Entenda o que é gasto essencial, necessário e supérfluo

Entenda o que é gasto essencial, necessário e supérfluo

É importante acompanhar como você está gastando seu dinheiro para não perder o controle. Entenda o que é gasto essencial, necessário e supérfluo.

Construir um orçamento não requer dizer adeus a todos os pequenos luxos e pequenas delícias. Em vez disso, fazer um plano de gastos pode ajudá-lo a identificar vazamentos orçamentários e abrir espaço para gastos supérfluos uma vez ou outra.

O planejamento orçamentário é o primeiro passo para entender como você está gerenciando seu dinheiro e assumindo o controle de suas finanças.

Conscientização financeira

A verdadeira razão pela qual você acompanha suas despesas é criar conscientização financeira.  Se você não sabe para onde vai o seu dinheiro ou como você o gasta, você não saberá quais hábitos você pode mudar para que seu dinheiro funcione para você e, sua família.

Mesmo seus pequenos gastos diários podem fazer você gastar além do seu orçamento, a conscientização financeira faz você pensar antes de gastar.

Aqueles que se tornam milionários estão cientes do dinheiro que ganham e gastam. A verdadeira riqueza é construída à medida que você gasta menos do que ganha e, para isso, precisa saber para onde o seu dinheiro está indo.

Identificando problemas de gastos

Acompanhar suas despesas pode ajudar você a identificar problemas sérios com gastos muitas vezes desnecessários. Você também pode ver se seus gastos correspondem às suas prioridades ou não.

É mais fácil fazer mudanças quando você percebe que não está atingindo seus objetivos financeiros porque está almoçando fora todos os dias, ou quem sabe indo ao cinema toda a semana.

Acompanhar suas despesas permite que você veja onde seu dinheiro realmente está indo parar. A identificação dos seus gastos é essencial se você quiser entender seus hábitos financeiros e fazer alterações neles.

Atenção ao orçamento

Também é essencial quando você está tentando se planejar financeiramente. Se você não rastrear seu dinheiro, não saberá quando parar de gastar em uma determinada coisa, e cada vez mais ficará endividado.

Se você acompanhar de forma consistente as suas despesas, poderá sair da dívida e fazer as alterações necessárias às finanças. Isso permitirá que você comece a construir riqueza e a buscar as coisas que deseja da vida, com equilíbrio e controle dos gastos.

Entenda o que é gasto essencial, necessário e supérfluo

O que é gasto essencial, necessário e supérfluo

Gastos essenciais

São os gastos que em nenhuma situação podem ser eliminadas do seu orçamento, porém podem ser reduzidos em algum consumo como meio de economia.

Gastos essências são aqueles que você depende dele, moradia, comida, saúde etc. e que de maneira alguma pode abrir mão.

Gastos essenciais incluem despesas como:

  • Aluguel
  • Contas de consumo (água, telefone e energia)
  • Plano de saúde
  • Alimentação

Gastos necessários

Gastos necessários são aquelas despesas que você faz hoje, porém consegue sobreviver sem. Será que é realmente necessário? Se você sobreviver sem nenhum problema sem, deixa de ser gasto necessário e passa a ser gasto supérfluo.

A categoria de gastos necessários é comumente confundida com a de gastos supérfluos e, de fato, alguns itens podem se encaixar nas duas, dependendo do tipo de uso que você faz do bem.

Gastos necessários podem incluir:

  • Carro
  • Internet
  • Telefone
  • Salão de beleza
  • Curso de idiomas
  • Academia

Gastos supérfluos

Os gastos supérfluos estão ligados aos gastos necessários, mas com um agravante: eles custam muito mais do que você pode pagar e, se forem eliminados, não farão falta alguma.

Gastos supérfluos podem incluir:

  • Roupas da moda
  • Supermercado (nem tudo o que está na prateleira do mercado é um gasto essencial)
  • TV a cabo
  • Telefone fixo
  • Café e lanches
  • Cinema

Como identificar e separar gastos

É importante concentrar-se primeiro nos gastos essenciais e necessários. Assim será a maneira mais agradável de fazer o seu orçamento dar certo sem precisar se endividar com o cartão de crédito ou cheque especial.

Viver livre de dívidas é incrível e mais atingível do que as pessoas imaginam. Leva apenas um pouco de trabalho e esforço, mas o resultado é prazeroso.

Imagine ter um fardo que está sendo tirado de seus ombros. Os gastos supérfluos podem realmente esperar! E os necessários e essenciais podem sim ser economizados.

Uma vez que você esteja com o seu planejamento orçamentário em mãos, se dê o prazer de retomar alguns dos gastos supérfluos que todos nós gostamos na vida.

Sem roupas da moda e tecnologia de ponta você consegue sobreviver, mas sem o pão de cada dia, não. Os gastos essenciais devem ser a prioridade no orçamento. Isso vale para tudo, incluindo os custos com os filhos.

Antes de tomar qualquer decisão, pondere se isso realmente é indispensável, se pode ser deixado para depois ou se não há algo mais importante a ser feito.

Quais são seus maiores gastos? Comente abaixo com qual destes gasta mais: gasto essencial, necessário e supérfluo.

CLIQUE AQUI para conhecer o Programa Mente Rica!

Equipe Eduardo Moreira.

Você também pode gostar

Deixe um comentário