27 de julho de 2020

Letra de câmbio: o que é, vantagens e desvantagens, tipos e como investir (Guia Completo)

Letra de câmbio: o que é, vantagens e desvantagens, tipos e como investir (Guia Completo)

Você sabe o que é uma letra de câmbio? Sabe quando e como investir em uma? Se respondeu “não” para as duas perguntas, confira o artigo! 

Agora, se você respondeu “sim”, leia também até o final, pois conhecimento nunca é demais e muitas pessoas deixam de fazer bons investimentos, justamente, pelo desconhecimento.

Em primeiro lugar, letra de câmbio é um título de renda fixa e, como todo investimento, é muito importante conhecer as suas características, como funciona e muito mais antes de investir. Confira, neste artigo, detalhes deste investimento.

O que é letra de câmbio

Letra de câmbio é um título de renda fixa,  emitida por financeiras. Sendo assim, ao comprar um título o investidor, receberá o rendimento em uma data estabelecida.

O objetivo das financeiras ao disponibilizarem esse título é captar recursos e emprestar para outros clientes. É muito parecido com o CDB, que são aqueles títulos emitidos pelos bancos.

Talvez você se pergunte: é seguro? Sim, pois tem a garantia do Fundo Garantidor de Crédito. Dessa forma, se acontecer algum problema com a instituição financeira, por exemplo, uma falência, o cliente tem a garantia de até 250 mil reais por CPF. Saiba mais sobre os benefícios do FGC.

Quais os tipos de letra de câmbio

Separamos aqui os principais tipos:

Letra de câmbio pós-fixada

A sua rentabilidade está atrelada ao CDI – Certificado de Depósito Interbancário -, no qual a taxa de juros possui um valor semelhante ao da Taxa Selic. Depois de terminado o período contratado, você recebe seu rendimento com base nessa taxa.

Letra de câmbio pré-fixada

Nesta modalidade o cliente já sabe qual será o seu rendimento no momento da contratação. A única questão nesse caso é que se houver uma alta da inflação ou um aumento da taxa Selic, o seu rendimento não será atrativo.

Letra de câmbio híbrida

A letra de câmbio híbrida é aquela que conta com aplicações pós e pré-fixadas. Se está pensando em um investimento a longo prazo, é uma excelente opção, pois permite ganhos acima da inflação.

Saiba sobre a origem histórica da letra de câmbio!

Conheça as vantagens e desvantagens

Vantagens do investimento

Separamos aqui as principais vantagens da letra de câmbio. Assim, você já avalia se vale ou não a pena enquanto investidor:

  • Rendimento maior do que a poupança;
  • Garantia do FGC – Fundo Garantidor de Crédito (até 250 mil por CPF);
  • Boa rentabilidade;
  • É possível saber qual será seu rendimento no ato da contratação (pré-fixado);
  • No título pós-fixado, o rendimento é quase 100% do CDI;
  • Possibilidade de diversificar os investimentos, ao escolher uma parte pré-fixada e outra pós-fixada. Aliás a diversificação da carteira é um ponto importante para ter sucesso com seus investimentos. 

Para construir uma base sólida e segura para seu crescimento financeiro, conheça os 3 Pilares para Construção de Riqueza Vitalícia.

Desvantagens da letra de câmbio

Se deseja ter uma maior liquidez, talvez não seja o melhor investimento. Apesar de cada instituição estabelecer o prazo, geralmente, o prazo mínimo é de um ano. Entenda mais sobre liquidez

Se retirar antes do prazo, vai perder toda a rentabilidade. Vale ressaltar que quanto maior for o prazo de investimento, maior a rentabilidade. Resumindo, a letra de câmbio não disponibiliza uma liquidez diária.

Uma outra desvantagem é a cobrança de impostos, pois é preciso pagar Imposto de Renda e IOF. Mas, como é mais rentável que a poupança, por exemplo, esse valor pago ainda vale a pena.

Porém, quanto maior for o prazo de investimento, menor será o imposto pago. Mas só lembrando que a taxação é feita diretamente na fonte. Assim, quando você receber seu dinheiro, ele já vem todo descontado.

Para entender melhor: se o investimento for de até 180 dias, vai incidir 22,5% de imposto; e se o prazo for superior a 720 dias, o imposto será de 15%.

Como investir na letra de câmbio

A primeira coisa é buscar por uma corretora ou banco de investimentos, onde será necessário você abrir uma conta. Faça uma pesquisa para avaliar qual instituição está mais de acordo com o seu objetivo. Não se esqueça de comparar a rentabilidade da letra de câmbio com a de outros títulos.

Letra de câmbio pode ser adquirida através do seu computador ou celular.

Como quem está emitindo é uma financeira, é preciso escolher uma instituição sólida, com boa reputação. Assim, seu risco será bem menor, pois terá a garantia do FGC. Voltando à abertura da sua conta: é possível fazer tudo pela internet, de uma forma bem simples e prática.

Para ter certeza sobre o tipo de investimento ideal, preencha o formulário do perfil do investidor. É a melhor forma para você escolher um investimento mais adequado ao seu perfil.

Depois disso, é só transferir o dinheiro para a corretora e aguardar o rendimento. Além disso, você pode fazer todo o acompanhamento online e tirar todas as suas dúvidas com a equipe de suporte.

Letra de câmbio é melhor do que a poupança?

Depende! Antes de mais nada, vale lembrar que a poupança é um investimento bem seguro, mas, ao mesmo tempo, rende muito pouco. Afinal, a poupança rende 70% da Selic, que atualmente é de 2,25% ao ano.

E é por isso que as pessoas estão em busca de um investimento que lhes forneça um melhor rendimento. No caso da letra de câmbio, como a sua rentabilidade equivale em torno de 100% do CDI, rende cerca de 2,15% ao ano.

Este investimento é uma alternativa para você diversificar a sua carteira de investimentos. No entanto, e preciso saber qual seu objetivo com este investimento. Além disso, procure uma corretora confiável para investir e dessa forma, terá toda a segurança que vai receber o seu rendimento de volta.

E para fazer sempre as escolhas mais inteligentes na vida financeira

assista a aula OS SEGREDOS DA ECONOMIA COMPORTAMENTAL.

Forte abraço,

Equipe Edu Moreira

🔴 Curta também as redes sociais! 📷Instagram / 👍Facebook / 🎥 YouTube

 

Eduardo Moreira

Eleito um dos três melhores economistas do Brasil pela Revista Investidor Institucional, Eduardo Moreira foi apontado pela Universidade da Califórnia como o melhor aluno do Curso de Economia nos últimos 15 anos. Autor de diversos best-sellers, Eduardo foi o primeiro brasileiro a ser condecorado pela rainha Elizabeth II no Castelo de Windsor, em junho de 2012.

Saiba Mais
Deixe um comentário
Você também pode gostar
5 perguntas para fazer antes de investir no Tesouro Direto
+
5 perguntas para fazer antes de investir no Tesouro Direto Investir é sempre importante para quem precisa ter uma reserva de emergência ou deseja realizar algum projeto pessoal e profissional. Para isso, é necessário ...
21 de outubro de 2020
Reinvenção do país depende do investimento na educação
+
Reinvenção do país depende do investimento na educação A educação é um dos pilares essenciais na evolução do ser humano. Em cada conquista rumo à civilização, há a necessidade de transmissão aos seus ...
5 de outubro de 2020
4 dicas para acompanhar o mercado financeiro
+
4 dicas para acompanhar o mercado financeiro O mercado financeiro pode ser considerado muito complexo e amplo, porém é de extrema importância no dia a dia das pessoas, principalmente para os investidores. ...
21 de setembro de 2020