24 de setembro de 2019

Qual a diferença entre ações e ETFs?

Qual a diferença entre ações e ETFs?

Quem é investidor certamente sabe quais são os benefícios de diversificar o máximo possível dos investimentos feitos. Por isso, é preciso que estar sempre por dentro de todas as opções que o próprio mercado oferece.

Sendo assim, é preciso saber quais são as principais diferenças entre ações e ETFs, já que são as principais formas de investimentos e que oferecem alguns ganhos financeiros, sendo excelentes opções.

Saber quais são as suas vantagens para além de sua diferença é uma forma de você conseguir também direcionar melhor o investimento feito, e por isso é que estar por dentro deste universo é algo muito complexo.

Confira informações sobre ações e ETFs para que consiga conhecer cada uma, tendo também uma escolha muito mais diretiva.

Entendendo sobre ações e ETFs

Entender o que representa a diferença entre ações e ETFs é uma importante forma de conseguir pensar e avaliar a rentabilidade dos investimentos feitos, e por isso é preciso conhecer bem sobre cada uma das possibilidades.

As ações são frações ou parcelas do capital social de uma empresa que é disponibilizada para quem possui a condição de conseguir investir neste segmento, sendo inclusive uma das formas mais comuns de investimentos.

Os ETFs são fundos de ações, ou seja, possui uma variedade muito maior nas ações, o que é indicado para quem não conhece muito esse universo e pretende direcionar bem os seus investimentos.

Pensar nessas duas possibilidades para investimento é uma forma de você conseguir trabalhar e fazer render o seu patrimônio. Mas para isso é preciso entender quais são as principais diferenças entre essas duas modalidades de investimentos.

Quais as diferenças entre ações e ETFs

Sabendo o que é cada um dos tipos de investimentos você pode também pensar e trabalhar com algumas possibilidades priorizando sempre o que você propõe e o que você também pretende de uma maneira geral.

As ações possuem uma gestão ativa, obedecendo critérios próprios, ao contrário dos ETFs, que são passivos e seguem o rendimento de índices do mercado, ou seja, se a Ibovespa, por exemplo, cresce, ele também cresce.

No caso das ações, existe um tipo de comportamento à parte, podendo até mesmo estar em um fluxo inverso do mercado, de maneira que se comporta de modo diferente do índice Ibovespa, valorizando sempre o capital da própria empresa.

Outra diferença é que quando quer investir nas ações da empresa, você tem uma liberdade maior. Enquanto que com ETFs você precisa necessariamente de uma corretora, e não consegue ter essa independência dos investimentos que serão feitos.

Qual a diferença entre ações e ETFs?

Vantagens das ações

Como já foi dito, uma das vantagens das ações é que você não precisa necessariamente estar atento ao mercado, já que dependendo da empresa ela pode seguir pior variáveis diferenciadas e obedecendo a um tipo de rendimento muito atrativo.

Além disso, você consegue vender e comprar ações de maneira mais livre, conseguindo um aproveitamento muito maior, sem  esperar por períodos ou também podendo pensar em investimentos que serão feitos.

O retorno dos investimentos também são muito mais rápidos já que você ganha sempre que a empresa lucrar, sem depender exatamente de mais nenhum tipo de indicador ou de um tempo maior para o investimento.

Vantagens dos ETFs

Os ETFs também trazem algumas vantagens importantes, e geralmente ligadas ao tipo de escolha que é feita para o seu tipo de investimento, sendo ligado necessariamente a um índice que vai servir como base.

É muito indicado para que não possui muito conhecimento sobre o mercado financeiro, já que é um investimento que protege o investidor de prejuízos, principalmente pelo fato de estipular porcentagens específicas.

Outro ponto importante é ter a certeza de um retorno mínimo já que o investidor tem acesso direto a esse tipo de informação partindo também da análise de possibilidades já que existem pelo menos 15 tipos diferentes.

Conclusão

Esses são os principais pontos entre ações e ETFs que você precisa ter conhecimento, já que é um tipo de possibilidade de investimento que você pode fazer com o risco maior ou menor, a depender de sua margem de risco.

Se você pretende correr mais riscos e alcançar alguns rendimentos maiores, as ações são as mais indicadas, de modo que o retorno é muito mais interessante e principalmente mais aplicado.

No caso dos ETFs, você também tem um rendimento, geralmente ligado ao mercado e alguns índices, tendo uma segurança maior, ideal para quem está começando nesse meio e quer primeiramente conhecer um pouco mais.

Entendendo essas diferenças a sua escolha pode ser ainda mais assertiva, e portanto pode ser também algo interessante para você conseguir dar conta.

Avaliar formas de investimento é uma maneira de fazer o seu dinheiro render e multiplicar, correndo maiores ou menores riscos.

Já investiu em ações e ETFs? Conte para nós sua experiência no mundo dos investimentos.

CLIQUE AQUI para conhecer o Programa Mente Rica!

Equipe Eduardo Moreira.

Eduardo Moreira

Eleito um dos três melhores economistas do Brasil pela Revista Investidor Institucional, Eduardo Moreira foi apontado pela Universidade da Califórnia como o melhor aluno do Curso de Economia nos últimos 15 anos. Autor de diversos best-sellers, Eduardo foi o primeiro brasileiro a ser condecorado pela rainha Elizabeth II no Castelo de Windsor, em junho de 2012.

Saiba Mais
Deixe um comentário
Você também pode gostar
Mitos e Verdades sobre Coronavírus
+
Mitos e Verdades sobre Coronavírus Uma aula com a professora do Instituto de Microbiologia da UFRJ Luciana Costa explicando tudo o que você precisa saber e o que existe de mitos e verdades sobre ...
17 de março de 2020
Vídeo – O setor financeiro e a crise da COVID-19 com Ciro Gomes e Eduardo Moreira
+
Vídeo – O setor financeiro e a crise da COVID-19 com Ciro Gomes e Eduardo Moreira Ciro Gomes e Eduardo Moreira comentam sobre setor financeiro e a crise da COVID-19. Em momentos como este é preciso conhecimento para se blindar das incertezas e ...
30 de março de 2020
Reforma Administrativa – Os MITOS propagados como verdade
+
Reforma Administrativa – Os MITOS propagados como verdade A reforma administrativa está sendo pautada basicamente na demonização dos servidores públicos. Fazem parte do discurso a fala sobre o excesso de servidores ...
3 de março de 2020