Rotativo do cartão de crédito: o que é e como funciona

Rotativo do cartão de crédito: o que é e como funciona

Se fala muito nas mudanças no rotativo do cartão de crédito, mas o que realmente mudou? Na verdade, a grande causa da inadimplência no país vem do cartão de crédito.

As pessoas não conseguem pagar a fatura integral e aí começam as dívidas. E o governo, na tentativa de estancar com esse problema, propôs novas regras para o pagamento do cartão de crédito, mas nem todas os consumidores têm conhecimento.

Vamos te falar o que é, como funciona e muito mais. É uma forma de te ajudar a não transformar a sua dívida numa “bola de neve”.

O que é rotativo do cartão de crédito?

O rotativo do cartão de crédito é quando se paga um valor entre o mínimo e o total da fatura, ou seja, é o crédito tomado pelo consumidor quando paga menos que o valor da fatura total.

O que você não pagou, se transforma em um empréstimo, com a incidência de juros. Quando um cliente não consegue pagar a fatura, corre o risco de ter seu nome negativado junto aos órgãos de proteção ao crédito.

O problema são as consequências a partir daí: você não consegue fazer um empréstimo, solicitar um financiamento e sem falar que não vai poder mais usar o cartão.

Até abril de 2017, era permitido fazer o pagamento mínimo do cartão por vários meses. Só que eram juros em cima de juros. E lembrando que os juros de cartão de crédito são exorbitantes. Apenas para ter uma ideia, as taxas cobradas pelos principais bancos variam de 168,8% a 297,46% ao ano.

Como funciona o rotativo do cartão de crédito?

Com a nova regra do rotativo do cartão de crédito, o cliente só pode fazer o pagamento mínimo de 15% do cartão apenas por um mês.

Na próxima fatura, o saldo que ficou, o banco não pode cobrar juros em cima desse saldo. Ou você terá que quitar o total da dívida ou o banco tem que lhe apresentar uma outra linha de crédito, com os juros mais baixos. Essa foi uma forma encontrada para que o consumidor não acumule a dívida, de forma que ela se torne impagável.

Voltando à linha de crédito que o banco tem que garantir: é possível parcelar sua dívida, mas os juros cobrados têm que ser menores daqueles do cartão de crédito.

Rotativo do cartão de crédito: o que é e como funciona

Dicas para usar o cartão de crédito

É claro que ninguém pretende ficar inadimplente por causa do rotativo do cartão de crédito. Por isso, separamos algumas dicas para o uso correto do cartão:

  • Procure pagar sempre a fatura integral;
  • Evite os parcelamentos;
  • Não compre por impulso;
  • Apenas compre o que tem certeza que pode pagar.

Na verdade, o cartão de crédito pode ser ao mesmo tempo seu aliado, mas também seu inimigo. Como já foi dito, a maior causa de inadimplência no país é o cartão de crédito. Os juros são abusivos e para que não tenha esse tipo de problema, basta seguir as nossas dicas.

Se souber usar o cartão com responsabilidade e consciência, é óbvio que ele é de grande ajuda, especialmente quando você não dispõe de dinheiro naquele momento.

É muito normal que os consumidores olhem para o limite do cartão e acharem que é um dinheiro que eles têm. O valor é um empréstimo que o cliente está pegando e o pior, com juros altíssimos.

Vale a pena ter um cartão de crédito?

Como já foi falado acima, se uma pessoa souber usar o cartão com inteligência e sabedoria, é claro que ele vale a pena, principalmente em momentos emergenciais.

O que você precisa ter sempre em mente é que tudo o que gastar, vai vir na próxima fatura. Por isso, só deve comprar o que pode pagar. Caso contrário, se faz compras por impulso e aproveita todas as promoções, é preferível deixar o seu cartão em casa.

Um outro problema que vemos muito são pessoas com vários cartões de crédito, cada um deles com uma data de vencimento. Isso é um perigo!

Já imaginou quando chegar a fatura de todos eles? Se você acha imprescindível ter um cartão de crédito, que tenha apenas um. E aqui é que entra um bom planejamento financeiro, onde você sabe até onde pode gastar e se programa para o pagamento.

Parcelamento não é a melhor opção

Você que estava em dúvida do que era e como funciona o rotativo do cartão de crédito, agora já tem todas as informações.

Se por algum motivo não conseguir pagar a fatura integral em um determinado mês, saiba que na próxima fatura terá que pagar toda a fatura ou parcelar o restante.

Agora, já não é possível fazer o pagamento mínimo por vários meses consecutivos. Essa medida é muito interessante porque evita que a sua dívida se torne impagável e que não fique com o nome sujo.

Procure sempre usar o cartão de crédito com responsabilidade, pague a fatura em dia. E assim, ele pode ser um ótimo aliado na sua vida.

Como você utiliza o cartão de crédito? Comente!

CLIQUE AQUI para conhecer o Sistema 3C da Construção de Riqueza!

Você também pode gostar

Deixe um comentário