Renda fixa: o guia definitivo para aprender

Renda fixa: o guia definitivo para aprender

Os investimentos em renda fixa são aqueles que o investidor já sabe qual será a rentabilidade no momento da contratação.

Mesmo que pareça simples, é preciso conhecer quais os tipos de investimentos disponíveis nessa modalidade, avaliar cada um deles e depois decidir qual se encaixa mais no seu perfil.

Tenha em mente que aquele velho hábito de deixar o dinheiro embaixo do colchão ficou para trás. Hoje, você deve pensar em como fazer seu dinheiro render.

E tudo isso você vai aprender aqui! Preparamos um Guia Definitivo sobre renda fixa especialmente para você!

O que é renda fixa

A renda fixa, diferentemente da renda variável, é todo aquele investimento que você já sabe, ou pelo menos já prevê, qual será o retorno, logo no momento da contratação.

Se você ainda acha que a poupança é o único investimento seguro, é fundamental conhecer outros tipos e que na verdade, rendem muito mais do que a caderneta de poupança.

Todos nós sabemos que a poupança rende praticamente nada e você precisa fazer seu dinheiro render mais. Por isso, não deixe de dar uma olhada abaixo em outros tipos de investimentos, tão seguros quanto a poupança.

Como funciona os investimentos de renda fixa

renda fixa funciona como se você emprestasse dinheiro para um banco ou para o governo e depois recebe de volta esse dinheiro acrescido de juros.

Talvez você possa estar se perguntando: mas por que essas instituições precisam do meu dinheiro? Para ter mais recursos para desenvolver projetos, emprestar o dinheiro para outras pessoas e continuarem funcionando.

Na verdade, são títulos que você compra e o grande diferencial dessa modalidade é que existem vários tipos de títulos. E, com certeza, você vai encontrar um que mais se adeque ao seu perfil.

Quais os investimentos em renda fixa

Nós vamos falar aqui dos investimentos em renda fixa mais procurados e mais conhecidos no mercado:

1. Tesouro Direto

São títulos do governo e recebe esse nome porque é o Tesouro Nacional que faz a sua comercialização.

E como já foi dito acima, você está emprestando o dinheiro para o governo, principalmente porque ele precisa de capital para financiar seus projetos.

Saiba que com apenas 30 reais, você já pode comprar títulos do Tesouro Direto.

2. CDB

O Crédito Depósito Bancário funciona da mesma forma que o Tesouro Direto, só que nesse caso você está emprestando o dinheiro para os bancos.

Depois você recebe o dinheiro acrescido de juros. Uma dica é você fazer uma pesquisa, pois algumas vezes os bancos menores disponibilizam um melhor rendimento.

Renda fixa: o guia definitivo para aprender

3. LCI e LCA 

Tanto a Letra de Crédito Imobiliário e Letra de Crédito do Agronegócio são títulos emitidos por bancos e instituições financeiras, com o objetivo de captar recursos para o financiamento de imóveis ou para o segmento do agronegócio.

Vale destacar que esses títulos são isentos da cobrança de Imposto de Renda.

4. Caderneta de Poupança

Apesar da caderneta de poupança render muito pouco, ela também se inclui na renda fixa. Só que você tem que esperar a data do aniversário para obter o rendimento, pois se tirar antes, vai perder dinheiro.

5. Debêntures

A diferença é que os títulos não são emitidos por bancos ou pelo governo, e sim por empresas. A empresa pagará ao investidor os juros relativos ao que ele aplicou.

Esses são os principais tipos de investimento em renda fixa. O ideal é estudar antes de começar a aplicar ou escolher uma corretora de valores para te dar todas as orientações.

Entenda a diferença entre títulos pré-fixados e pós-fixados

Quando você for comprar um título, é muito importante entender a diferença entre pré e pós-fixado e é isso que você vai aprender agora.

Títulos pré-fixados, como o nome já diz, são aqueles que você já sabe no momento da aplicação qual será sua rentabilidade, de acordo com o período estabelecido.

Ou seja, você sabe quanto vai ganhar dentro de um ano, por exemplo. No caso dos títulos pós-fixados, você só vai ficar sabendo no final da aplicação. Por quê?

Em razão dos índices que forem utilizados, por exemplo, a inflação, cujo cálculo vai ser determinado pela soma da variação da inflação mais uma taxa de juros pré-definida.

Mas também existem os híbridos, ou seja, são títulos que possuem uma rentabilidade pré e pós-fixada. Na maioria das vezes, são atrelados ao IPCA, que é o Índice de Preços ao Consumidor.

Vantagens da renda fixa

Veja agora as principais vantagens de se investir em renda fixa:

  • Maior segurança: todos os investimentos têm a garantia do Fundo Garantidor de Crédito, o FGC, que no caso do banco quebrar, você estará protegido até um valor de 250 mil reais, por CPF;
  • Menor risco;
  • Isenção de Imposto de Renda nas LCI e LCA;
  • O investidor prevê quanto vai ganhar;
  • Operações simples e fáceis.

Em relação à cobrança do Imposto de Renda, saiba que no Tesouro Direto e no CDB, você só será cobrado no momento de resgatar seu dinheiro.

Conclusão

Agora que você já sabe tudo sobre renda fixa e apenas para lembrar, são títulos que você compra de instituições financeiras, empresas ou do governo, que funcionam como um empréstimo.

A sua rentabilidade nada mais é do que os juros que você recebe por ter emprestado o dinheiro.

Vale lembrar também que você não precisa investir em um só título, muito pelo contrário. Os especialistas dizem que quanto mais você diversificar sua carteira de investimentos, melhor será.

Analise com calma cada um dos tipos e escolha aquele que atenda melhor aos seus objetivos e se encaixa no seu perfil.

Se você ainda está em dúvida, procure conversar com um especialista ou busque uma corretora de valores confiável. Hoje, existem várias no mercado e que são autorizadas pelo Banco Central para realizar suas atividades.

O mais importante aqui é que nesses investimentos, o risco é muito baixo e são muito seguros.

Qual investimento de renda fixa tem mais a sua cara? Comente!

CLIQUE AQUI para baixar o Ebook Gratuito “Como evitar os 7 Pecados dos Investidores”!

Você também pode gostar

Deixe um comentário