Comprar ou alugar carro: o que vale mais a pena?

Comprar ou alugar carro: o que vale mais a pena?

Essa é uma das principais dúvidas de quem quer um carro novo: vale a pena comprar ou alugar carroAs pessoas estão fazendo as contas, colocando tudo no papel, a fim de ver realmente o que compensa mais. E você, está também com essa dúvida?

O resultado vai depender muito de pessoa para pessoa, as necessidades, para que usa o carro e muito mais. Veja os prós e contras de cada um e, no final, avalie e escolha o que é melhor para o seu caso.

Comprar ou alugar carro: o que vale mais a pena

Em primeiro lugar, para saber o que é mais vantajoso para você, se é comprar ou alugar carro, é fundamental entender qual é a utilidade do carro, com que frequência você usa, para que usa, entre outras coisas. Abaixo listaremos quais são todos os custos envolvidos na hipótese de você ter seu próprio carro e comparar com o aluguel.

Existem muitos fatores a serem avaliados com a compra de um carro, que precisam ser levados em conta:

  • IPVA;
  • Seguro;
  • Gasto com combustível (qual a quilometragem usada);
  • Custo com estacionamento;
  • Despesas com manutenções periódicas;
  • Troca de pneus;
  • Valor de financiamento, no caso não estar quitado.

Você também pode incluir na lista acima, possíveis multas, além da própria depreciação do valor do carro. Então, com base nos fatores acima, faça um cálculo de qual seria o seu gasto anual.

Compensa alugar um carro vs. aplicativos

Vamos focar aqui mais especificamente não com o aluguel em si, mas com o uso de aplicativos. E, nesse caso, a conta que você teria que fazer é quanto gastaria por mês usando os aplicativos e depois, o cálculo anual. Apenas para te ajudar:

  • Faça uma estimativa de quanto gasta diariamente para ir e voltar do trabalho;
  • Gastos eventuais, como a ida a um supermercado, a um shopping, etc.

O ideal é sempre colocar um pouco para mais esses valores.

Comprar ou alugar carro: o que vale mais a pena?

Como funciona o aluguel em locadoras?

Existem inúmeras locadoras que disponibilizam vários modelos de carros, mas o que mais se deve levar em conta é o quesito quilometragem, que pode ser:

  • Quilometragem livre: é pago um valor fixo por dia, independentemente da quilometragem.
  • Quilometragem controlada: apesar da diária ser menor, vai ter que pagar por cada quilômetro rodado que ultrapassar o limite contratado.

É importante saber quais são as tarifas cobradas e colocar tudo no papel. Vale lembrar que algumas locadoras estão disponibilizando o aluguel de carro a longo prazo, onde a mensalidade inclui licenciamento, IPVA, revisões e seguro, não havendo gastos com manutenção.

Esse tipo de aluguel é chamado de leasing operacional. E se você gosta de ter sempre um carro novo, a cada dois anos pode fazer a troca.

A melhor opção deve ser a que combina mais com o consumidor

Na verdade, como já foi dito, depende muito de cada situação e das necessidades de cada pessoa. Ter o seu próprio carro é sinônimo de maior conforto porque está ali sempre disponível quando precisar usar. Por outro lado, você tem que considerar o estresse diário no trânsito, por conta dos engarrafamentos, principalmente nas grandes cidades.

Mas tudo é uma questão de prioridade de cada pessoa e família. Um ponto que merece ser lembrado é quanto ao uso do carro. Se você é uma pessoa que deixa seu carro parado na garagem e só o utiliza aos finais de semana, vai continuar com os gastos fixos. Talvez não fosse vantajoso comprar um carro e, sim, alugar ou usar aplicativos.

Você precisa analisar com muita calma todos os pontos citados acima e o que vai determinar se é mais vantajoso ou não é a frequência da utilização do carro.

Como escolher entre comprar ou alugar carro

Vamos só lembrar algumas perguntas que você se deve fazer para ajudar na sua escolha:

  • Com que frequência você usa o carro?
  • Quantos quilômetros roda por dia?
  • Seu carro fica na garagem e você só usa nos fins de semana?
  • Viaja muito?
  • Tem filhos pequenos?
  • Os custos com o carro pesam muito no seu orçamento?

São perguntas que você se deve fazer no momento de decidir se vale a pena comprar ou alugar carro. Mais uma vez: cada família tem um estilo de vida diferente e as suas próprias necessidades. E essa escolha vai variar bastante.

O que vemos no cenário atual são mais pessoas vendendo seus carros e utilizando aplicativos ou outros meios de transporte, como metrô, ônibus e bicicleta. Mas isso depende das necessidades de cada um, além é claro do seu orçamento.

Por isso, é muito importante você fazer um planejamento financeiro e registrar todas as suas despesas. Será que custo com o carro está ou não pesando no seu orçamento? Não estamos querendo dizer, de forma alguma, que você deva vender o seu carro ou não comprar um, mas sim colocar tudo no papel e chegar à conclusão do que é mais vantajoso para você.

O que você deve fazer é primeiramente organizar as suas finanças e para depois poder tomar a decisão de comprar ou alugar carro.

E aí, já fez sua escolha? Comente abaixo sua preferência!

CLIQUE AQUI para conhecer o Programa Mente Rica!

Equipe Eduardo Moreira.

Você também pode gostar

Deixe um comentário