5 riscos de fazer um empréstimo consignado

5 riscos de fazer um empréstimo consignado

Existem muitos riscos associados ao empréstimo consignado, tanto para o banco quanto para aqueles que recebem os empréstimos. Uma análise detalhada do risco em empréstimos consignados exige entender o que significa risco.

Risco é um conceito que denota a probabilidade de certos resultados ou a incerteza deles, especialmente uma ameaça negativa existente para tentar alcançar um objetivo monetário atual.

Bem sabemos que o empréstimo consignado é uma ótima maneira para quitar as dívidas, principalmente as que possuem altas taxas de juros.

Para quem já está no crédito especial porque não consegue pagar por completo o cartão de crédito, o empréstimo consignado pode até ser uma solução, o problema são os riscos deste empréstimo.

Essa prática não deve ser feita por impulso e de forma recorrente, o controle orçamentário e o planejamento devem ser realizados de modo a evitar o endividamento.

Há muitas razões pelas quais, uma pessoa pode considerar fazer um empréstimo consignado. Às vezes, um empréstimo é uma necessidade, por exemplo, se você destruir seu carro e precisar comprar um novo.

Outras vezes, empréstimos consignados são obtidos para despesas “frívolas”, como um telefone ou uma roupa. Seja qual for o seu motivo para considerar a contratação de um empréstimo consignado, existem vários riscos que você deve considerar antes de assumir a dívida.

É sensato pensar não apenas taticamente, para garantir que você obtenha os melhores termos disponíveis, mas também estrategicamente para garantir que o empréstimo em questão seja um uso sensato de seus privilégios de empréstimo obtidos com dificuldade.

Tenha sempre em mente que o foco não deve ser a resolução do problema, mas sim o que ocasionou o problema evitando que o mesmo se repita.

5 riscos do empréstimo consignado

#1 Cair em golpes

Pode acreditar, mas todos os dias são milhares de pessoas caindo em golpes de empréstimo consignado. Desconfie de golpe se pedirem o pagamento antecipado de alguma taxa, em momento algum ao solicitar um crédito aceite intermediação de pessoas que dizem garantir a efetividade do seu empréstimo.

Outra dica importante é nunca assinar nada sem que antes você tenha lido e sanado todas as dúvidas do contrato. Se ainda pedirem a senha do cartão de crédito, do banco entre outros dados pessoais, sempre desconfie, pesquise muito bem antes sobre a instituição onde vai pedir o empréstimo.

#2 Assinar o contrato

Nunca assine um contrato sem ler e, sem entender todas as linhas descritas no mesmo. Antes de assinar um contrato faça uma busca rápida na internet, procure saber como anda a reputação da empresa financeira. Primeiramente, confira sites como, Reclame Aqui, e o Procon.

#3 Comprometer a renda

Isso é essencial e um grande risco, não coloque a sua renda em comprometimento, pois desse modo estaria perdendo a sua capacidade financeira de manter as coisas sob controle.

O máximo que você deve comprometer sua renda ao solicitar um empréstimo consignado é 30%, se o percentual ultrapassar está correndo um grande risco de se arruinar financeiramente.

5 riscos de fazer um empréstimo consignado

#4 Perder de um bem

Se você garantir seu empréstimo com um ativo, você corre o risco de perder esse ativo se o empréstimo for ruim. Quando você tiver 90 dias de atraso, o banco normalmente enviará uma carta padrão exigindo o reembolso imediato do empréstimo.

Se você não puder pagar, o banco iniciará o processo de execução. Este é um processo legal em que o banco toma posse do ativo, normalmente imobiliário.

Em seguida, venderá o ativo em um leilão e usará o dinheiro para recuperar sua perda. Você acaba perdendo sua casa, carro, conta ou qualquer outra garantia que se comprometeu a garantir o empréstimo.

#5 Flexibilidade financeira reduzida

Contratar um empréstimo consignado é um compromisso importante que pode comprometer sua capacidade de cumprir outras obrigações que você tem. Talvez até mesmo sua capacidade de fazer face às despesas.

Um empréstimo consignado, se não for pago de volta por seus termos, pode se tornar um pesadelo financeiro: o credor pode cobrar juros e taxas de inadimplência.

Recomendamos que você crie uma planilha para comparar todos os custos e benefícios do empréstimo consignado com o uso dos fundos. Também sugerimos que você faça uma lista de verificação de quantos fatores qualitativos estão envolvidos na decisão de pedir um empréstimo.

Com este processo disciplinado, você terá mais conforto na decisão de assumir os compromissos financeiros. Poderá até decidir que não vale a pena, ou se é melhor esperar por uma oportunidade superior.

Portanto, avalie a sua real necessidade. Jamais opte por um crédito consignado se a sua necessidade for comprar uma TV ou um videogame, por exemplo. O ideal é nunca precisar, mas caso seja necessário, utilize apenas em casos emergenciais, ou para fugir de taxas de juros exorbitantes.

Você já pegou algum empréstimo consignado? Em qual banco? Comente abaixo sua experiência.

CLIQUE AQUI para conhecer o Programa Mente Rica!

Equipe Eduardo Moreira.

Você também pode gostar

Deixe um comentário