É seguro pegar empréstimo em uma fintech?

É seguro pegar empréstimo em uma fintech?

Em tempos onde é muito difícil ter dinheiro guardado, algumas estratégias costumam ser mais comuns que outras, e isso inclui qualquer coisa, somente para que a conta possa ser fechada e as despesas do mês garantidas.

Nesse sentido, os empréstimos são as opções de última instância, onde se recorre quando não se pode dar conta justamente de outros dispositivos que possam fornecer esse dinheiro de maneira rápida e simples.

As modalidades mais tradicionais de empréstimos costumam ser as mais procuradas, que são os bancos privados ou públicos, geralmente, garantindo também, outras facilidades para pagamentos e outros pontos a serem observados.

No entanto, algumas pessoas têm recorrido às fintechs como modalidades de empréstimo, mesmo que não se saiba muito sobre esse tipo de credores, e muito menos como funciona todo o percurso para o empréstimo.

Assim, vamos trazer todas as informações que você precisa saber sobre fintechs, o que são e como funciona toda a questão envolvendo os empréstimos. Além de poder também oferecer informações sobre a segurança dessa tomada de decisão.

O que são fintechs

Fintechs são facilidades, geralmente criadas a partir de startups que visam oferecer os mesmos serviços que bancos físicos. Na modalidade digital, com maior conforto e também com taxas geralmente menores que o cobrado.

Isso, obviamente, atrai muitas pessoas, afinal, ninguém gosta de ter que enfrentar filas de banco. Ter que passar horas e horas para ter acesso a um tipo de empréstimo onde as taxas costumam ser absurdamente altas.

De uma maneira geral é um serviço oferecido por empresas já consolidadas no mercado, muitas delas são recomendadas para este fim. Essas facilidades se estendem para todos os tipos de serviços.

Quem possui conta digital ou cartão de crédito de startups sabe do que se trata um empréstimo em uma fintech. Geralmente são eles, os que mais recomendam esse tipo de serviço para outras pessoas.

Outros aplicativos também podem dar esse panorama, como por exemplo, aqueles que servem somente para organizar a vida financeira, sendo uma ferramenta muito interessante para essa finalidade.

É seguro pegar empréstimo em uma fintech?

Como funciona o empréstimo em uma fintechs

Os empréstimos gerados pelas startups, ou seja, pelas fintechs, são promovidos de duas maneiras diferentes. Elas vão de acordo com as condições, valores e também com outros pontos específicos.

Quem possui conta digital em um desses bancos, pode ter acesso a esses tipos de empréstimos com o dinheiro já na conta, para que possa, somente, transferir para a sua conta para saque.

Em outras fintechs existe a modalidade P2P (Peer to Peer), onde um investidor com o capital solicitado, empresta o dinheiro à empresa, que repassa o montante para quem solicitou.

Quando há o pagamento, o movimento é inverso. A pessoa paga, com juros e correção, à empresa, que repassa o dinheiro ao investidor. Dessa forma, o movimento é recriado dando outras possibilidades para os envolvidos.

Assim todos ganham, quem precisa de dinheiro, quem emprestou o dinheiro e finalmente, quem mediou essa relação. De maneira que todos possam se beneficiar com esse tipo de troca de necessidades e pagamentos envolvidos.

É seguro pegar empréstimo em uma fintech?

Conforme já foi dito, empréstimos em fintechs podem ser e de fato se apresentam como uma solução prática e que atende principalmente a todos os tipos de necessidades, tendo em vista, principalmente, outros pontos dentro do planejado financeiramente.

Existem algumas fintechs que são muito mais estabelecidas no mercado que outras, o que dá uma maior segurança para que se consiga antes de tudo. Uma tranquilidade para que você possa ter acesso a esse tipo de empréstimo.

Na mesma linha, existem algumas que não são tão recomendadas, por não serem referências no mercado, e portanto, não possuírem os requisitos para que se tenha algum tipo de facilidade ou certeza de retornos positivos.

Isso significa que muitas pessoas, por conta da necessidade, acabam tomando algumas atitudes que não são tão indicadas, aderindo a qualquer tipo de contrato. Então, acabam se envolvendo em outras dívidas que colocam em risco as condições de cada mês.

Tendo em vista esse movimento como algo cada vez mais comum. É preciso estar atento a empresas que podem de fato ajudar, e também aquelas que podem por ventura frustrar todos os seus planos.

As fintechs são recentes, e estão ganhando forças no Brasil, principalmente pelas altas taxas de juros envolvendo qualquer tipo de operação financeira, o que acaba atraindo possíveis investidores.

Nesse sentido, essas empresas acabam trabalhando com taxas de juros menores para que possam atrair seus clientes e portanto dar conta das necessidades de todos. De modo a garantir um lugar no mercado.

Mesmo assim, algumas somente se utilizam de novidades para promover as mesmas taxas. Com uma boa pesquisa é possível fugir desses casos tão absurdos e garantir a renda necessária para o fim do mês.

Você tem contato com fintechs? Já pensou em pegar empréstimo em uma fintech?

CLIQUE AQUI para conhecer o Sistema 3C da Construção de Riqueza!

Equipe Eduardo Moreira

Você também pode gostar

Deixe um comentário