Teve seu cartão clonado? Veja como proceder

Teve seu cartão clonado? Veja como proceder

Se você já não teve seu cartão clonado, provavelmente conhece alguém que já teve. Algumas pessoas só se dão conta do acontecido quando chega a fatura, pois aparecem várias compras que não foram feitas.

Existem diversos mecanismos que reduzem esse transtorno, um deles é o sistema para receber notificação no seu celular a cada compra efetuada.

O que você precisa saber é que o problema está no sistema da operadora ou do banco. Por isso, você tem o seu direito garantido de ser reembolsado. Veja odo o passo a passo como deve proceder se o seu cartão de crédito ter sido clonado.

Como um cartão pode ser clonado

Apesar dos bancos e administradoras usarem de modernas tecnologias, é muito frequente um consumidor ter seu cartão clonado. É preciso estar muito atento nas compras online, só comprar de sites seguros e ter um antivírus instalado no seu computador ou celular.

Além disso, preste atenção nos caixas eletrônicos ou quando usar a máquina de cartão. Algumas pessoas agem de má fé e colocam equipamentos nesses dispositivos para clonar o cartão.

O problema é que vivemos sempre correndo e algumas vezes, não prestamos atenção a alguns detalhes, só quando chega a fatura. Veja agora o que você deve fazer se o seu cartão tiver sido clonado.

O que fazer se tiver o cartão clonado

Na maior parte dos casos, você resolve com seu próprio banco. E se, por um acaso, tiver ocorrido algum saque que não reconhece ou até já tiver pago a fatura, o seu dinheiro é devolvido em até 5 dias.

No caso do cartão de crédito, geralmente, eles abatem o valor na sua próxima fatura. Vamos te passar todo um passo a passo para que você resolva o mais rápido possível esse transtorno:

1. Entrar em contato com o banco ou a administradora do cartão

Caso desconfie que teve seu cartão clonado, entre imediatamente em contato com o banco ou a administradora do cartão. Nesse caso, eles acessam a sua fatura e você informa qual sua última compra realizada (por isso, não se esqueça de guardar os comprovantes).

Se for verificado alguma suspeita, o banco vai bloquear o seu cartão e solicitar um novo. Normalmente, isso leva cerca de 7 a 10 dias úteis.

Teve seu cartão clonado? Veja como proceder

2. Preste atenção na sua fatura

Quando chegar a sua fatura, verifique com muita atenção a todas as compras, assim como se houve algum saque que você não reconhece.

Também entre imediatamente em contato com o banco e informe que não reconhece algumas compras. O cartão será bloqueado e emitido outro.

3. Fazer um Boletim de Ocorrência

Na maioria das vezes, o consumidor consegue resolver diretamente com o banco ou a administradora do cartão, mas em alguns casos, não.

Vale a pena registrar um Boletim de Ocorrência, onde você vai relatar tudo o que aconteceu, inclusive as datas e os valores das transações.

Dicas para você se proteger de ter seu cartão clonado

Separamos aqui algumas dicas para você ficar bem atento ao usar o seu cartão:

  • Não passar nenhum dado do seu cartão para desconhecidos;
  • Não aceitar ajuda de estranhos em caixas eletrônicos;
  • Não entregar seu cartão para ser passado sem você estar vendo;
  • Nas compras online, verificar se o site é seguro (ou ter o cadeado ou https);
  • Ter um bom antivírus instalado no seu computador ou celular;
  • Verifique constantemente a sua fatura.

Acontece que, às vezes, você pode estar usando o seu cartão e mesmo que insira a senha correta e saiba que tem saldo, aparece uma mensagem, por exemplo, de transação não autorizada.

Se isso ocorrer, pode ser que seu cartão tenha sido clonado. Entre em contato imediatamente com o seu banco. Lembrando sempre de anotar o número do protocolo. Mesmo apesar de avançadas tecnologias, os consumidores ainda não estão 100% a salvo de ter seu cartão clonado.

Segundo o Código de Defesa do Consumidor, o cliente tem a garantia de ter o reembolso do valor de todas as transações financeiras, no caso de fraude com o cartão.

Saiba que é a operadora do cartão ou o banco que são os responsáveis por qualquer dano ao consumidor, pois a clonagem é considerada uma falha no sistema deles. Mas se seguir as nossas dicas, com certeza, vai poder evitar muitos transtornos e dor de cabeça.

Você já teve o cartão clonado? Conte para nós!

CLIQUE AQUI para conhecer o Sistema 3C da Construção de Riqueza!

Equipe Eduardo Moreira

Você também pode gostar

Deixe um comentário