ela possui apenas o valor necessário para honrar suas obrigações;
  • Se o resultado for menor que 1: a empresa pode não ter dinheiro para quitar todas as suas dívidas no curto prazo.

Apesar de acima de 1 ser um valor positivo, o economista Benjamin Graham determinou no livro “O Investidor Inteligente” que o valor ideal deve ser de, pelo menos, 1,5 ou 2.

Leia também: Mercado de ações para iniciantes

Outros tipos de liquidez

Além da liquidez corrente, existem outros três tipos de liquidez que também são relevantes em uma decisão relacionada com investimentos. São elas:

Liquidez seca: parecido com o indicador de liquidez líquida, mas não inclui o estoque como ativo por ser considerado uma renda incerta. A fórmula é: LS = (ativo circulante – estoque) / passivo circulante;

Liquidez imediata: tipo de liquidez mais conservadora, leva em conta apenas o patrimônio disponível e o passivo circulante. A fórmula é: LI = disponível / passivo circulante;

Liquidez geral: amplia o horizonte das obrigações e considera valores de médio e longo prazo ao saldo. A fórmula é: LG = (Ativo circulante + Realizável de médio e longo prazo) / (Passivo circulante + Exigível em médio e longo prazo).

Quais fatores considerar ao analisar a liquidez corrente de uma empresa?

Comércio varejista

Vale saber que a liquidez no comércio varejista é menor que nos setores com sazonalidade. Essa baixa liquidez pode indicar que a empresa tem uma alta eficiência operacional.

Ciclo operacional

Quando uma empresa tem influência da sazonalidade, o ciclo operacional impacta na liquidez. Ou seja, o indicador pode mudar de acordo com o ciclo.

Diferentes ativos

Como a liquidez corrente é um indicador amplo, ela leva em conta alguns ativos menos realizáveis. Sendo assim, nos ativos circulantes existem alguns que não são transformados em caixa de forma fácil no curto prazo.

Leia também: Como investir na Bolsa? O que você precisa saber

Siga aprendendo sobre investimentos

Lembre-se que não existe investimento ideal ou momento certo para investir: existe investimento feito com responsabilidade. Ao fazer boas escolhas você pode fazer esse dinheiro trabalhar para você.

Se você quer aprender mais sobre investimentos, assista essa aula gratuita em que o Eduardo Moreira ensina como construir, aumentar e preservar patrimônio em qualquer cenário econômico.

Equipe Edu Moreira

🔴 Curta também as redes sociais! 📷Instagram / 👍Facebook / 🎥 YouTube

Eduardo Moreira
Eduardo Moreira

Eleito um dos três melhores economistas do Brasil pela Revista Investidor Institucional, Eduardo Moreira foi apontado pela Universidade da Califórnia como o melhor aluno do Curso de Economia nos últimos 15 anos. Autor de diversos best-sellers, Eduardo foi o primeiro brasileiro a ser condecorado pela rainha Elizabeth II no Castelo de Windsor, em junho de 2012.

Saiba Mais
Você também pode gostar
BDR: o que é? Qual a alíquota do IR? Como investir?
+
BDR: o que é? Qual a alíquota do IR? Como investir? Você tem vontade de investir em grandes empresas do exterior, como Netflix, Microsoft, Disney e Amazon? Se a resposta é sim, chegou a hora de você conhecer os ...
28 de dezembro de 2021
Guia do IPO: tudo que você precisa saber sobre o assunto!
+
Guia do IPO: tudo que você precisa saber sobre o assunto! No dia 9 de dezembro de 2021, o Nubank fez história na Bolsa de Valores com um dos maiores IPOs da história em número de investidores – e o maior do Brasil em ...
11 de janeiro de 2022
Fundos de investimento ativo ou passivo: como escolher onde investir?
+
Fundos de investimento ativo ou passivo: como escolher onde investir? Os fundos de investimento ativo ou passivo possuem características próprias muito importantes que devem ser consideradas, como a praticidade. É impossível negar ...
23 de fevereiro de 2022