Os 3 Pilares para Construção de Riqueza Vitalícia 

Os 3 Pilares para Construção de Riqueza Vitalícia 

Se você quer construir riqueza de verdade, uma riqueza vitalícia, a primeira coisa que você precisa ter em mente é que não existe fórmula mágica para ficar rico. 

Existem sim alguns conceitos fundamentais que você precisa aprender que costumo chamar de pilares. E a principal característica de um pilar é que ele tem que ser forte. Tem que aguentar com muita solidez e segurança o que está apoiado em cima dele. 

O que você vai aprender aqui é exatamente isso: fundamentos sólidos e fortes. E se você seguir esses ensinamentos você terá uma grande chance de construir patrimônio na sua vida. 

A riqueza está disponível

Se você se encaixa em uma das opções abaixo…  

  • Dificuldade de guardar dinheiro consistentemente e investir 
  • Nunca ganhou dinheiro com investimentos
  • Quer construir patrimônio e alcançar a independência financeira
  • Tem dificuldade de entender como funciona o mercado financeiro 
  • Quer aprender estratégias práticas e seguras para investir no mercado 

Este conteúdo com certeza é para você!

Colocar em prática os 3 pilares é segredo para a construção da riqueza vitalícia.

Aqui você vai aprender os princípios básicos para a construção de riqueza vitalicia que você pode alcançar investindo seu dinheiro de maneira inteligente e responsável. 

Isso sem precisar da ajuda do seu banco ou corretora. Além disso, você não precisa gastar uma fortuna e nem correr riscos para ter um bom resultado. 

Porém, antes de mergulhar no assunto, é importante saber porque a grande maioria dos brasileiros não consegue acumular riqueza

Por que poucas pessoas alcançam a riqueza vitalícia?

Abaixo estão os principais motivos: 

  • Acúmulo e má gestão de dívidas
  • Só tem uma fonte de renda
  • Não entende e não sabe administrar riscos 
  • Têm pressa em ganhar dinheiro e cai em armadilhas 
  • Não investe em inteligência financeira
  • Compra de produtos bancários ruins 

Mas essas situações só acontecem com quem não tem acesso ao conhecimento necessário para saber investir. E a partir de hoje você não faz mais parte desse grupo

A partir de agora você vai aprender quais são os 3 pilares essenciais para construção da riqueza vitalicia. 

Pilares da riqueza vitalícia  

 

  • 1º Pilar – Mindset 

 

Mindset significa a forma de pensar. Ou seja, você precisa pensar como um investidor profissional do mundo das Finanças. 

Muitas vezes pensamos de maneira despretensiosa sobre os nossos investimentos. E infelizmente, as instituições financeiras aproveitam disso para manipular a forma como agimos. 

Em economia comportamental se fala muito sobre Conformidade. Essa palavra significa a mudança no comportamento de uma pessoa por causa de uma pressão real ou imaginária de um grupo maior. 

Essa atitude também é conhecida por efeito manada. 

No geral, a conformidade e o efeito manada significam que estamos habituados a agir de tal forma não porque queremos e escolhemos, mas simplesmente porque todo mundo age daquele jeito. 

Só que muitas vezes seguir o efeito manada não é a melhor opção. Mas agimos em conformidade porque somos bem vistos na hora e nos tornamos aceitos pelo grupo.

E é exatamente por isso que geralmente as pessoas tomam más escolhas, inclusive no mundo dos investimentos. Afinal, elas se tornam fácil de persuadir. 

Mas a partir de hoje, por meio do conhecimento que você vai adquirir aqui, você já vai dar o primeiro passo para transformar seu mindset para nunca mais cair nas armadilhas dos bancos.   

 

  • 2º Pilar – Conhecimento 

 

O maior trunfo que você tem é ser uma folha em branco. Ou seja, não saber nada, ou quase nada sobre Finanças é uma grande vantagem, justamente porque você vai aprender da maneira correta. 

Começando pelo significado da palavra dinheiro

Conhecimento é o segundo pilar da construção de riqueza vitalícia.

Dinheiro é simplesmente um meio de troca. 

A princípio, uma nota de dinheiro é um pedaço de papel sujo e escrito. Não serve para nada. Só serve como um meio de troca. 

O dinheiro surgiu no passado quando as pessoas trocavam coisas diferentes. Uma pessoa tinha algo interessante para oferecer, mas nem sempre o outro tinha algo interessante para trocar. 

Assim, foi criado um meio comum que servisse para todo mundo. 

O primeiro item de troca comum foi o gado. “Cabeça de gado” vem do latim “capita”, que originou a palavra capital

O segundo item de troca foi o sal, que originou a palavra salário

Depois do sal, vieram os metais preciosos e hoje, no século XXI, chegamos nas moedas virtuais. 

Todos esses exemplos são para mostrar que o dinheiro em si não tem muito valor. Na verdade o dinheiro só tem valor quando é trocado. 

Vamos avançar um pouco mais…

Você sabe o que de fato é o banco?

Quando você investe dinheiro em um banco, você acha que o seu dinheiro vai ficar guardado naquele banco, não é verdade?

Mas se você for ao banco e aplicar em um Investimento de Renda Fixa DI, por exemplo, o seu dinheiro não estará mais no banco porque o Fundo na verdade é uma outra empresa. 

E o arriscado são os Títulos que têm dentro do seu Fundo. Ou seja, não adianta colocar seu dinheiro em um banco conhecido, que apresenta solidez, se o seu Fundo for ruim. Você vai correr um risco enorme. 

