Como o Excel pode ajudar no controle das finanças

Como o Excel pode ajudar no controle das finanças

Você sabia que o Excel pode ajudar no controle das finanças? Isso é possível de uma forma bem prática e rápida. Um dos maiores problemas dos brasileiros é a sua vida financeira, muitas vezes totalmente descontrolada e cheia de dívidas.

Se esse é o seu caso, é essencial reverter essa situação, principalmente se você projetar o que está acontecendo hoje para alguns anos pra frente. Já imaginou carregar dívidas por muitos e muitos anos? Por isso, vamos explicar como colocar suas contas em dia, qual é a melhor ferramenta e muito mais.

Como o Excel pode ajudar no controle das finanças

O Excel é uma planilha no computador, utilizada para várias finalidades e funciona muito bem para o controle das finanças. Por que é importante o planejamento financeiro? Para ter uma noção de todas as suas despesas, saber onde está gastando e fazer com que sobre algum dinheiro no final do mês.

A partir do momento que você se planeja, consegue visualizar o que está acontecendo e traçar estratégias para colocar suas finanças em ordem. Existem diversos aplicativos para organizar os gastos, mas o Excel é bem prático, pois basta você ter instalado o programa no seu computador para começar a se organizar.

O que é uma planilha Excel

O Excel é um programa de computador que disponibiliza planilhas, que são compostas por colunas e linhas, onde você vai inserir todas as suas receitas e despesas e assim, organizar sua vida financeira. A princípio, pode até parecer um pouco complicado, mas com a prática, tudo fica bem fácil.

Dessa forma, você ganha tempo, porque o próprio programa faz os cálculos. Agora, para a planilha ser eficaz, você não pode se esquecer de lançar todos os dados e se possível, atualizar todos os dias ou sempre que fizer uma nova compra.

Como funciona uma planilha

A planilha é composta por colunas e linhas, onde nas colunas, você vai inserir todas as suas despesas, e nas linhas o valor de cada uma delas. O ideal para quem é iniciante, começar colocando os dias da semana.

Por exemplo: gastos com estacionamento – você colocaria na planilha todos os gastos com estacionamento nos dias da semana, e no final, vai saber quanto gastou no total naquela determinada semana.

E à medida que você for se familiarizando, pode montar a sua planilha mês a mês. Agora, se você achar muito difícil,  existem outros tipos de planilhas para o controle das finanças, bem simples e fáceis de usar. Basta pesquisar.

Como o excel pode ajudar no controle das finanças

O que colocar na planilha

É importante saber que as planilhas já vêm prontas e a única coisa que você vai precisar é baixar no seu computador. Por onde começar?

  • Escreva todos os meses do ano nas colunas e pule a primeira;
  • Na primeira coluna, registre todas as suas despesas mensais (uma embaixo da outra). Por exemplo, aluguel, luz, supermercado, etc.;
  • Coloque o valor equivalente a cada mês;
  • Na última linha, coloque o total. No Excel, basta clicar no “FX” e selecionar a opção “SOMA”.

A partir disso, você consegue visualizar aonde está gastando mais e assim, começar a tomar medidas para reduzir seus custos, especialmente se as suas despesas extrapolam o seu orçamento.

Quando se soma as despesas dos meses, vai poder comparar um com o outro e ver o que gastou além do previsto. E claro, comparar com a sua renda mensal. Mas para o controle das finanças realmente ser eficaz com a planilha, não se esquece de lançar todos os seus gastos.

Como reduzir os custos

Com a planilha em mãos, você já viu onde pode estar gastando além da conta. Este é o momento de tentar reduzir suas despesas. Veja algumas dicas:

  • Reveja suas contas domésticas fixas
  • Avalie as suas dívidas e tente quitar todas elas
  • Use o cartão de crédito e cheque especial somente quando for realmente necessário

Em relação às contas domésticas, por exemplo, se tem um pacote de TV por assinatura, faça uma pesquisa e troque por um mais barato ou troque de operadora.

Na questão das dívidas, procure os seus credores e tente renegociar a dívida ou pense na possibilidade de contratar um empréstimo pessoal com juros mais baixos. O cartão de crédito e o cheque especial são os grandes vilões do endividamento. Por isso, só use em casos de emergência e que você sabe que terá dinheiro para pagar.

Trace metas

É muito importante traçar metas a curto, médio e longo prazo. A planilha de controle de finanças vai ajudar muito. Por que? Porque você vai saber qual é a sua situação atual e quanto sobra de dinheiro. Quando você estabelece metas, não vai medir esforços para as alcançar.

Faça as contas: se quiser trocar de carro daqui a 4 meses. Quanto deve economizar todos os meses para trocar o carro? Por mais que exija um pouco de esforço e comprometimento, no final, quando olhar pra trás vai perceber que tudo valeu a pena. E, provavelmente, vai pensar: por que não fiz isso antes?

É possível também inserir essas previsões na planilha e basta acompanhar se atingiu ou não determinada meta. E caso não tenha atingido, reveja novamente os seus gastos. Basta ter um pouco de disciplina e abrir sempre.

O que vale é que é uma ferramenta muito eficaz, que permite colocar suas contas em ordem e auxiliar a pensar em estratégias de forma que sobre dinheiro no final do mês. Se você não tem ideia para onde está indo o seu dinheiro, como vai poder fazer alguma previsão para o futuro? Pense nisso!

Comente abaixo se você já tentou organizar uma planilha de gastos. Deu certo?

CLIQUE AQUI para conhecer o Sistema 3C da Construção de Riqueza!

Equipe Eduardo Moreira.

Você também pode gostar

Deixe um comentário