Você sabe como escolher Fundos de Investimentos?

Você sabe como escolher Fundos de Investimentos?

Você sabe como escolher Fundos de Investimentos? A verdadeira Independência Financeira não é ter dinheiro suficiente para não precisar trabalhar nunca mais. 

A verdadeira independência financeira é na verdade não depender de ninguém para dizer o que é certo a se fazer com o seu dinheiro. 

E para que você aprenda a aplicar seu dinheiro de forma correta, aqui vamos falar sobre como escolher um bom Fundo de Investimento. 

Normalmente, a maioria das pessoas fazem a análise sobre como escolher fundos de investimentos baseada em dois parâmetros:

  • 1º – Qual foi o Fundo que mais rendeu no último ano? 

Porque é nesse que eu vou querer investir. 

  • 2º – Qual Fundo tem a menor taxa de administração?
    Esse é o bom. 

Mas tome cuidado. 

Analise para fazer a escolha acertada

Avaliar apenas os critérios acima não necessariamente é a melhor maneira de escolher um Fundo de Investimento. 

Isso porque um Fundo de Investimento nada mais é do que um grupo de pessoas que investe seu dinheiro juntos. 

E quem toma as decisões de onde investir esse dinheiro é Gestor do Fundo. Ou seja, a inteligência que existe por trás do Fundo. 

Existem vários tipos de Fundos de Investimento, como por exemplo, os Fundos de Renda Fixa, Fundos de Ações e os Fundos Multimercado (que investem em mercados diferentes). E conhecer cada um ajuda no processo de como escolher fundos de investimentos.

Esses Fundos fazem apostas no que eles acham que vão dar certo. 

Normalmente quando você investe em um Fundo só porque ele foi o que mais rendeu ao longo dos últimos meses, a aposta que ele tinha que acertar, ele já acertou 

Isso não quer dizer que ele vai continuar acertando no futuro.  

Isso significa que os Fundos da moda não costumam ser os melhores Fundos para as pessoas continuarem investindo. 

Dica 1 – Como escolher Fundos de Investimentos

Existe um estudo que mostra o seguinte: 

Se você selecionar os 10 melhores Fundos dos últimos 12 meses para investir agora e comparar daqui há mais 12 meses com os 10 melhores fundos desse período, muito provavelmente você vai se espantar. 

Ou seja, é uma péssima ideia investir nos 10 melhores Fundos de um período que já passou. 

Justamente porque as boas ideias que eles tiveram já passaram e agora é hora de descobrir novas ideias. E novas ideias não são descobertas todos os dias. 

Então fique atento para não entrar em um Fundo só porque é o Fundo da moda. 

E esse Fundo da moda é o Fundo que mais o seu consultor de investimento do banco vai querer te vender. 

Simplesmente porque é fácil te convencer com o argumento de “investe nesse Fundo porque ele é o que mais rendeu nos últimos 12 meses”.

E você fica com a ideia de que se ele rendeu nos últimos 12 meses, vai continuar rendendo nos próximos meses também.  

Mas não é assim que funciona. A frase número 1 no Mercado Financeiro é:

Performance passada não garante performance futura. 

Essa é uma primeira dica para você nunca se esquecer. 

Dica 2 – Como escolher Fundos de Investimentos

E a segunda dica é:

Passe a enxergar a Taxa de Administração como um salário que você paga para uma pessoa administrar seu dinheiro. 

Quando alguém escolhe um Fundo só porque ele tem a taxa de administração mais baixa, é como se estivesse escolhendo um profissional simplesmente porque é o que recebe o salário mais baixo. 

Só que pense o seguinte: 

Se você tivesse que escolher uma pessoa para administrar o dinheiro que você ganhou durante toda a sua vida. E você tivesse dois candidatos para isso: 

Warren Buffet primeira opção para ser administrador e orientar em como escolher fundos de investimentos.

De um lado Warren Buffet, o maior investidor de todos os tempos e com mais de 60 anos de experiência no Mercado de Finanças. 

Buffet é um dos investidores que mais conseguiu retorno dos seus investimentos ao longo de toda a sua carreira. 

E para cuidar das suas Finanças, Warren Buffet diz que vai cobrar 3% ao ano. 

Mas você ainda tem a outra opção…

Estagiário segunda opção para ser administrador e orientar em como escolher fundos de investimentos.

Um estagiário de Economia que está começando a aprender sobre o Mercado de Finanças e que se ofereceu para tomar conta do seu dinheiro de graça. 

E ele não vai cobrar nada por isso porque quer aprender com a experiência. 

E aí, qual dos dois você gostaria de contar para cuidar das suas finanças? 

Será mesmo que é melhor escolher o estagiário de economia só porque ele não cobra taxa de administração? 

E deixar de escolher o Warren Buffet por conta da taxa de 3% ao ano? 

Você mesmo pode responder essa pergunta. 

Obviamente essa é uma situação extrema. Mas tudo isso é para que você entenda que não é só uma taxa de administração baixa que torna um Fundo bom.  

O ideal é que você encontre um Fundo que tenha uma taxa de administração justa para qualidade do gestor que esse Fundo tem. 

E para fazer isso, você pode começar a analisar como esse Gestor vem se comportando nas crises, nos bons e nos maus momentos. 

Essa combinação de um bom Gestor com uma taxa de administração justa é o que vai garantir que você invista em um bom Fundo.

Mas como dito no começo, o único caminho para alcançar a independência financeira é não depender de ninguém para investir seu dinheiro. 

E para que você continue aprendendo, o próximo passo é você assistir a aula Gratuita Os 50 Minutos que Vão Mudar sua Vida Financeira! 

Nesta aula que gravei você terá oportunidade para mergulhar mais Fundo no Universo das Finanças e aprender praticamente tudo o que você precisa para começar a investir. 

CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR

Qualquer dúvida, fique à vontade para nos mandar um e-mail no contato@edumoreira.com.br

Forte abraço, 

Equipe Eduardo Moreira 

Você também pode gostar

Deixe um comentário