A verdade é que existem poucos motivos para você deixar seu dinheiro aplicado nos grandes bancos. Você precisa investir seu dinheiro! Mas para você fazer isso é preciso ter segurança. 

O que você precisa saber é que bancos e investimentos são coisas diferentes. 

Você não investe seu dinheiro no Bradesco, Itaú ou Santander. Como já falamos aqui, quando você investe seu dinheiro num fundo por exemplo, seu dinheiro não está mais no banco, o seu dinheiro está investido no Fundo que está nesses bancos. 

E quando você coloca seu dinheiro em um Fundo, você sabe no que esse Fundo investe? 

A verdade é que só existem dois tipos de investimento:

– Ações

Imagine que você esteja abrindo uma padaria. Para construí-la você tem R$ 100 mil, mas é preciso R$ 200 mil. 

Para dividir esse gasto, você chama um amigo para entrar como sócio da padaria, investindo os mesmos R$ 100 mil que você vai investir. Ele se torna dono de 50% e você dos outro 50% do negócio. 

Se você entende isso, você acaba de entender tudo sobre o Mercado de Ações

Justamente porque ser dono de uma Ação significa ser dono de uma parte do negócio. 

É importante saber isso porque antes de comprar a Ação, você precisa fazer algumas perguntas que um sócio faria antes de entrar num negócio. 

Por exemplo:

  • Deu lucro nos últimos anos?
  • Quem são os diretores?
  • Como é o fluxo de caixa?
  • Quem são os concorrentes?

E várias outras que você pode fazer para ter certeza se esse é um bom negócio para você. 

Vamos agora para o outro tipo de investimento que existe: 

– Título de Dívida 

Supondo que ao invés de chamar um sócio para abrir a padaria, você decide pedir dinheiro emprestado. 

Ao pegar dinheiro emprestado você tem:

  • Um valor
  • Taxa de juros
  • Data de vencimento 
  • Alguém que emprestou o dinheiro

Se você entendeu isso, tudo o que existe para ser entendido do Mercado de Renda Fixa você já sabe. 

Todo Título que você compra é um dinheiro que você emprestou para alguém. 

Um CDB (Certificado de Depósito Bancário) por exemplo, é um dinheiro que você empresta para o banco. 

Nunca esqueça: Para saber investir com inteligência, o essencial, é primeiro saber fazer as perguntas certas. 

 

  • 3º Pilar: Ação

 

A palavra FAZER é essencial para que você consiga ter resultados reais na sua vida. 

Se você sair daqui e não colocar em prática o que você aprendeu, nada disso valeu a pena. 

 

Coloque os 3 passos e prática para alcançar a riqueza vitalícia.

Muitas pessoas acham que vão ficar ricas da noite para o dia. Mas esquecem que riqueza é a consequência de trabalho e poupança

E poupança não significa aplicar na Caderneta de Poupança, mas sim guardar o seu dinheiro. 

Por exemplo, uma tarifa mensal de banco custa em média R$ 70. Se você aplicar esse valor a uma taxa de 10% ao ano, no final de um ano, isso dá R$ 877. 

Em 30 anos, esse valor se transforma em R$ 144 mil. 

Se você acha que não tem como parar de pagar ou pelo menos reduzir essa tarifa está enganado. Atualmente alguns desses bancos mais novos não cobram tarifas mensais. Além disso, também existe a possibilidade de negociar o valor da tarifa que você paga no seu banco para um pacote mais barato. 

Um outro exemplo: se você tem R$ 100 mil reais parados na Conta Corrente, isso significa que você deixa de ganhar R$ 10 mil ao ano, considerando o mesmo cenário de juros de 10% ao ano. 

Após 30 anos deixando esse dinheiro parado na Conta Corrente, você deixou de ganhar R$ 1.7 milhão! 

É interessante e triste saber que 99% da população brasileira nunca vai ter R$ 1.7 milhão simplesmente porque não tem acesso a educação financeira. Essas pessoas podem até ter os R$ 100 mil e poderiam transformar esses “mil” em “milhão” se soubesse o que fazer com esse dinheiro. 

Só para recapitular o que você leu até aqui… 

Existem três pilares que são fundamentais para a Construção da Riqueza Vitalícia: 

  • Mindset correto
  • Conhecimento 
  • Ação

Se você tiver esses três pilares você praticamente tem a chave para abrir a porta do sucesso no mundo dos Investimentos. 

Mas se você quiser multiplicar suas chances de se dar bem no Mercado das Finanças…

Continue investindo em conhecimento. 

Esses três pilares que você descobriu hoje fazem parte de uma pequena porcentagem de tudo o que você ainda pode (e vai) aprender sobre finanças. 

Afinal, existe muito mais para ser descoberto… 

Por isso convido você para participar da Aula Online Os 50 Minutos que Vão Mudar a sua Vida Financeira, que vai acontecer no dia 20/Out (domingo), às 20h.

Quero Participar da Aula Online >>

Nela você vai aprender:

  • Porque o Mundo dos Investimentos é como um show de Mágica
  • Como nunca mais depender das dicas do gerente de banco
  • O verdadeiro significado do dinheiro
  • O que são e como lucrar com Fundos de Investimento e Tesouro Direto
  • E muito, muito mais. 

Para participar, basta reservar agora sua vaga no link abaixo:

Quero Participar da Aula Online >>

As vagas são limitadas. 

Não se esqueça: 20/Out, às 20h, temos um Encontro Online marcado! 

Te esperamos por lá! 

Abraços,

Equipe Eduardo Moreira

Você também pode gostar

Deixe um comentário