Vantagens e desvantagens da conta conjunta

Vantagens e desvantagens da conta conjunta

A conta conjunta como o próprio nome sugere, pode ser registrada para mais de uma pessoa. Mas você conhece suas vantagens e desvantagens?

As contas conjuntas têm por finalidade permitir que os casais administrem o seu dinheiro em conjunto, desde uma simples conta ao aluguel, em resumo, todas as  despesas de uma família.

Há muitas vantagens em compartilhar uma conta, por um lado, torna-se muito mais fácil pagar contas conjuntas, poupando o incômodo de enviar dinheiro para o outro. Assim como, pode facilitar o acompanhamento de seus gastos mensais conjuntos.

Vantagens da conta conjunta

A economia é um diferencial, se houver uma coincidência entre os objetivos das partes, em uma família ou em um casal, é possível abrir uma única conta em vez de duas ou mais. Qualquer pessoa pode delegar outro dos titulares de conta conjunta para realizar as transações.

Mas isso não é tudo. A conta conjunta é muito vantajosa porque permite que os responsáveis ​​tenham uma visão geral clara com referência à estrutura do orçamento familiar.

O mesmo se aplica a uma empresa, na qual coproprietários, como marido e esposa, irmão e irmã, trabalham em um mesmo time.

Se ambos pagam em um valor fixo a cada mês, isso também deve ajudar a evitar discussões sobre dinheiro, já que nenhum dos dois estará contribuindo mais do que o valor que ambos concordaram.

Além do mais, se você tiver algum dinheiro sobrando na conta conjunta depois de ter cuidado de todos os seus custos essenciais, ambos podem decidir sobre a melhor maneira de fazer uso dele.

De muitas maneiras, o “sucesso” de ter uma conta bancária conjunta depende do sucesso de seu relacionamento. Contanto que vocês sejam honestos e abertos um com o outro, não devem enfrentar nenhuma surpresa quando se trata de suas finanças.

E lembre-se, você pode abrir uma conta bancária conjunta e ainda ter sua própria conta corrente padrão. Tudo depende do que funciona melhor para você e seu parceiro/parceira.

Vantagens e desvantagens da conta conjunta

Desvantagens da conta conjunta

Mais do que desvantagens, precisamos falar sobre riscos em uma conta conjunta. A confiabilidade e precisão são requisitos essenciais para com os outros co-titulares.

Não é raro, acontecer entre aqueles que abriram esta conta se encontrarem “no vermelho”, porque uma das partes interessadas desperdiçou dinheiro. Claramente, o direito de recurso é uma opção válida para a parte lesada.

É importante reforçar, a segurança de suas finanças conjuntas depende muito da segurança de seu relacionamento. Assim, naturalmente, se você abrir uma conta conjunta, estará se comprometendo a compartilhar suas informações financeiras com seu parceiro e a conceder acesso ao seu dinheiro.

Você e seu parceiro/a saberão quanto o outro ganha, quanto dinheiro você gasta e em quê, além de todos os seus outros hábitos financeiros.

Se a relação não der certo e você se separar, e ficar claro que a outra metade tem mantido os segredos de você quando se trata de dinheiro, suas próprias finanças podem acabar em apuros também. Chegue a um acordo sobre o que fazer com ela caso a relação termine.

Como abrir uma conta conjunta

Uma conta bancária conjunta não é diferente de abrir uma única conta. Assim como na abertura de uma conta bancária padrão, o cliente precisará falar diretamente com seu banco, organizar os documentos que precisará assinar e qual comprovação de identificação será necessária para abrir a conta.

Como alternativa, você pode simplesmente adicionar seu parceiro à sua conta existente. Quando você se inscreve para uma conta conjunta, o banco pergunta a você como deseja administrar a conta. Cada um deles será solicitado a assinar uma “conta conjunta” que informa ao banco como você deseja administrar sua conta.

O que acontece se um dos correntistas morrer?

Se o pior acontecer com você ou com seu parceiro, o saldo da conta passará automaticamente para o titular da conta conjunta restante. Ele será o único responsável pelo gerenciamento da conta.

Conclusão

Como viu, existem várias vantagens e desvantagens em uma conta bancária conjunta. Por um lado, eles podem oferecer uma maneira conveniente para um casal gerenciar suas finanças mensais, além de oferecer alguma flexibilidade ao decidir quem é responsável por quê.

No entanto, vale a pena lembrar que, em uma conta conjunta, há responsabilidade conjunta: por exemplo, se o seu parceiro for desmotivado, bem como se o relacionamento falhar, ambos serão responsáveis ​​por como você separa suas finanças.

Assim como qualquer relacionamento de sucesso, uma conta bancária conjunta requer um compromisso sério e, além disso, abrir uma com seu parceiro pode até marcar o início de um novo relacionamento com suas finanças.

Qual a sua experiência em ter uma conta conjunta? Se ainda não tem, pretende abrir? Conte para nós.

CLIQUE AQUI para baixar o Ebook Gratuito “Como evitar os 7 Pecados dos Investidores”!

Equipe Eduardo Moreira.

Você também pode gostar

Deixe um comentário