30 de julho de 2019

Taxas cobradas na compra de um imóvel

Taxas cobradas na compra de um imóvel

Se você está pensando em adquirir uma casa ou apartamento, é importante saber quais as taxas cobradas na compra de um imóvel, para não correr o risco de ter uma surpresa na hora de fechar o negócio.

São impostos, certidões, custos com a escritura, sem falar que dependendo do estado do imóvel, você terá gastos com a reforma.

Acontece que muitas vezes as pessoas não sabem, mas são valores que devem ser levados em consideração no momento da compra de um imóvel.

Siga nossas dicas e organize o seu orçamento para comprar um imóvel.

o que avaliar antes de alugar um imóvel

Conheça as taxas cobradas na compra de um imóvel

É normal as pessoas não terem a mínima ideia das taxas cobradas quando estão comprando a casa própria, onde algumas delas não são baratas, inclusive algumas podem pesar no seu bolso.

Separamos aqui todos os custos envolvidos na compra de um imóvel.

1. Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI)

O ITBI é um imposto cobrado pela prefeitura e, o valor é cerca de 2% do preço do imóvel, que se refere à transmissão da propriedade.

E como cada município é regido por uma lei, vai também haver uma variação.

Sem o pagamento do ITBI, o imóvel não pode ser passado para o seu nome. E em determinados estados, é possível parcelar esse valor.

2. Escritura pública

A escritura pública é realizada em cartório, mas para quem compra o imóvel à vista.

É um documento que comprova a origem do bem e quem tem o direito da propriedade.

Se por um acaso, você fez um financiamento, terá sua escritura definitiva somente após ter quitado o financiamento.

3. Registro do imóvel

Qualquer pessoa que está comprando um imóvel, precisa registrar em cartório. É o que comprova que você é o dono legal daquele imóvel específico.

Esse valor varia de estado para estado e também considera o valor do imóvel.

É o que chamamos de RGI e é importantíssimo que o imóvel que você está adquirindo seja registrado.

Essa taxa é paga após o pagamento do ITBI e feita a escritura.

4. Taxa de cessão de contrato para compra de um imóvel

Vamos supor que você comprou um imóvel financiado e resolve vendê-lo antes de ter quitado o financiamento.

Você precisa ficar bem atento porque algumas empresas chegam a cobrar até 5% do valor do imóvel para repassar o financiamento para outro comprador.

E essa cobrança é ilegal!

5. Taxa de interveniência

É também outra prática proibida por lei. E é quando o comprador ao receber as chaves, decide transferir o financiamento para outro banco.

Nesse caso, algumas incorporadoras cobram uma taxa de até 2% por esse serviço.

6. Taxa cobrada durante a obra

Quando se compra um imóvel financiado e na planta, a construtora cobra uma taxa para cobrir os custos com o material.

O valor é em torno de 2% sobre o valor do imóvel, mas é diluído nas prestações.

7. Custo Efetivo Total – CET

O CET é uma das taxas cobradas na compra de um imóvel financiado, que é uma taxa de todos os encargos e despesas envolvidos na operação.

Todas essas taxas são aquelas que o comprador tem que pagar. Agora, vamos te mostrar quais taxas que cabem ao vendedor.

Vale lembrar também que talvez seja necessária a solicitação de outros documentos, como a Certidão Negativa de Ônus Reais, que comprova que não há nenhum impedimento para a venda do imóvel.

Taxas cobradas na compra de um imóvel

Taxas cobradas pelo vendedor do imóvel

Algumas pessoas pensam que somente o comprador tem que pagar taxas, mas o vendedor também terá que pagar.

E quais são as taxas cobradas pelo vendedor?

1. Taxa de corretagem

Se você colocar seu imóvel em uma corretora de imóveis, no caso de venda terá que pagar a taxa de corretagem, que nada mais é do que uma comissão.

O valor também varia de cidade para cidade, mas geralmente é em torno de 5% do valor de venda do imóvel.

2. Imposto de Renda

O vendedor deve declarar à Receita Federal qual o lucro que obteve com a transação, que é de 15%, isto é, a diferença entre o valor de compra e venda.

Mas vale a pena acessar o site da Receita, pois existem casos que há isenção do imposto.

Quais os outros gastos na compra de um imóvel

Essas taxas acima têm relação com a parte legal, mas existem outros gastos, por exemplo, a mudança e reformas que você também precisa colocar no papel.

Acontece que quando se está comprando um imóvel, é muito importante você registrar todos os custos envolvidos, antes mesmo de fechar o negócio.

Muitas pessoas acabam estourando o orçamento e se endividando por conta de todas essas despesas. Por mais que seja um sonho que está sendo realizado, não é recomendado você criar dívidas.

O ideal é que você consulte um advogado especializado em Direito Imobiliário, pois é uma garantia que tudo está sendo feito conforme a lei e taxas abusivas não estão sendo cobradas.

Conclusão

Você conferiu aqui as taxas cobradas na compra de um imóvel, além do valor anunciado.

Na verdade, o que mais pesa no bolso é quando o imóvel é financiado. Por isso que você precisa conhecer todas essas taxas antes de assinar o contrato.

Independente se o pagamento for à vista ou financiado, existem taxas obrigatórias, como ITBI, registro do imóvel e escritura.

Esperamos que você tenha tirado todas as suas dúvidas e procure se informar sobre todas essas taxas antes de fechar o negócio.

Estas são as taxas cobradas na compra de um imóvel. Quando você adquiriu o seu, outras foram cobradas? Conte nos comentários!

Conheça o Programa Mente Rica!

Equipe Eduardo Moreira

Eduardo Moreira
Eduardo Moreira

Eleito um dos três melhores economistas do Brasil pela Revista Investidor Institucional, Eduardo Moreira foi apontado pela Universidade da Califórnia como o melhor aluno do Curso de Economia nos últimos 15 anos. Autor de diversos best-sellers, Eduardo foi o primeiro brasileiro a ser condecorado pela rainha Elizabeth II no Castelo de Windsor, em junho de 2012.

Saiba Mais
Deixe um comentário
Você também pode gostar
O que você precisa saber sobre CDI
+
O que você precisa saber sobre CDI O mercado financeiro é cheio de siglas e CDI é uma recorrente para quem investe. CDI, ou Certificado de Depósito Interbancário, é um título cuja taxa ...
16 de dezembro de 2020
Quem pode financiar imóvel?
+
Quem pode financiar imóvel? Financiar imóvel é o caminho mais procurado por quem quer realizar o sonho da casa própria. Afinal de contas, você pode parcelar em até 35 anos! É um período ...
2 de dezembro de 2020
5 princípios da educação financeira para adotar como hábito
+
5 princípios da educação financeira para adotar como hábito A importância da educação financeira é vista quando observamos a quantidade de pessoas que ficam com o nome sujo por não conseguir pagar suas dívidas. Por ...
7 de dezembro de 2020