27 de agosto de 2018

Tesouro Direto: 3 passos simples para investir

Tesouro Direto: 3 passos simples para investir

O Tesouro Direto é um Programa do Tesouro Nacional desenvolvido em parceria com a BM&F Bovespa para venda de títulos públicos federais para pessoas físicas, por meio da internet. Ele surgiu em 2012 com o objetivo de democratizar o acesso aos títulos públicos, ao permitir aplicações com apenas R$ 30.

Mas o que são títulos públicos?

Os títulos públicos são ativos de renda fixa, ou seja, seu rendimento pode ser dimensionado no momento do investimento. Ao contrário dos ativos de renda variável, como as ações, cujo retorno não pode ser estimado no instante da aplicação.

Ao comprar um título público, você empresta dinheiro para o governo brasileiro em troca do direito de receber no futuro uma remuneração por este empréstimo. Ou seja, você receberá o que emprestou mais os juros sobre esse capital.

Dessa maneira, com o Tesouro Direto, você não somente se beneficia de uma alternativa de aplicação financeira segura e rentável, como também ajuda o país a promover seus investimentos em saúde, educação, infraestrutura, entre outros, indispensáveis ao desenvolvimento do Brasil.

Leia mais: Como investir seu dinheiro? Confira 7 dicas para iniciantes

tesouro direto

Os 3 grupos do Tesouro Direto:

1) Tesouro Selic

Você ganha conforme a variação da Taxa Selic. Ou seja, se no período que você investiu a Selic estiver em 5% ao ano o seu rendimento anual será próximo deste número (considere os descontos de Imposto de Renda e outras taxas).

Indicado para quem?

Para quem precisa de liquidez, pensa em usar o dinheiro investido nos próximos meses e quer algo que renda mais que a poupança.

2) Tesouro Prefixado

Você sabe exatamente qual será a rentabilidade no momento do resgate.

Indicado para quem?

Para quem quer segurança e rentabilidade garantida, há títulos de médio e longo prazo (acima de três anos).

3) Tesouro IPCA

Você ganha conforme a variação da inflação mais uma taxa prefixada.

Indicado para quem?

Para quem quer garantir o poder de compra e não quer perder dinheiro para a inflação no longo prazo.

Leia mais sobre o assunto em 5 perguntas para fazer antes de investir no Tesouro Direto

Requisitos para investir em Tesouro Direto

Para investir no Tesouro Direto você vai precisar de:

  • CPF ativo
  • Conta Corrente em uma instituição financeira ou corretora.

Como se cadastrar para investir em Tesouro Direto

Com o CPF e uma conta corrente ativa, escolha uma instituição financeira, que pode ser um banco ou uma corretora para intermediar suas transações com o Tesouro Direto.

Entre em contato com a instituição financeira escolhida e solicite seu cadastro. Você deverá fornecer a documentação necessária para que essa instituição abra uma conta em seu nome para operar com o Tesouro Direto.

A partir disso, você receberá uma senha provisória da BM&FBovespa para o primeiro acesso à área restrita do Tesouro Direto. Nessa área são realizadas as operações de compra e venda, assim como consultas de saldos e extratos.

Troque a senha provisória por uma nova que deverá conter entre 8 e 16 dígitos, composta por letras, números e caracteres especiais.

Passo a passo para investir no Tesouro Direto

Com o cadastro realizado, será possível investir através de três canais:

  1. Site do Tesouro Direto: dentro da área restrita é possível realizar compra e venda de títulos, agendamento de investimentos etc;
  2. Site da Instituição Financeira: muitos bancos e corretoras integraram seus sites ao do Tesouro Direto, o que significa que você pode realizar as mesmas atividades através de um ou de outro site;
  3. Instituição Financeira: você autoriza a sua instituição a negociar títulos públicos em seu nome (informe-se para saber se a sua instituição possui essa funcionalidade).

Antes de investir no Tesouro Direto, você pode fazer simulações no site para encontrar o investimento ideal para os seus objetivos. Ao investir em um título público, você tem a opção de definir o valor da aplicação ou a quantidade de títulos que deseja. O próprio sistema ajusta o valor ou a quantidade de forma que seja respeitado o fracionamento dos títulos.

