Quais as taxas cobradas para quem compra apartamento?

Quais as taxas cobradas para quem compra apartamento?

Quem nunca sonhou em ter seu próprio apartamento, não é mesmo? Este é o primeiro passo, o sonho que vai te colocar em uma realidade futura. Porém seu sonho vem acompanhado de alguns gastos, e que muitas vezes podem ser surpresas para você.

A compra de uma propriedade pode ser um processo complexo, e há vários custos que precisam ser considerados além da compra em si.

O custo da propriedade é de longe a maior despesa, e a menos que você esteja comprando imediatamente, ela será coberta pela soma do seu depósito e da quantia emprestada do seu banco.

Como regra geral, quanto mais dinheiro você ter como depósito, melhor será a taxa de juros da sua hipoteca.

Adquirir um apartamento não é apenas o dinheiro ofertado como adiantamento, e as parcelas mensais, existem outros gastos como por exemplo: impostos, documentação, mudanças e algumas prováveis reformas, que devem ser levas em consideração na aquisição de um apartamento.

Veja os gastos que você terá ao adquirir um apartamento

Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI)

Esta é a taxa de direito da prefeitura onde o imóvel se encontra, seu custo varia em torno de 2% do valor do imóvel. Para imóveis que custam até R$ 73.256,00 essa taxa pode ser mais barata.

O cálculo é simples, primeiramente você precisa entender que existe dois preços para o imóvel. São eles o valor de mercado, e o preço da transação, aquele que foi pago.

Um exemplo para que você entenda: em um anúncio o apartamento está custando R$ 155.000,00 (valor de mercado), mas pode ser vendido por R$ 150.000,00 (valor da transação).

Normalmente o ITBI é recolhido do custo de transação, mas isso não é regra, depende de cada cidade por se tratar de imposto, ou seja, lei municipal. No exemplo de cima o ITBI será de R$ 3.000,00 equivalente a 2% do custo do apartamento.

Registro do imóvel

Este por sua vez é por conta do cartório, este registro é que vai dizer perante a lei quem é de fato o dono do imóvel. O custo com o registro se dá com a adição de muitas taxas que tem o seu valor variado de acordo com o estado, levando em conta o valor do apartamento a ser comprado.

Escritura pública

O valor da escritura pública é de exclusividade para aquelas pessoas que estão adquirindo o imóvel à vista. Se o apartamento for financiado, o acordo com o banco já é uma escritura. Assim como no registo do imóvel, a taxa do registo público também varia de estado para estado.

Mudança de imóvel

Enfim, depois de todas as taxas burocráticas é hora de se preocupar com a mudança, além do valor gasto com o frete, existe também os valores de montagem e desmontagem dos móveis, caso deseje.

Uma dica é ir juntando caixas de mercado, que você consegue gratuitamente, e vá embalando seus pertences você mesmo, isso pode te livrar de alguma taxa extra na hora da mudança.

Se tiver alguém que te ajude na desmontagem e montagem dos móveis isso será ótimo, pois também vai te livrar de surpresas na hora da mudança, reservar o frete com antecedência também pode sair mais em conta.

Com antecedência também faça vários orçamentos, conte os objetos, e caixas a serem transportados, e a distância, pois os preços podem ser os mais variáveis possíveis.

Não se esqueça de incluir no orçamento valor do seguro, de estrema importância, porém é um custo opcional.

Primeiro pagamento do financiamento

Seu primeiro pagamento das parcelas referente ao financiamento de um apartamento pode ser maior do que os pagamentos mensais agendados.

Os juros sobre as parcelas são calculados a partir de alguns dias antes da conclusão da compra, quando o banco libera o dinheiro do financiamento.

Decorar e recondicionar

Seus móveis existentes podem ser grandes ou pequenos demais para sua nova propriedade. Da mesma forma, o esquema de cores dos proprietários anteriores pode não ser do seu agrado, a menos que você tenha comprado um apartamento direto na planta. A despesa de comprar novos móveis e redecorar precisa ser orçada.

Contas de serviços públicos e imposto

Se você se mudou para uma propriedade maior, suas contas de energia e o imposto também podem ser maiores, portanto, esses custos precisarão ser levados em consideração.

Outros custos

Você pode optar por limpar profissionalmente sua nova propriedade antes de se mudar, e você pode querer mudar as fechaduras uma vez que você tenha se mudado. Se você estiver mudando para uma propriedade nova você também pode precisar pagar para conectar telefone, internet, TV etc.

Os gastos ao adquirir um apartamento, como pode observar vai muito além das taxas já conhecidas, pesquise, pense, faça orçamentos e escolha o que melhor se adequa ao seu estilo de vida, e ao seu bolso.

Você tem ou pensa em comprar um apartamento? Quais são seus planos para o futuro? Conte para nós!

CLIQUE AQUI para conhecer o Programa Mente Rica!

Equipe Eduardo Moreira

Você também pode gostar

Deixe um comentário