Tesouro Direto ou Poupança: vantagens de desvantagens

Tesouro Direto ou Poupança: vantagens de desvantagens

Qual é o melhor lugar para investir: Tesouro Direto ou poupançaEssa dúvida é muito frequente, especialmente para os iniciantes do mercado financeiro. Mas já podemos adiantar que ambos investimentos são seguros, com riscos quase nulos.

Entretanto, existem algumas diferenças que precisam ser levadas em conta, principalmente quanto à rentabilidade. Importante também saber qual é o seu objetivo com o investimento, além é claro, entender o seu perfil.

Mas não se preocupe: nesse artigo, vamos te explicar cada uma dessas modalidades, assim como suas vantagens e desvantagens. E depois poderá avaliar qual é a que se encaixa melhor no seu perfil.

Em primeiro lugar, vale a pena saber em detalhes como funciona cada um dos investimentos e depois, você escolhe se vai optar pelo tesouro direto ou poupança. Saiba que as duas modalidades são investimentos para conservadores, isto é, com poucos riscos e bem seguros.

Como funciona a poupança

A caderneta de poupança é o investimento mais antigo que existe no país, só que hoje a sua rentabilidade é muito baixa. Na verdade, serve apenas para poupar dinheiro. Mas se a sua ideia é fazer seu dinheiro render, existem outros investimentos tão seguros quanto e que rendem muito mais.

Só para que entenda como é feito o cálculo do rendimento da poupança:

  • Se o valor da taxa Selic, que é a taxa básica de juros, estiver superior a 8,5% ao ano, o retorno da poupança será de 0,5% ao mês, acrescentado da Taxa Referencial, a qual normalmente está em torno de zero.
  • E no caso da Taxa Selic estar abaixo ou igual a 8,5% ao ano, o rendimento da poupança fica em torno de 0,5%.

Se analisar bem, o rendimento é muito baixo, inclusive tem meses que fica abaixo da inflação. Será que vale a pena deixar seu dinheiro na poupança, mesmo sendo seguro?

O que é o Tesouro Direto

Tesouro Direto são títulos emitidos pelo Governo Federal e disponibilizados para as pessoas. Tanto que a partir de R$30, já é possível investir. Na verdade, é como uma pessoa estivesse emprestando dinheiro para o governo e em um prazo estipulado, ela o recebe de volta com juros. E como você está lidando com o governo, é mais seguro quanto a poupança.

Conheça os títulos disponíveis:

Prefixado:

Quando você compra o título, já sabe qual será seu rendimento e quanto vai receber.

Tesouro IPCA+:

Nesse caso, o cálculo é feito com base na inflação.

Tesouro Selic:

O rendimento vai variar conforme a taxa Selic. Mas independentemente de qual escolha, com certeza, o retorno é bem maior do que a poupança, inclusive podendo ser até o dobro.

Tesouro direto ou poupança: vantagens e desvantagens

Vamos separar por tópicos e vai ser melhor para você visualizar se vai optar pelo tesouro direto ou poupança:

Liquidez

Na poupança, existe uma data de aniversário, logo, se você retirar antes, não vai ter nenhum rendimento. Já no Tesouro Direto, mesmo o título tendo um prazo, os juros são incorporados todos os dias.

Valor da aplicação

Na caderneta de poupança, você pode aplicar o valor que desejar, mas no tesouro direto, o valor mínimo para aplicação é de R$30.

Tesouro Direto ou Poupança: vantagens de desvantagens

Cobrança de imposto

O diferencial da poupança para o tesouro direto, é que você não precisa descontar o Imposto de Renda, nem IOF. Mas no Tesouro Direto, há a cobrança do imposto, mas só lembrando que, quanto maior for o período de aplicação, menor será o imposto cobrado.

E também, caso precise resgatar antes de 30 dias, é cobrado IOF. Mas depois desse período, essa taxa fica isenta. Por se tratar de um título, algumas corretoras cobram uma taxa de custódia, que está em torno de 0,25% ao ano.

Entretanto, especialistas da área afirmam que mesmo havendo a cobrança dessas taxas, no final das contas, o tesouro direto ainda oferece um melhor rendimento do que a poupança.

Garantias

A poupança tem a garantia do FGC – Fundo Garantidor de Crédito -, isto é, investimentos até R$250 mil estão cobertos, caso aconteça algum problema com a instituição financeira.

Apesar do tesouro direto não ter a proteção do FGC, tenha em mente que você está comprando títulos do governo, logo, o seu risco de você não receber seu dinheiro de volta praticamente não existe.

Qual escolher: poupança ou Tesouro Direto?

Agora que já conhece as características de cada um dos tipos de investimento, qual deles se adequa mais ao seu perfil? Estes são apenas alguns tipos, existem muitos outros, cuja rentabilidade é bem maior. O que importa é você encontrar uma maneira de fazer o seu dinheiro render.

Uma dica é acessar o site de bancos ou corretoras e conhecer o seu perfil de investidor. Assim, vai ficar muito mais fácil a sua escolha, inclusive vai te dar a oportunidade de conhecer outros tipos de investimentos. É bem possível surgirem dúvidas, principalmente se você for um iniciante. Por isso, pesquise e procure se informar.

Com este artigo você consegue escolher qual dos investimentos é o melhor para seu perfil? Comente!

CLIQUE AQUI para conhecer o Programa Mente Rica!

Você também pode gostar

Deixe um comentário