7 dicas para construir um orçamento inteligente

7 dicas para construir um orçamento inteligente

E se eu lhe disser que a chave para alcançar seus objetivos financeiros e viver o estilo de vida dos seus sonhos é construir um orçamento inteligente?!

Se você ainda não criou um orçamento, comece com o básico: quanto você gasta com contas todo o mês? Quanto você gostaria de investir? Quanto você gostaria de economizar e gastar?

Depois de dividir seu dinheiro nessas categorias básicas, você terá uma boa base para começar a construir um orçamento inteligente.

7 dicas para construir um orçamento inteligente

Abaixo está um passo a passo para ajudar você a construir um orçamento, a fim de lhe orientar a usar o seu dinheiro de forma inteligente.

1. Use ferramentas para tornar o orçamento mais fácil

Naturalmente, você ainda pode gerenciar suas finanças manualmente ou usar uma planilha em seu computador, se preferir, mas se quiser torná-la o mais fácil e preciso possível, use a tecnologia para fazer o trabalho por você.

2. Crie um relatório de receitas e despesas

Primeiro, descubra o quanto de dinheiro você recebe por mês. Lembre-se de incluir outras fontes de renda, como uma confusão lateral e renda de aluguel nesse total.

Em seguida, comece a deduzir suas despesas fixas, como aluguel, parcelas de carro etc. Algumas dessas despesas podem ser variáveis.

Certifique-se de levar em consideração esses tipos de considerações. Embora sua conta de supermercado não seja a mesma todos os meses, é possível estimar um valor aproximado com a média dos meses anteriores.

Depois de ter coberto as necessidades, você pode se perguntar onde o resto do seu dinheiro está indo. Descobrir quais outras despesas você precisou como o pagamento de uma dívida, comer fora, compras, serviço de internet, etc.

Suas despesas já devem ser organizadas em categorias, mas caso contrário você precisará verificar suas faturas de cartão de crédito, sua conta bancária a fim de verificar se atingiu todas as suas categorias.

3. Descubra o custo de suas metas

Essa é a parte divertida: imagine o estilo de vida dos seus sonhos. Talvez você queira sair todas as sextas à noite ou se aposentar quando tiver 60 anos (ou menos). Talvez você queira pagar seus empréstimos estudantis ou comprar uma casa.

7 dicas para construir um orçamento inteligente

4. Priorize suas despesas e objetivos

Em seguida, coloque suas prioridades em ordem, literalmente. Anote-as em ordem, dá mais para a menos importante, para ter uma ideia de onde você quer que seu dinheiro vá.

Você pode não ter suas prioridades logo na primeira vez, e tudo bem. É um desafio escolher uma opção em detrimento da outra e, se a primeira lista não funcionar bem, você sempre poderá reformulá-la.

Apenas certifique-se de não colocar suas prioridades acima das de sua família ou de tentar impor a austeridade total. Trabalhe para encontrar um equilíbrio entre os gastos “divertidos” e os “responsáveis”.

5. Compare suas prioridades e objetivos com seus hábitos de gastos

Compare sua linha de sonho e sua lista de prioridades ao seu relatório de despesas. Eles combinam bem ou existem grandes discrepâncias?

Se você vir alguma área em que seus gastos estão fora do seu orçamento de acordo com seus objetivos, agora é a hora de corrigi-lo, delineando um novo orçamento que direciona mais de sua renda para suas principais prioridades.

Quando seu comportamento não reflete seus objetivos e ideais, isso cria estresse. Os psicólogos chamam isso de dissonância cognitiva e isso pode arruinar sua felicidade.

Se você vive com um orçamento projetado por outra pessoa, ficará insatisfeito, mas se alinhar seus gastos e economizar com seus próprios objetivos, viverá sua vida ideal (pelo menos financeiramente).

6. Automatize seu orçamento

Automatizar o processo orçamentário ajuda você a se concentrar em suas prioridades, enviando o dinheiro para onde ele precisa ir antes que você tenha a chance de explodi-lo em um impulso.

Automatizar seus pagamentos não é uma solução perfeita, mas pode ajudar a economizar tempo e esforço no gerenciamento do seu orçamento.

7. Dê ao seu orçamento uma revisão crítica

Verifique o seu plano para gastar e economizar. Isso faz sentido? Você cobriu todas as suas bases?

E se você seguir todos esses passos e descobrir que não há dinheiro suficiente para cobrir todas as suas prioridades e metas? Você tem duas opções neste momento: ganhar mais ou gastar menos.

Enquanto a frugalidade pode ajudá-lo a aproveitar ao máximo o dinheiro que você já tem, o maior potencial está em aumentar sua renda.

Fique de olho no seu plano como seus objetivos e mudança de vida. Ganhando um aumento, perdendo um emprego, se casando, tendo filhos, começando um negócio – cada uma dessas mudanças de vida requer que você revise e recalcule seu orçamento para permanecer no caminho certo para atingir suas metas e viver sua vida.

Usar um orçamento pode não ser uma tática nova ou sofisticada, mas é inteligente. Tente olhar para o seu como uma ferramenta para ajudá-lo a projetar a vida que você quer, e veja se isso ajuda “estar em um orçamento” se sentir um pouco mais atraente.

Como você usa um orçamento para ajudá-lo a atingir suas metas financeiras?

CLIQUE AQUI para conhecer o Sistema 3C da Construção de Riqueza!

Você também pode gostar

Deixe um comentário