IPCA: o que é e como ele influencia sua vida

IPCA: o que é e como ele influencia sua vida

O IPCA, ou Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, é um tipo de índice financeiro que poucas pessoas prestam atenção. Mas ele é um dos principais índices que afetam a nossa vida de uma maneira geral.

Normalmente é ele quem regula todos os preços, rendimentos e também toda a nossa vida. Portanto é fundamental entender como o mesmo é calculado, sua ação em nossa rotina e de que maneira você pode pensar e trabalhar com tal índice.

Pelo fato de que poucas pessoas conhecem, é natural que sempre sejam pegas de surpresa justamente pelo desconhecimento e falta de controle sobre esses tipos de índices que são tão importantes nesse contexto social de uma maneira mais ampla.

Por isso, veja todas as informações que você precisa saber sobre o IPCA, quais são seus impactos na economia e principalmente qual o seu impacto nos investimentos que são feitos.

Isso pode fazer com que você tenha um controle maior do quanto foi investido e principalmente do retorno possível, e assim é possível pensar e avaliar muitos outros fatores para não ser pego desprevenido.

O que é o IPCA

O IPCA é o índice que aponta a mudança nos preços e no custo de vida de uma maneira geral, apontando quais foram os impactos de crescimento ou também de como o mercado se comportou durante um recorte temporal.

A ideia é oferecer em números os impactos que temos no nosso cotidiano, como por exemplo um produto alimentício que aumentou, e que obviamente muda toda a programação de compras do mês.

A partir dessas informações é que o IBGE consegue traçar um tipo de inflação no período indicando principalmente a queda ou ascensão dos preços da cesta básica, o que influencia principalmente no que você pode alcançar enquanto benefícios.

Obviamente é um tipo de preço que atua diretamente em todo o mercado e também pode trazer alguns movimentos dentro do mercado financeiro e assim pode influenciar diretamente toda a nossa vida.

IPCA: o que é e como ele influencia sua vida

Como é calculado o IPCA

O IPCA é calculado de maneira diferente para cada cidade, e alguns desses índices vão ser maiores ou menores a partir de um tipo de controle diferente e de uma leitura que vai ser mais específica para cada segmento.

Cada região também tem um peso diferente, e isso contribui para que o índice seja diferente para cada região, abrangendo sempre as famílias que possuem renda de 1 a 40 salários mínimos.

É importante ressaltar que em cada região as medidas do IPCA foram iniciadas em momentos diferentes, principalmente pelo fator de crescimento do consumo e da produção de cada cidade.

Por isso, além do peso ser diferenciado, as taxas de comparações também vão ser diferentes, tendo em vista que cada cidade teve início na contagem do IPCA em momentos diferentes, o que oferece um tipo de benefício interessante.

A partir dos pesos de cada região, totalizando os 100%, alguns produtos e segmentos da cesta básica são também taxados e divididos em pesos, totalizando os mesmos 100%.

Quais as consequências de um IPCA elevado

 A partir do cálculo desses índices, se levando em conta as porcentagens diferentes, é traçado um indicador, que vai apontar para um acréscimo no custo de vida ou no valor de alguns produtos em especial.

Essa indicação de que os valores estão em alta faz com que você consiga trabalhar com preços, e obviamente isso terá um impacto em todos os setores, algo como o efeito dominó, que acontecem quando os índices de alta são constantes.

Sendo assim, a mão de obra tende a ficar mais cara assim como a própria produção, o que faz os preços subirem no mercado, e assim você tem uma diferença dos produtos que consegue comprar com o mesmo valor.

Em outras palavras, enquanto você fazia uma compra de R$ 100 em um mês, no outro os mesmos R$ 100 não dão conta de comprar as mesmas coisas e nas mesmas quantidades, tendo uma queda significativa.

Qual a influência nos investimentos

Se a cesta básica de cada pessoa possui uma mudança importante é natural que os investimentos também sigam esse tipo de tendência, já que eles seguem todo o controle de inflação do mercado.

A Selic, por exemplo, segue os índices do IPCA, e ficar atento a todas as mudanças nesse contexto, te ajuda a se preparar para conseguir direcionar melhor os investimentos e até mesmo a analisar a viabilidade de resgate.

O IPCA é um tipo de índice que afeta toda a nossa vida, desde a pessoal com relação às compras do mês e também a financeira no que diz respeito aos investimentos que são feitos.

É importante conhecer mais e estar sempre atento às divulgações. Isso vai te ajudar a economizar e até mesmo se preparar para alguns períodos mais críticos.

Conte para nós: você sabia da importância do IPCA no dia a dia e nos investimentos?

CLIQUE AQUI para baixar o Ebook Gratuito “Como evitar os 7 Pecados dos Investidores”!

Equipe Eduardo Moreira.

Você também pode gostar

Deixe um comentário