O que são Agrotechs: a revolução digital no agronegócio

O que são Agrotechs: a revolução digital no agronegócio

É bem provável de você já ter ouvido falar em Agrotechs, mas será que você sabe por que são consideradas a revolução digital no agronegócio?

Na verdade, se trata de Startups que estão propondo soluções inovadoras para o agronegócio, por meio da introdução de novas tecnologias.

E pelo que se tem visto, são um sucesso, possibilitando um trabalho mais eficaz do produtor do campo e por consequência, uma maior produtividade.

Caso você ainda esteja em dúvida, não deixe de dar uma olhada no artigo que preparamos, onde você vai saber com mais detalhes que revolução é essa no agronegócio.

O que são Agrotechs

Para você entender melhor o que são Agrotechs, vale a pena relembrar o que é uma Startup.

De uma forma bem resumida, é aquela empresa que lança algo novo revolucionário no mercado, mas com um objetivo principal: oferecer um produto que atenda a necessidade de milhares de pessoas e ao mesmo tempo com baixo custo de implementação.

E as Agrotechs, também conhecidas por Agtechs, são Startups que estão levando tecnologia para o setor do agronegócio e com isso, facilitando o trabalho do produtor rural.

Segundo a pesquisadora Sílvia Massruhá, as Agrotechs são focadas em inovação e tecnologia, tendo a capacidade de desenvolver soluções criativas e inovadoras de forma a atender as demandas emergentes e na velocidade que se espera no meio agroindustrial.

Isso traz celeridade e flexibilidade ao setor. Ainda de acordo com a pesquisadora, tecnologias disruptivas e a maior capacidade de computação viabilizam fábricas inteligentes que são altamente eficientes e têm cada vez mais dados integrados.

Quais os benefícios para o produtor rural

O agronegócio é um dos pilares da economia brasileira e as Agrotechs, pela implementação de novas tecnologias no campo, estão crescendo bastante e levando muitos benefícios para o produtor rural.

Veja alguns dos benefícios:

  • Monitoramento de propriedades e de máquinas
  • Drones para fazer mapeamento
  • Acompanhamento em tempo real de todas as atividades
  • Maior produtividade e assertividade na tomada de decisões
  • Monitorar a safra remotamente
  • Software de gestão agrícola
  • Sistemas de análise
  • Evitar perdas e melhorar custo/benefício dos processos
  • Automação das linhas de produção
  • Gerenciar operações à distância
  • Uso mais eficiente do solo

Além disso, a maior disponibilidade de dados em conjunto com novas ferramentas de análise, interpretação e tomada de decisão tornam mais fácil a integração e autonomia nos sistemas de produção.

Quais as áreas que mais atuam as Agrotechs

Você já viu que as soluções tecnológicas estão levando ao campo inovações de ponta, onde as áreas que mais atuam são:

  • Internet das Coisas
  • Softwares de gestão agrícola
  • Agricultura de precisão
  • Robótica
  • Consultoria
  • Segurança
  • Produtos agropecuários

A partir do momento que os produtores possuem uma maior previsibilidade e eficiência, se tornam mais competitivos.

Quando o produtor consegue monitorar em tempo real todas as atividades da sua propriedade, isso impacta positivamente na tomada de decisão imediata.

Em relação aos softwares de gestão, incluem desde contas a pagar e estoque até o planejamento preciso das safras e armazenamento.

Um exemplo é a Solinftec, uma startup 100% brasileira e que se encontra entre as 50 principais Agrotechs mundiais.

Seu principal foco está em possibilitar a conexão em tempo real com a propriedade, coleta e análise de dados, monitoramento climático, gestão de atividades, entre outras funções.

O que são Agrotechs: a revolução digital no agronegócio

Agrotechs: a revolução digital no agronegócio

Só para você ter uma ideia, existem hoje no Brasil diversas Startups, cerca de 1000, que propõem soluções para a gestão de propriedades, lavoura ou dos animais de uma fazenda.

Além disso, outras estão trazendo inovações no setor da biotecnologia e bioenergia.

E por que é a revolução digital no agronegócio? Porque são ferramentas que são implementadas para facilitar a vida do produtor rural, e trazendo todos os benefícios listados acima.

Esse setor vem crescendo muito, onde essa revolução e toda as inovações servem para revitalizar a economia.

Com o uso de tecnologias digitais, o produtor tem acesso a informações mais detalhadas, mais precisas e em um tempo bem menor sobre sua propriedade e produção.

Dessa forma, ele vai usar os recursos naturais e insumos, aumentando a produtividade, otimizando o uso das máquinas e diminuindo os custos com manutenção e operação.

Imagine quanto o consumidor final também pode ser beneficiado, pois além de uma melhor qualidade dos alimentos, haverá também uma maior oferta.

Conclusão

Novas e modernas tecnologias chegaram ao campo graças às Agrotechs, que são Startups que têm levado muitos benefícios para os produtores rurais.

Seja através do monitoramento à distância, gestão financeira, ajuda muito a tomar decisões mais assertivas e isso tem um impacto direto na produtividade.

É claro que ainda há muito o que se fazer, por exemplo, levar a internet até o campo, mas se você for pensar em como era isso a alguns anos atrás, vai perceber quanta coisa mudou.

Mas ainda existem alguns desafios, como o investimento em novos equipamentos, a mudança na cultura das empresas e ter mão de obra especializada para trabalhar com essas novas tecnologias.

Você já tinha ouvido falar das Agrotechs? Comente abaixo!

CLIQUE AQUI para conhecer o Programa Mente Rica!

Você também pode gostar

Deixe um comentário