Tipos de Investimento

tesouro direto

Investimento Tradicional

O investimento tradicional refere-se às operações de compras e vendas que podem ser realizadas a qualquer momento do dia, dentro do período de funcionamento do programa do Tesouro Direto. O valor da compra poderá ser ajustado pela quantidade de títulos desejada ou pelo montante total a ser investido.

A operação de venda é realizada da mesma maneira. Com a recompra diária, você poderá vender seus títulos todos os dias para o Tesouro Nacional, inclusive antes do vencimento do título.

Investimento Programado

O investimento programado contempla o agendamento de compras e vendas, a reaplicação automática dos juros semestrais (cupons) e do valor a ser resgatado nas datas de vencimento dos títulos. Representa, assim, mais uma conveniência para você planejar suas finanças.

No caso de novas compras, você pode agendar a compra de um título ou de uma composição de títulos durante o período que determinar. A programação será feita sempre pelo valor financeiro.

No agendamento das vendas é possível programar antecipadamente o dia de venda de seus títulos, para qualquer data, pela quantidade de títulos. As transações serão realizadas sob os preços e taxas vigentes no dia previsto para liquidação das operações programadas.

Nesta modalidade você pode direcionar o dinheiro recebido no vencimento de um título ou proveniente de cupom de juros automaticamente para uma nova aplicação. Basta que indique sua opção de compra de um novo título.

Além disso, poderá optar por reinvestir tudo ou somente parte dos recursos recebidos.

Até um dia antes da data agendada para a realização da operação, todos os agendamentos feitos poderão ser consultados, cancelados ou alterados.

Caso um determinado título envolvido na programação deixe de ser ofertado, você será avisado por correio eletrônico e poderá refazer seu agendamento     . Caso não altere seu agendamento, será cancelado.

Horário de funcionamento do Tesouro Direto

O site do Tesouro Direto fica disponível para você realizar consultas 24 horas por dia, 7 dias por semana.

O investidor pode realizar as aplicações e os resgates nos dias úteis, em horário comercial, das 9h30 às 18h, com os preços e taxas operados no momento da transação.

Das 18h às 5h, nos finais de semana ou feriado, os preços e taxas exibidos no site do Tesouro Direto são apenas para referência. É possível realizar investimentos e resgates, mas serão considerados os preços e taxas de abertura do mercado do próximo dia útil.

Nos dias úteis, das 5h às 9h30, o sistema fica em manutenção.

 

Se você quer aprender mais sobre investimentos, assista essa aula gratuita em que o Eduardo Moreira ensina como construir, aumentar e preservar patrimônio em qualquer cenário econômico.

 

Equipe Edu Moreira

🔴 Curta também as redes sociais! 📷Instagram / 👍Facebook / 🎥 YouTube

Eduardo Moreira
Eduardo Moreira

Eleito um dos três melhores economistas do Brasil pela Revista Investidor Institucional, Eduardo Moreira foi apontado pela Universidade da Califórnia como o melhor aluno do Curso de Economia nos últimos 15 anos. Autor de diversos best-sellers, Eduardo foi o primeiro brasileiro a ser condecorado pela rainha Elizabeth II no Castelo de Windsor, em junho de 2012.

Saiba Mais
Deixe um comentário
Você também pode gostar
A maior mentira contada pelo “mercado” sobre governos progressistas
+
A maior mentira contada pelo “mercado” sobre governos progressistas Assista a live completa no YouTube. Equipe Edu Moreira
30 de abril de 2021
PARA BOLSONARO, CUMPRIR A LEI É UMA HUMILHAÇÃO
+
PARA BOLSONARO, CUMPRIR A LEI É UMA HUMILHAÇÃO Gisele Cittadino, professora de Direito associada da PUC-Rio, fala sobre o comportamento autoritário do presidente Bolsonaro, que fortalece uma mentalidade de não ...
9 de julho de 2021
10 tipos de investimentos em Renda Fixa
+
10 tipos de investimentos em Renda Fixa O investimento em Renda Fixa tem muitas vantagens, principalmente para quem tem um perfil mais conservador. Quando você opta pelo investimento em Renda Fixa você ...
1 de abril de 2021