Como a queda da Selic influencia seus rendimentos

Como a queda da Selic influencia seus rendimentos

A taxa Selic é uma das mais importantes no mercado financeiro, mas mesmo assim algumas pessoas ainda não conhecem nada sobre e ficam sem saber exatamente como funciona e quais os seus impactos na economia.

Fato é que pensar na taxa Selic como um dos reguladores dos investimentos e nos rendimentos é uma coisa que faz toda a diferença, de modo que saber sobre tudo isso é muito importante.

Por isso, confira informações que podem te ajudar a entender o que é a taxa Selic, como ela funciona e quais os seus impactos diretos nos rendimentos do mercado no seu dia a dia.

Essas informações servem, inclusive, para que você consiga tomar decisões melhores no que diz respeito à avaliação do mercado financeiro e até, quem sabe, pensar melhor nos momentos de realizar ou resgatar um investimento.

O que é a taxa Selic

A Selic é a sigla de  Sistema Especial de Liquidação de Custódia, criado pelo Banco Central, e serve para controlar todas as movimentações do mercado financeiro, sendo fundamental saber sobre esse tipo de ação para ter a noção do dinheiro que circula.

Assim, o Banco Central tem uma ideia de quanto dinheiro está circulando e os investimentos de bancos privados tendem a se equilibrar, o que tem um impacto direto no controle da inflação.

Sendo assim, a Selic tem por finalidade observar toda a movimentação no mercado e controlar essa circulação, para que não tenha dinheiro a mais fora, e para que os bancos privados consigam trabalhar normalmente.

Com esse controle a inflação tende sempre a ficar sob controle, já que você tem um equilíbrio de dinheiro circulando, e essa taxa é sempre atualizada ao fim do dia, no fechamento dos expedientes bancários.

Como a queda da Selic afeta os rendimentos

Tendo a Selic como uma das mais importantes, já que ela ajuda a regular todo o processo de rendimentos e principalmente de atividades financeiras e que estão ligadas necessariamente a investimentos.

Em outras palavras, as alterações na Selic vão ser fundamentais para a alteração também de muitos indexadores, e assim você precisa sempre estar atento e avaliar esse movimento na economia.

A seguir vou trazer alguns dos tipos de rendimento que são afetados pela Selic e que podem determinar quanto e como será o seu rendimento, estando sempre atuando e alterando essas condições.

Como a queda da Selic influencia seus rendimentos

De olho nos títulos

Os títulos de Tesouro Nacional são um dos principais afetados, e geralmente sofrem esse reajuste, o que não necessariamente afeta nos investimentos feitos, já que o rendimento é feito normalmente por um acordo já feito.

Como é um investimento com rendimento prefixado, normalmente essa porcentagem fica protegida, e independente do investimento feito você pode ter a certeza do retorno que é esperado ao fim do período.

A diferença está justamente nos investimentos realizados quando a taxa está em alta, o que pode também fazer com que a taxa prefixada esteja um pouco mais acima do que é acertado, geralmente.

Poupança

A poupança também é uma das afetadas pela Selic, e o seu rendimento tende a aumentar e abaixar de acordo com o uso que você tem e dos acordos que você possui com o banco especificamente.

Normalmente, os rendimentos são prefixados e podem sofrer alteração caso a queda ou a alta da taxa fique constante e estável, ou conforme liberações do Banco Central, para fortalecer o depósito, por exemplo.

De qualquer maneira é um tipo de ação mais comedida e pode também ter um tipo de resultado mais significativo para quem tem uma grande quantia depositada, o que dificilmente acontece. 

CDI

Os investimentos feitos em Crédito de Depósito Interbancário, CDI, também sofrem a influência da Selic, principalmente pelo fato de que é um tipo de taxa que regula toda a questão dos juros que são aplicados.

A partir da variação desses juros, o CDI tende a aumentar ou diminuir, e geralmente acompanha o movimento do mercado. Em outras palavras, ele tende a render mais se a taxa crescer e assim se os juros caírem, seu rendimento cai.

Como as transferências entre bancos são sempre em grandes quantidades, significa que esse dinheiro vai render, justamente para aumentar ou dar conta do fluxo, e por isso é sempre importante ficar atento ao movimento do mercado.

A taxa Selic é sempre muito falada, mas poucas pessoas sabem da sua importância e ação no nosso dia a da, principalmente no que diz respeito ao comportamento financeiro, o que interfere diretamente nos investimentos feitos e nos rendimentos alcançados.

Ficar atento ao movimento do mercado e também como essa taxa se comporta te ajuda a se movimentar com relação a alguns tipos de investimentos, e também ajuda a entender como a sua ação pode interferir em tudo, até mesmo na inflação que está presente no dia a dia.

A queda da Selic influenciou seus investimentos? Conte nos comentários como estão os rendimentos dos seus títulos.

CLIQUE AQUI para baixar o Ebook Gratuito “Como evitar os 7 Pecados dos Investidores”!

Equipe Eduardo Moreira.

Você também pode gostar

Deixe um comentário