13 de maio de 2019

Investimentos para iniciantes: conheça os 4 melhores

Investimentos para iniciantes: conheça os 4 melhores

Dicas de investimentos para iniciantes é o que não falta por aí, mas será que essas dicas são relevantes? Valem a pena? Na hora de cuidar da sua saúde financeira, todo cuidado é pouco, por isso, consulte bem as fontes e desconfie principalmente daquelas que te oferecem dinheiro de forma rápida.

Não existe atalho para ficar rico com investimentos. Por isso, é importante entender o real valor que o dinheiro tem em sua vida. Afinal, investir é um processo longo e permanente e por isso, tem que representar um espaço importante em sua vida.

A verdade é que o dinheiro vindo de um investimento vai te proporcionar muita coisa, como: viagens, um bom patrimônio, reserva financeira, entre outros. Além da liberdade financeira! Pense na qualidade de vida que ele poderá te proporcionar.

Mas para que tudo isso vire realidade comece com um hábito simples: poupar para investir. Somente economizando terá o dinheiro para investir de forma consciente sem preocupações financeiras.

Antes de começar com os investimentos se atente a essas dicas abaixo:

Faça um planejamento financeiro

Tenha uma planilha com suas entradas e saídas, confira  onde pode economizar, e o que poderá separar para investir.

Saiba quais são os seus objetivos

Objetivos definidos é saber onde de fato você quer colocar o seu dinheiro. Separe-os por tempo: curto, médio e longo prazo.

Livre-se das dívidas

Se você possuir algum tipo de dívida a primeira atitude a ser tomada é quitá-las, só conseguirá economizar e investir de fato uma vez que esteja livre destas pendências financeiras.

Investimentos para iniciantes

Conheça os melhores investimentos para iniciantes

4 melhores investimentos para iniciantes

Renda fixa

Os melhores investimentos para iniciantes definitivamente são os de renda fixa, ou seja, títulos emitidos por instituições financeiras que costumam ser mais seguros.

Os títulos de renda fixa funcionam da seguinte forma: as instituições recebem o dinheiro dos investidores e, em troca, oferecem uma taxa de rentabilidade, que pode ser prefixada ou pós-fixada.

As aplicações de renda fixa são:

Algumas destas aplicações possuem riscos mais elevados como a CRI/CRA e Debêntures e por isso é importante conhecer o seu perfil de investidor.

Tesouro Selic (LFT)

O Tesouro Selic é um título muito seguro e é uma ótima opção de investimentos para iniciantes.

A rentabilidade deste título é a taxa básica de juros e ele é favorecido pela baixa volatilidade, sendo assim seus preços não variam muito na compra e venda.

Renda variável

Se o seu perfil de investidor é mais arrojado, talvez os investimentos para iniciantes na renda fixa não façam muito o seu estilo. Você pode, então, optar por títulos de renda variável.

São muitas as infinidades de fazer aplicação na bolsa de valores. As mais indicadas para iniciantes são fundos de investimentos em ações ou multimercado e os ETFs. Lembrando sempre que a renda variável sempre irá representar muito mais risco do que a renda fixa.

Os fundos de investimento de renda variável são como um condomínio onde quem investe está confiando o seu dinheiro ao gestor que irá distribuir o patrimônio em ativos de renda variável, segundo uma política de investimento.

Já os ETFS são fundos de índices formados por ações de empresas. A sua rentabilidade busca atingir o percentual de algum índice de referência, como o Ibovespa e o índice de Small Caps, que representa o preço médio das menores empresas com capital negociado em bolsa.

Compra direta de ações

Este é conhecido como sendo um investimento de alto risco. É o último da lista, pois talvez não seja a melhor opção entre os investimentos para iniciantes, já que é importante que o investidor conheça bem o seu funcionamento, fazendo uma análise completa antes de tomar alguma decisão. Após a análise poderá escolher com cautela as empresas que estão na bolsa de valores, e a qual deseja investir.

Conclusão

Existe uma lógica para enriquecer, que é a seguinte:

Ganhar > Poupar > Investir.

Esses três são os pilares para o sucesso dos investimentos, sem eles seu investimento corre riscos. Comece por investir em alternativas mais acessíveis, como por exemplo os títulos do tesouro direto ou em fundos de investimento.

Se você já possui uma reserva de dinheiro guardada, pode começar a pensar em investir almejando melhores rendimentos no médio e a longo prazo, mas sempre de acordo com o seu perfil e seus objetivos.

Como investir - dicas para iniciantes

Assim sendo, obedeça ao seu tempo e a sua condição financeira. Invista com paciência e muita disciplina, que logo, seus objetivos serão alcançados.

Nunca se esqueça de sempre priorizar os investimentos de renda fixa e tenha exposição saudável em ações. Fazendo boas escolhas, sem dúvidas que terá ótimos resultados como consequência.

Se você quer manter sua saúde financeira, assista à aula gratuita e exclusiva. Nela, o Eduardo Moreira revela todos os benefícios sobre investir em ações sem correr os riscos mais comuns e sem ter que aplicar uma fortuna.

Nessa aula, você vai aprender como dar os primeiros passos, erros que você deve evitar, estratégias de investimento e muito mais!

Equipe Edu Moreira

🔴 Curta também as redes sociais! 📷Instagram / 👍Facebook / 🎥 YouTube

Eduardo Moreira
Eduardo Moreira

Eleito um dos três melhores economistas do Brasil pela Revista Investidor Institucional, Eduardo Moreira foi apontado pela Universidade da Califórnia como o melhor aluno do Curso de Economia nos últimos 15 anos. Autor de diversos best-sellers, Eduardo foi o primeiro brasileiro a ser condecorado pela rainha Elizabeth II no Castelo de Windsor, em junho de 2012.

Saiba Mais
Você também pode gostar
Pagar dívidas: vale a pena vender bens para quitá-las?
+
Pagar dívidas: vale a pena vender bens para quitá-las? Será que vender bens para pagar dívidas é uma boa opção para sair do vermelho? Segundo a pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e ...
7 de agosto de 2019
Vale a pena ter uma conta conjunta?
+
Vale a pena ter uma conta conjunta? O início de uma vida conjunta não é muito fácil e quando o assunto é finanças a conversa fica ainda mais sensível. Uma das formas mais escolhidas pelos ...
5 de novembro de 2018
Como começar sua planilha de gastos diários
+
Como começar sua planilha de gastos diários Montar planilha de gastos diários é algo fundamental na rotina. Quando não é feito pode gerar um desequilíbrio financeiro mensalmente e, sempre fica aquela ...
26 de agosto de 2019