Bolsa de Valores pela primeira vez

Bolsa de Valores pela primeira vez

Muitas pessoas têm a vontade de investir na Bolsa de Valores, mas não fazem a mínima ideia por onde começar e se realmente vale ou não a pena.

Antes de mais nada, saiba que se você possui um perfil mais conservador e não gosta e nem suporta correr riscos, talvez deva procurar outro tipo de investimento, porque as ações com certeza não são para você.

Mas hoje, vamos te explicar tudo sobre a Bolsa, o que é, como funciona e, principalmente o que você deve fazer para investir pela primeira vez.

O que é a Bolsa de Valores?

A Bolsa de Valores funciona tipo um balcão de negócios, onde se negocia principalmente ações de empresas de capital aberto.

Essas empresas precisam estar autorizadas pela Bovespa e seguir todas as regras da CVM, antes de lançar suas ações no mercado.

E quando você compra ações, você se torna sócio dessa empresa e vai receber seus lucros. Lembrando que o que o investidor recebe vai depender da quantidade de ações que adquirir.

Como investir na Bolsa pela primeira vez?

Para investir na Bolsa, a primeira coisa que precisa fazer é abrir uma conta numa corretora de valores. Depois de aberta a conta, você vai transferir dinheiro da sua conta bancária para essa conta.

A corretora funciona como um agente intermediário para a compra das ações. Todas devem ser devidamente autorizadas pela Comissão de Valores Mobiliários – CVM,  e para quem está começando a investir na Bolsa, é a melhor opção.

Nos sites das corretoras, você pode fazer uma simulação e saber qual é o seu perfil de investidor, além de contar com uma equipe especializada para te dar todas as orientações.

E depois, quando tiver mais experiência, pode fazer todas as transações sozinho pela internet.

O ideal é começar pelas corretoras principalmente porque esse tipo de investimento requer conhecimentos específicos do mercado financeiro.

Como começar?

Vamos supor que você já se cadastrou em uma corretora e já transferiu o dinheiro. Você terá acesso a uma plataforma chamada de Home Broker, onde através dela vai acessar os gráficos, visualizar as ações, etc.

E toda vez que quiser comprar uma ação, deve enviar uma ordem de compra com um valor definido.

Isso funciona da mesma forma quando você quiser vender as suas ações, onde a corretora vai sempre intermediar todas as transações.

No caso dos iniciantes, o ideal é começar aos poucos. Não coloque todo o dinheiro que você tem. E a partir do momento que for entendendo como funciona o mercado, aí sim pode fazer maiores investimentos.

Tenha em mente que é possível sim ganhar dinheiro com a Bolsa, mas ao mesmo tempo quanto mais você estudar e buscar o máximo possível de informações, menor vai ser o risco de perder dinheiro.

Qual o perfil do investidor para investir na Bolsa?

O perfil de quem quer começar a investir na Bolsa é que deve ser aquele tipo de investidor que suporta os riscos e também que não tem pressa para receber os rendimentos, porque é um mercado que funciona a longo prazo.

Por que precisa ser capaz de suportar os riscos? Porque, dependendo de como estiver o mercado e da ação escolhida, pode acontecer uma super desvalorização da noite para o dia.

Nesse caso, vai ser preciso ter muita calma e esperar uma mudança no mercado.

Como escolher uma corretora?

A primeira coisa a ser feita é saber se a corretora está autorizada a operar na Bolsa. Para isso, acesse o site da Bovespa que você vai encontrar uma lista com todas elas.

Veja o que deve ser levado em consideração no momento de escolher uma corretora:

  • Conta com todo o suporte para te ajudar na escolha das ações;
  • Oferece serviços como home broker (investir pela internet);
  • Fornece todas as informações sobre todos os produtos;
  • Presta assessoria individual;
  • Informa sobre os seus rendimentos.

Um outro ponto é você se informar sobre a taxa de corretagem e taxa de custódia, pois esses valores variam de corretora para corretora, onde inclusive algumas não cobram taxa de corretagem.

Bolsa de valores pela primeira vez

Quais ações devo comprar?

É claro que a corretora vai te dar todas as informações sobre os melhores rendimentos, mas veja algumas dicas de quais empresas comprar suas ações:

  • Verificar se é uma empresa sólida;
  • Apresentam bom potencial de crescimento;
  • Escolha empresas que ofereçam boas margens de lucro;
  • Avalie como é a situação da empresa no mercado;
  • Baixo índice de endividamento.

O ideal é que a empresa ou empresas escolhidas, porque você pode diversificar e não comprar apenas de uma empresa, seja bem administrada e tenha uma boa reputação.

Como comprar ações?

Existem três maneiras para você comprar ações:

– Fundos de investimentos: funciona como um tipo de condomínio, onde você compra cotas. Os fundos são administrados por um gestor, que será responsável por todas as transações.

– Clubes de investimento: são pessoas que se reúnem e aplicam na bolsa. Não há a obrigatoriedade do gestor, apenas uma pessoa para realizar as negociações.

– Individualmente: uma pessoa sozinha pode comprar e vender ações. Mas para isso, é necessário ter experiência e entender bem o mercado.

Investir na Bolsa é uma boa experiência

Você viu que não é muito complicado e nem um bicho de sete cabeças investir na Bolsa de Valores. Lembrando que para quem está iniciando a investir em ações, o ideal é contar com a assessoria de uma corretora de valores.

E depois que for adquirindo uma maior experiência, pode até começar a investir sozinho. Mas isso leva um tempo, não é da noite para o dia que você vai ter todos os conhecimentos necessários.

Agora, lembre-se de ter paciência, especialmente porque o mercado é bastante volátil. Um dia uma ação pode estar valendo muito e no outro, não estar valendo nada.

Espere o melhor momento tanto para comprar como para vender. E se seguir as estratégias corretas, é possível sim ganhar bastante dinheiro.

Já pensou em investir na Bolsa de Valores? O que está esperando?

CLIQUE AQUI para baixar o Ebook Gratuito “Como evitar os 7 Pecados dos Investidores”!

Equipe Eduardo Moreira

Você também pode gostar

Deixe um comentário